A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
Encefalo - RESUMO

Pré-visualização | Página 1 de 4

Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
1
Encéfal�
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
2
nem todas às áreas têm
simetria perfeita
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
3
FUNÇÃO ENCEFÁLICA
O encéfalo recebe a entrada sensorial dos ambientes
interno e externo, integra e processa a informação e, se
apropriado, gera uma resposta. O que torna o encéfalo
mais complicado do que esta via reflexa simples,
entretanto, é a sua habilidade em gerar informações e
respostas na ausência de estímulo externo.
Ele descreve três sistemas que influenciam as respostas
dos sistemas motores do corpo: (1) o sistema sensorial, o
qual monitora os meios interno e externo e inicia
respostas reflexas; (2) o sistema cognitivo, que reside no
córtex cerebral e é capaz de iniciar respostas voluntárias;
e (3) o sistema comportamental, o qual também reside
no encéfalo e controla os ciclos sono-vigília e outros
comportamentos intrínsecos. As informações sobre as
respostas fisiológicas e os comportamentos gerados pelo
sistema motor retroalimentam o sistema sensorial -
comunica-se com os s.cognitivo e comportamental.
CÉREBRO cada hemisfério cerebral é dividido em
quatro lobos, denominados pelos ossos do crânio, onde
cada um está localizado: frontal, parietal, temporal e
occipital.
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
4
A substância cinzenta cerebral pode ser dividida em três regiões principais: o córtex cerebral, os
núcleos da base e o sistema límbico. *As principais áreas do sistema límbico são a amígdala e o giro do cíngulo,
relacionados à emoção e à memória, e o hipocampo, associado ao aprendizado e à memória.
A substância branca no cérebro é encontrada principalmente no interior. Feixes de fibras permitem
que diferentes regiões do córtex se comuniquem entre si e transfiram informações de um hemisfério
ao outro, principalmente por meio do corpo caloso. As informações que entram e saem do cérebro
são conduzidas pelos tratos que passam através do tálamo (com exceção da informação olfatória, a
qual vai diretamente para o cérebro, córtex).
A palavra córtex vem do latim para “casca”. Isto porque o córtex é
a camada mais externa do cérebro, substância cinzenta.
Telencéfalo
Diencéfalo
Situa-se entre o tronco
encefálico e o cérebro. É
composto de duas porções
principais, o tálamo e o
hipotálamo, e duas estruturas
endócrinas, as glândulas
hipófise e pineal. Partes
relacionadas com III
ventrículo.
- Hipotálamo: forma o assoalho do terceiro ventrículo Æ
centro vital de controle de muitas funções corporais básicas:
relaciona-se com a amígdala envolvido com as emoções; em
situações de ameaça articula a resposta visceral de luta-ou-fuga;
comanda o Sistema Nervoso Autônomo (SNA); assegura que o
encéfalo esteja bem nutrido, aumento do peristaltismo e
redirecionamento do sangue para o sistema digestório; regula o sono,
a sede e o balanço hídrico do corpo, motivação para a busca de
alimento e sexo em resposta às necessidades corporais.
- Tálamo: região de substância cinzenta localizada entre o
tronco encefálico e o cérebro. Todas as mensagens sensoriais, com
exceção das provenientes dos receptores do olfato, passam pelo
tálamo antes de atingir o córtex cerebral; é responsável pela condução dos impulsos às
regiões apropriadas do cérebro onde eles devem ser processados; sistema límbico (que
regula as emoções).
TRONCO ENCEFÁLICO
consiste em estruturas que derivam do mesencéfalo e do rombencéfalo embrionários. O tronco
encefálico pode ser dividido em substância branca e substância cinzenta. Onze dos 12 nervos
cranianos (números II-XII) originam-se ao longo do tronco encefálico. (O primeiro nervo craniano, o
nervo olfatório, entra no prosencéfalo.) Os núcleos do tronco encefálico estão envolvidos em muitos
processos básicos, incluindo sono e vigília, tônus muscular e reflexos de estiramento, coordenação da
respiração, regulação da pressão arterial e modulação da dor. Começando na medula espinal e se
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
5
deslocando para a parte superior do crânio, o tronco encefálico consiste no bulbo, na ponte e no
mesencéfalo.
Ponte
Acima do bulbo e abaixo do mesencéfalo. Por sua função principal de atuar como estação
retransmissora de informações entre o cerebelo e o cérebro, a ponte muitas vezes é agrupada com o
cerebelo. A ponte também coordena o controle da respiração junto aos centros do bulbo.
Mesencéfalo
É uma área relativamente pequena, situada entre a região inferior do diencéfalo e o tronco
encefálico. A principal função é controlar o movimento dos olhos, mas ele também retransmite sinais
para os reflexos auditivos e visuais.
CEREBELO
localizado na base do crânio, logo acima da nuca. A função especializada do cerebelo é processar
informações sensoriais e coordenar a execução dos movimentos. Manutenção do equilíbrio e da
postura, controle do tônus muscular, dos mov voluntários, aprendizagem motora. Propriocepção
inconsciente. Doença neurológica, biópsia do líquor, pressão intracraniana elevada, problema de
coordenação do movimento (ataquicia). Não paralisia (paralisia é dada nas estruturas que iniciam o
movimento - medula, tronco encefálico e giro pré-central)
Cerebelo dividido em:
- Lobo anterior
- Lobo posterior
- Lobo flóculo-nodular
Fissuras do Cerebelo:
- Depois da língua temos a fissura pré-central.
- Depois do lóbulo central temos a fissura pré-culminar.
- Depois do cúlmen temos a fissura prima.
- Depois do declive temos a fissura pós-clival.
- Depois do folium temos a fissura horizontal.
- Depois do túber temos a fissura pré-piramidal.
- Depois da pirâmide temos a fissura pós-piramidal.
- Depois da úvula temos a fissura póstero-lateral.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
TELENCÉFALO
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
6
O telencéfalo compreende os dois hemisférios
cerebrais, direito e esquerdo, e uma pequena
linha mediana situada na porção anterior do III
ventrículo. Os dois hemisférios cerebrais são
incompletamente separados pela fissura
longitudinal do cérebro, cujo assoalho é
formado por uma larga faixa de fibras
comissurais, denominada corpo caloso, principal
meio de união entre os dois hemisférios.
Cada hemisfério possui três pólos: Frontal,
Occipital e Temporal; e três faces: Súpero-lateral
(convexa); Medial (plana); e Inferior ou base do
cérebro (irregular).
Sulcos e Giros:
região cortical se enrola e se dobra sobre si mesma.
Portanto, a superfície do cérebro apresenta
depressões denominadas sulcos, que delimitam
os giros ou circunvoluções cerebrais. A
existência dos sulcos permite considerável
aumento do volume cerebral e sabe-se que cerca
de dois terços da área ocupada pelo córtex
cerebral estão “escondidos” nos sulcos.
Em qualquer hemisfério, os dois sulcos mais importantes são sulco lateral e o central.
Sulco Lateral: separa o lobo frontal do lobo temporal. Ele é
subdividido em ascendente, anterior e posterior.
Sulco Central: separa o lobo parietal do frontal. O sulco
central é ladeado por dois giros paralelos, um anterior, giro
pré-central, e outro posterior, giro pós-central. As áreas
situadas adiante do sulco central relacionam-se com a
MOTRICIDADE, enquanto as situadas atrás deste sulco
relacionam-se com a SENSIBILIDADE.
Outro sulco importante situado no telencéfalo, na face
medial, é o Sulco Parieto-occipital, que separa o lobo
parietal do occipital.
Carolina Pithon Rocha | Medicina | 4o semestre
7
● localizado acima do sulco lateral e adiante do sulco central.
● produção de fala e linguagem graças à área de Broca, uma região excepcional que nos
permite traduzir os pensamentos em palavras. Processos cognitivos, planejamentos
conscientes, entender e reagir aos sentimentos dos outros (empatia).
● regulação da motivação e busca de recompensas: a maioria dos neurônios sensíveis à
dopamina do cérebro se encontram

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.