A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS E FORMAÇÃO DO TRIFOSFATO DE ADENOSINA capítulo 68 Guyton

Pré-visualização | Página 6 de 6

conversão. Cada aminoácido é convertido 
em glicose por meio de processo químico ligeiramente diferente. Por exemplo, a alanina pode ser convertida direto em 
ácido pirúvico, simplesmente pela desaminação; o ácido pirúvico é então convertido em glicose ou glicogênio armazenado. 
Diversos dos aminoácidos mais complicados podem ser convertidos em açúcares diferentes, contendo três, quatro, cinco 
ou sete átomos de carbono; eles podem então entrar na via do fosfogluconato e, eventualmente, formar glicose. Assim, 
por meio da desaminação com diversas interconversões simples, muitos dos aminoácidos podem tornar-se glicose. 
Interconversões similares podem transformar o glicerol, em glicose ou em glicogênio. 
 
 Regulação da Gliconeogênese: 
A diminuição do nível celular dos carboidratos e da glicose sanguínea são os estímulos básicos que aumentam a 
intensidade da gliconeogênese. A diminuição dos carboidratos pode reverter diretamente muitas das reações glicolíticas e 
de fosfogluconato, permitindo assim a conversão de aminoácidos desaminados e glicerol em carboidratos. Além disso, o 
hormônio cortisol é especialmente importante nessa regulação. 
 Efeito da Corticotropina e dos Glicocorticoides sobre a Gliconeogênese: 
Quando quantidades normais de carboidratos não estão disponíveis para as células, a adeno-hipófise, por motivos 
que ainda não foram completamente esclarecidos, começa a secretar quantidades aumentadas do hormônio 
corticotropina. Essa secreção leva o córtex adrenal a produzir grandes quantidades de hormônios glicocorticoides, 
em especial o cortisol. Por sua vez, o cortisol mobiliza proteínas essencialmente de todas as células do organismo, 
disponibilizando-as sob a forma de aminoácidos nos líquidos corporais. Elevada proporção desses aminoácidos é de 
imediato desaminada no fígado e fornece substratos ideais para a conversão em glicose. Assim, um dos métodos 
mais importantes para promoção da gliconeogênese é a liberação de glicocorticoides do córtex adrenal. 
 
 Glicose Sanguínea: 
A concentração sanguínea normal de glicose de pessoa em jejum nas últimas 3 ou 4 horas, é cerca de 90 mg/dL. Depois de 
refeição rica em carboidratos, esse nível raramente se eleva acima de 140 mg/dL, a menos que essa pessoa seja portadora 
de diabetes melito. A regulação da concentração da glicose sanguínea está intimamente relacionada aos hormônios 
pancreáticos, insulina e glucagon.