Buscar

Niveis de atencao em saude

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 20 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 20 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 20 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Níveis de atenção em saúde
Prof.: André Trindade
Existem três níveis
• Atenção Primária
• Atenção Secundária
• Atenção Terciária.
Atenção Primária
• A atenção primária é o primeiro nível de atenção 
em saúde. 
• É o nível mais próximo da população e tem como 
objetivo a promoção da saúde, a prevenção de 
doenças e a detecção precoce de problemas de 
saúde. 
• A atenção primária é geralmente fornecida por 
profissionais de saúde como médicos de família, 
enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, 
entre outros.
Atenção Secundária
• A atenção secundária é o segundo nível de atenção em 
saúde. 
• É fornecida por especialistas que prestam serviços de 
diagnóstico e tratamento de doenças ou condições de 
saúde específicas.
• Esses especialistas são médicos de diferentes áreas, como 
cardiologistas, ortopedistas, dermatologistas, entre outros.
• Podem ser Fisioterapeutas, Psicólogos, Nutricionistas, 
Fonoaudiólogos, etc. atuando nas diversas áreas de cada 
profissão.
Atenção Terciária
• A atenção terciária é o terceiro nível de 
atenção em saúde. 
• É o nível mais especializado e é fornecido 
por hospitais universitários e centros de 
referência. 
• Nesse nível, são realizados procedimentos 
complexos e de alta tecnologia, como 
cirurgias cardíacas, transplantes, 
tratamentos de câncer, entre outros.
• Agora que entendemos os 
níveis de atenção em saúde, 
vamos falar sobre prevenção e 
promoção da saúde em cada 
um desses níveis.
Atenção Primária
• Na atenção primária, o foco é 
a prevenção de doenças e a 
promoção da saúde. 
• Os profissionais de saúde 
trabalham para identificar e 
gerenciar fatores de risco, 
promovendo hábitos 
saudáveis e realizando exames 
de rotina.
Alguns exemplos de 
ações de prevenção e 
promoção da saúde na 
atenção primária são:
• Vacinação: As vacinas são 
uma das medidas mais 
eficazes de prevenção de 
doenças. 
• Os profissionais de saúde 
na atenção primária 
devem garantir que todos 
os pacientes estejam com 
suas vacinas em dia.
• Exames preventivos: Os 
profissionais de saúde 
devem incentivar seus 
pacientes a realizar 
exames preventivos, 
como exames de 
sangue, mamografia, 
papanicolau, entre 
outros.
• Educação em saúde: É 
importante educar os 
pacientes sobre hábitos 
saudáveis, como 
alimentação equilibrada, 
prática de atividades 
físicas, não fumar, uso 
consciente de álcool e 
outras drogas, entre 
outros.
Atenção 
Secundária
• Na atenção secundária, o 
foco é o diagnóstico e o 
tratamento de doenças. 
• Os profissionais de saúde 
trabalham para identificar as 
causas dos problemas de 
saúde e fornecer tratamento 
adequado.
Alguns exemplos de ações de prevenção e 
promoção da saúde na atenção secundária são:
• Rastreamento de doenças: Os profissionais 
de saúde devem estar atentos a fatores de 
risco e realizar exames para detectar 
doenças precocemente.
• A avaliação é um fator muito importante, 
par se chegar ao diagnóstico certo e 
prescrever o tratamento específico para 
cada caso.
• Tratamento de doenças crônicas: Os 
profissionais de saúde devem oferecer 
tratamento adequado para doenças 
crônicas, como diabetes, hipertensão e 
doenças cardiovasculares, para evitar 
complicações.
• Orientação sobre 
medicação: É importante 
orientar os pacientes 
sobre o uso correto dos 
medicamentos prescritos, 
bem como seus possíveis 
efeitos colaterais.
Atenção 
Terciária
• Na atenção terciária, o foco é 
o tratamento de doenças 
complexas e avançadas. 
• Os profissionais de saúde 
trabalham em conjunto para 
oferecer um tratamento 
multidisciplinar e de alta 
tecnologia.
Alguns exemplos de 
ações de prevenção e 
promoção da saúde na 
atenção terciária são:
• Prevenção de 
complicações: É importante 
prevenir complicações 
decorrentes de doenças 
graves, como infecções 
hospitalares, trombose, 
entre outras.
• Reabilitação: Após o 
tratamento, é importante 
oferecer serviços de 
reabilitação, como 
fisioterapia e terapia 
ocupacional, apoio 
psicológico, nutricional, etc. 
para melhorar a qualidade 
de vida do paciente.
• Cuidados paliativos: Em 
casos de doenças terminais, 
é importante oferecer 
cuidados paliativos, com o 
objetivo de aliviar o 
sofrimento e melhorar a 
qualidade de vida do 
paciente.
Resumindo
A prevenção e promoção da saúde são fundamentais em todos os níveis de atenção em saúde. 
Na atenção primária, o foco é a prevenção e detecção precoce de problemas de saúde. 
Na atenção secundária, o foco é o diagnóstico e tratamento de doenças. 
Na atenção terciária, o foco é o tratamento de doenças complexas e avançadas. 
É importante que os profissionais de saúde trabalhem em conjunto, utilizando abordagens interdisciplinares
e multidisciplinares, adotando ações preventivas e de promoção da saúde em todos os níveis de atenção.
Referências Bibliográficas
• BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2012.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Saúde do Idoso. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Diretrizes Nacionais para Atenção Integral à Saúde de Adolescentes e Jovens na Promoção, Proteção e
Recuperação da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, 
estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário
Oficial da União, Brasília, DF, 22 set. 2017.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 3.124, de 28 de dezembro de 2012. Institui a Rede de Atenção às Urgências e Emergências
no Sistema Único de Saúde (SUS) e define suas diretrizes gerais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 31 dez. 2012.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.439, de 8 de dezembro de 2005. Aprova as Diretrizes do Programa Nacional de 
Imunizações (PNI). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 9 dez. 2005.
• BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 3.947, de 30 de outubro de 2017. Define as Diretrizes para a Organização da Atenção à 
Saúde na Atenção Primária à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 1º nov. 2017.

Outros materiais