Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
Tópicos especiais em análise sintática

Pré-visualização | Página 1 de 6

TOPICOS ESPECIAIS EM
Roberto Gandulfo
@portuguescombetinho
youtube.com/omorfologista
ANÁLISE
SINTÁTICA
[[O menino [(que) eu vi [_ sair mais cedo]] [está na coordenação]].
[[Rafael] [disse [que não encontrou [o documento [que eu pedi]]]]].
[[Meu filho] [não passou na prova, [ainda [que estudasse muito]]].
[[[AAdn] N [AAdn]] [V [[AAdn] N [AAdn]] [P [[AAdn] N [AAdn]]]
Paulo, [∅ [que é meu professor]], me ajuda quando preciso.
Uma proposta para a 
análise sintática 
Roberto Gandulfo 
Da sintaxe do período simples .................................................................................................................... 3 
1. Formação dos sintagmas ................................................................................................................. 3 
1.1. O sintagma nominal (SN) ............................................................................................................ 3 
1.2. O sintagma adjetival (SA)........................................................................................................ 3 
1.3. O sintagma adverbial (SAdv) ................................................................................................. 3 
1.4. O sintagma preposicional e o conjuntivo ......................................................................... 3 
1.5. O sintagma verbal (SV)............................................................................................................ 4 
1.6. O sintagma oracional (SO) ..................................................................................................... 4 
1.7. Sobre o adjunto adverbial e o aposto ................................................................................. 4 
1.8. Coordenação ............................................................................................................................. 4 
2. O sujeito e o objeto direto .............................................................................................................. 5 
3. Objetos elípticos e correlacionados ............................................................................................6 
4. O objeto indireto e o adjunto adverbial ...................................................................................... 7 
5. A aposição, o aposto ......................................................................................................................... 8 
6. Os “adjuntos adnominais explicativos” .......................................................................................9 
Da subordinação oracional ......................................................................................................................... 11 
1. Relação sintagmática....................................................................................................................... 11 
2. Formas oracionais ........................................................................................................................... 12 
3. Oração subordinada substantiva ................................................................................................ 12 
3.1. Desenvolvida............................................................................................................................ 12 
3.2. Reduzida ................................................................................................................................... 13 
3.3. Justaposta ................................................................................................................................. 13 
4. Oração subordinada adjetiva ....................................................................................................... 13 
4.1. Desenvolvida............................................................................................................................ 13 
4.2. As funções do pronome relativo ........................................................................................ 13 
4.3. Reduzida ................................................................................................................................... 15 
5. Oração subordinada adverbial .................................................................................................... 15 
5.1. Desenvolvida............................................................................................................................ 15 
5.2. Reduzida ................................................................................................................................... 15 
Casos especiais .............................................................................................................................................. 16 
5.3. Orações adjetivas complexas .............................................................................................. 16 
5.4. Orações adjetivas ou adverbiais “justapostas” ............................................................... 16 
5.5. Orações justapostas ou adjetivas?..................................................................................... 17 
5.6. Orações modais e conformativas ...................................................................................... 17 
5.7. Sujeito acusativo: divergência ............................................................................................ 18 
5.8. A construção “o que” ............................................................................................................. 19 
Exemplos ......................................................................................................................................................... 19 
 
 
Da sintaxe do período 
simples 
1. Formação dos sintagmas 
 A formação dos sintagmas na gramática normativa possui alguns problemas; o 
principal deles é que não considera preposições e conjunções elementos nucleares de 
sintagma, quando o são, porque todo vocábulo evoca um sintagma próprio. Na verdade, 
assim é que os sintagmas são formados. Mas, na intenção de simplificar a análise gramatical, 
apresentaremos essa mesma descrição, talvez com mudanças um pouco superficiais, na 
intenção de solucionar outros problemas de descrição gramatical. 
 
1.1. O sintagma nominal (SN) 
 Nós consideraremos que pertencem ao sintagma nominal o nome – seu núcleo –, o 
adjunto adnominal, o complemento nominal e o aposto que a ele se refere. 
 
(1) [[o]AAdn [menino]N [lindo]AAdn]SN 
(2) [[a]AAdn [construção]N [do apartamento]CN]SN 
(3) [[Paulo]N, [meu professor]AP]SN 
 
1.2. O sintagma adjetival (SA) 
 O sintagma adjetival poderá conter o adjetivo – seu núcleo –, o intensificador e o 
complemento nominal. 
 
(4) [[muito]AAdv [lindo]A]SA 
(5) [[igual]A [a mim]CN]SA 
(6) [[parecido]A [demais]AAdv]SA 
 
1.3. O sintagma adverbial (SAdv) 
 O sintagma adverbial poderá conter o advérbio – seu núcleo –, o intensificador e o 
complemento nominal. 
 
(7) [[muito]AAdv [intensamente]Adv]SAdv 
(8) [[igualmente]Adv [a mim]CN]SAdv 
 
1.4. O sintagma preposicional e o conjuntivo 
 É fato que a preposição e a conjunção evocam sintagmas próprios, mas, por não 
estarem associados a uma função sintática na gramática tradicional, apenas os isolaremos 
na análise sintática. 
 
(9) Preciso d[a bebida]SN 
(10) Ele disse que [estava doente]SO 
 
1.5. O sintagma verbal (SV) 
 É o que tradicionalmente se conhece por predicado, ou seja, a estrutura formada 
pelos elementos evocados pelo verbo, com exceção do sintagma do sujeito. 
 
(11) Eu [gosto de bolo]SV 
(12) Ele [queria uma ajuda agora]SV 
 
 
1.6. O sintagma oracional (SO) 
 O sintagma oracional representa a oração inteira; seu núcleo é o próprio verbo. 
 
(13) [Eu gosto de bolo]SO 
(14) [Ele estava doente]SO 
 
 Não faremos aqui distinção entre predicado verbal e nominal, porque acredito que 
essa distinção, além de inútil, é problemática, porque pode haver orações com mais de um 
predicado. Que termos então? Um predicado
Página123456