A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Aula_10

Pré-visualização | Página 2 de 3

nas contas de resultado que não afetam o caixa da empresa. 
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS
DFC
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
			 
DESTINAÇÕES DE RECURSOS 
Aquisição de bens do imobilizado					
Pagamentos de Empréstimos bancários					
(=) Total das destin. de recursos financeiros				 
Variação líquida de Disponibilidades				
(+) Saldo inicial							
(=) Saldo final de Disponibilidade	
DFC – Método Direto
INGRESSOS DE RECURSOS
 
Recebimentos de clientes
	 
Pagamentos a fornecedores						 
Despesas administrativas e comerciais				 
Despesas financeiras						 
Impostos								 
Mão-de-obra direta						 
(=) Ingressos de recursos provenientes das operações
			 
Recebimentos por vendas do imobilizado					 
(=) Total dos ingressos dos recursos financeiros	
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
DFC – Método Indireto
		 
APLICAÇÕES 
Pagamento de Empréstimos bancários				 
Aquisição de Imobilizado					 
(=) Total das aplicações de 	Disponibilidades			
Variação líquida das Disponibilidades				 
(+) Saldo inicial					
(=) Saldo final das Disponibilidades 
ORIGENS 
Lucro líquido do exercício	
Mais: 
 Depreciações				
 Aumento em IR à pagar				
 Aumento em fornecedores					 
Menos: 
 Aumento em clientes		 
(=) Caixa gerado pelas operações					 
Venda do Imobilizado			 
(=) Total dos ingressos de 	Disponibilidade
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
RELATÓRIOS
DFC – Demonstração de Fluxo de Caixa
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS
A Demonstração do Valor Adicionado é o informe contábil que evidencia, de forma sintética, os valores correspondentes à formação da riqueza gerada pela empresa em determinado período e sua respectiva distribuição. 
 A riqueza gerada pela empresa, medida no conceito de valor adicionado, é calculada a partir da diferença entre o valor de sua produção e o dos bens e serviços produzidos por terceiros utilizados no processo de produção da empresa.
VA = Receitas geradas – compras de insumos 
	A DVA, que também pode integrar o Balanço Social.
DVA
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
A – GERAÇÃO DO VALOR ADICIONADO 
1 – RECEITAS 
1.1 – Vendas de mercadorias, produtos e serviços (inclui tributos) 
1.2 – Provisão p/ devedores duvidosos – Reversão/(Constituição)
1.3 – Resultados não-operacionais
2 – INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui tributos) 
2.1 – Custo das mercadorias, produtos e serviços vendidos
2.2 – Matérias-primas e insumos consumidos
2.3 – Materiais, energia, serviços de terceiros etc. 
3 – VALOR ADICIONADO BRUTO (1 – 2)
4 – RETENÇÕES
4.1 – Depreciação, amortização e exaustão
5 – VALOR ADICIONADO LÍQUIDO (3 – 4)
ESTRUTURA DA DVA
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
B – DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO 
8 – DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (7 = 8) 5.000 
8.1 – Remuneração do trabalho (pessoal e encargos) 1.700 
8.2 – Remuneração do governo (impostos, taxas e contribuições) 1.300 
8.3 – Remuneração do capital de terceiros (juros, aluguéis etc.) 500 
8.4 – Remuneração dos acionistas (juros s/ cap. próprio e dividendos) 1.000 
8.5 – Remuneração retida (lucros retidos/prejuízo do exercício) 500 
ESTRUTURA DA DVA 
6 – VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA
6.1 – Resultado de equivalência patrimonial e dividendos
6.2 – Receitas financeiras (juros, aluguéis etc.) 
7 – VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5 + 6) 
Continuando...
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
RELATÓRIOS
DVA – Demonstração do Valor Adicionado
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AUXILIARES
 A Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido é um relatório contábil que visa evidenciar as variações ocorridas em todas as contas que compõem o Patrimônio Líquido em determinado período.
 A Lei n.º 6.404/76 estabelece que a Companhia ao elaborar a DMPL, está dispensada da elaboração da DLPA, uma vez que a DLPA está inclusa na DMPL. 
DMPL
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
ESTRUTURA DA DMPL
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
RELATÓRIOS
DMPL-Demonstrativo de Mutação do Patrimonio Liquido
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AUXILIARES
A Demonstração da Origens e Aplicações de Recursos evidencia as variações ocorridas no capital circulante líquido (CCL) durante o exercício, permitindo ao analista das demonstrações contábeis o entendimento da situação de curto prazo da companhia, tornando possível a avaliação da capacidade de pagamento das obrigações circulantes da empresa. 
A DOAR também expõe a política de financiamentos e investimentos de recursos não circulantes da companhia. 
A análise das variações ocorridas no CCL serve como base para a elaboração da DOAR. Considerada a fórmula CCL = AC - PC, o capital circulante líquido pode ser aumentado de duas formas: 
 pelo aumento do ativo circulante; 
pela redução do passivo circulante. 
DOAR
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
Aplicações de Recursos
 Dividendos distribuídos 
+ Aquisição de direitos do imobilizado 
+ Aumento do ativo não circulante RLP
+ Aumento dos investimentos
+ Redução do passivo não circulante
= Total das aplicações de recursos 
ESTRUTURA DA DOAR
Origens de Recursos
 Lucro líquido do exercício 
+ Desp. c/deprec., amort. e exaustão 
+ ou ( - ) Outras desp./rec. que não afetam o CCL 
 Ajustes de exercícios anteriores que afetam o CCL
= Total das origens geradas em oper. da cia. 
+ Realização do capital social 
+ Contribuições para reservas de capital 
+ Recursos de terceiros, originários: 
do aumento do passivo não circulante; 
da redução do ativo RLP;
da alienação de investimentos; 
da alienação de direitos do at. imobilizado.
= Total das origens de recursos 
Tema da Apresentação
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E AUXILIARES –AULA 10
PRÁTICA CONTÁBIL INFORMATIZADA I
RELATÓRIOS