Buscar

caso clínico 6

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Universidade da Amazônia
Curso: Biomedicina
Disciplina: Tópicos Integradores II
Professora: Paula Frade
Nome: Julia Vitoria Pinheiro Silva, 04102303
ESTUDO DE CASO – TOXOPLASMOSE, ANEMIA FALCIFORME E SÍFILIS
1. Quais são as estruturas responsáveis pela capacidade do Toxoplasma gondii de se disseminar no organismo hospedeiro?
R: Do ponto de vista estrutural, o filo Apicomplexa é caracterizado pela presença do complexo apical, composto de organelas secretórias especializadas, como róptrias e micronemas, e de elementos do citoesqueleto, como os anéis polares e o conoide, este último apenas nos coccídeos, subclasse que inclui T. gondii
2. Descreva os mecanismos pelos quais o Toxoplasma gondii invade células hospedeiras.
R: A invasão da célula hospedeira tem início quando a secreção dos micronemas leva ao estabelecimento de um contato íntimo de T. gondii com a membrana desta. Nesse momento, uma interrupção transiente da integridade dessa membrana permite o influxo de íons ou moléculas do parasita para o interior da célula hospedeira
3. Como a toxoplasmose congênita difere da adquirida na infância ou na idade adulta?
R:As principais vias de transmissão são a oral e congênita. A via oral consiste na ingestão de carne contaminada crua ou mal cozida, que não teve o processamento térmico adequado. A congênita consiste na transmissão da doença adquirida pela mãe, durante a gestação, ao feto, via transplacentári
4. Qual é a causa subjacente da anemia falciforme?
R:A causa da doença é uma mutação de ponto (GAG->GTG) no gene da globina beta da hemoglobina, originando uma hemoglobina anormal, denominada hemoglobina S (HbS), ao invés da hemoglobina normal denominada hemoglobina A (HbA)
5. Qual é o tipo de herança genética associado à anemia falciforme?
R: A doença falciforme se manifesta entre as pessoas que herdam dois genes com alterações na hemoglobina S (um do pai e outro da mãe
6. Quais são os principais sintomas da anemia falciforme?
R: Dores fortes nos ossos e articulações (provocada pela falta de oxigenação no sangue); Palidez; Icterícia, causada pela morte rápida dos glóbulos vermelhos e, consequentemente, acúmulo de bilirrubina no corpo; Atraso no crescimento;
7. Como a anemia falciforme é diagnosticada?
R: A detecção é feita através do exame eletroforese de hemoglobina. O teste do pezinho, realizado gratuitamente antes do bebê receber alta da maternidade, proporciona a detecção precoce de hemoglobinopatias, como a anemia falciforme
8. Qual é a importância do aconselhamento genético para casais que são portadores do traço falciforme?
R: Por se tratar de uma doença genética, a hereditariedade é a questão primordial dessa patologia; por isso o aconselhamento genético possui importância fundamental, pois tem o intuito de orientar os pacientes portadores do traço falciforme sobre a tomada de decisões em relação à reprodutividade e ajudar a compreender outros aspectos da doença, como o sofrimento, tratamento, prognóstico.
9. Qual é o nome da fase inicial da sífilis, que é caracterizada por uma ferida indolor no local de infecção?
R: Sífilis primáriaApós um período de incubação de 3 a 4 semanas (alcançando 1 a 13 semanas), uma lesão primária se desenvolve no local de inoculação
10. Qual é o teste sorológico mais comum usado para diagnosticar a sífilis?
R: Testes treponemicos e não treponemicos 
11. Quais são os estágios da sífilis, em ordem cronológica?
R: sífilis primária, secundária, latente e terciária
12. Qual é a recomendação para evitar a sífilis e outras infecções sexualmente transmissíveis (IST)? 
R: Usar camisinhas durante as relações sexuais.