Buscar

UNIDADE 1 FARMACOLOGIA 2

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

1. Pergunta 1
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Os benefícios da terapia medicamentosa antiarrítmica são claramente evidentes no cenário agudo, quando um paciente apresenta uma arritmia altamente sintomática, nesses casos a terapia medicamentosa termina em minutos. Nesse cenário, os benefícios sintomáticos são óbvios e o risco é minimizado porque os pacientes são monitorados e expostos ao medicamento apenas por breves períodos de tempo. Por outro lado, com a terapia crônica, o equilíbrio entre risco e benefício é mais difícil de avaliar. A terapia crônica em um paciente com doença cardíaca pode ser eficaz em um determinado momento, mas a eficácia pode ser perdida posteriormente devido a uma mudança no substrato. A terapia antiarrítmica crônica não é satisfatoriamente eficaz nos ensaios clínicos mais controlados, as consequências da recorrência da arritmia são clinicamente importantes e o risco de efeitos adversos graves parece aumentar ao longo do tempo.”
RODEN, D. M.; DARBAR, D.; KANNANKERIL, P. J. Antiarrhythmic drugs. In: WILLERSON, J. T. et al. (eds.) Cardiovascular Medicine. London: Springer, 2007.
As drogas antiarrítmicas são importantes moduladores de canais iônicos. Considere as informações presentes no texto e marque a alternativa que descreve corretamente o mecanismo de ação dessas drogas.
Ocultar opções de resposta 
Incorreta: 
Bloqueadores de canais de iônicos com especificidade têm sido amplamente utilizados para o desenvolvimento de novos medicamentos antiarrítmicos.
Resposta correta
2. Pergunta 2
0/0
“As drogas vasoativas são de fundamental importância no tratamento do choque circulatório, pois exercem diversas ações farmacológicas, que induzem aumento do débito cardíaco e incremento da oferta de oxigênio, conforme o tipo de droga utilizada. Cabe ressaltar que a escolha da droga ou associação de drogas a ser utilizada deve ser baseada no mecanismo fisiopatológico envolvido na gênese do choque circulatório, assim como a dose ideal deve ser calculada sistematicamente no decorrer do tratamento, conforme as alterações dos parâmetros hemodinâmicos, tornando-se imprescindível o uso da monitoração hemodinâmica em determinadas situações.”
FONSECA, J. C. L. Drogas vasoativas-Uso racional. Revista Socerj, v. 14, n. 2, p. 49, 2001.
Fármacos vasoativos incluem agentes vasopressores e vasodilatadores. Utilizando informações presentes no texto, marque a opção que descreve o uso correto de fármacos vasoativos.
Agentes vasopressores eficazes no aumento da pressão e vasodilatadores promovem reduções nas pressões de enchimento ventricular.
Resposta correta
3. Pergunta 3
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Os diuréticos aumentam a taxa do débito e volume urinário e, consequentemente, a excreção de eletrólitos. Os diuréticos têm diferentes usos clínicos, já que possuem diferentes mecanismos de ação. Produzem diurese por inibição da reabsorção de sódio, e as diferentes classes atuam em segmentos distintos do sistema tubular renal. O aumento da eficácia terapêutica resulta do bloqueio de múltiplos locais do néfron, uma vez que um segmento pode compensar a reabsorção de sódio diminuída em outro. Dessa forma, os diuréticos têm sido recomendados para o tratamento de hipertensão arterial, hipervolemia, insuficiência cardíaca e distúrbios eletrolíticos.”
ALMEIDA, L. M. et al. Diuréticos: um artigo de revisão. Revista Científica FAGOC-Saúde, v. 2, n. 1, p. 78-83, 2017.
Diuréticos utilizados no tratamento de hipertensão arterial podem ser divididos em quatro grandes grupos. Considerando os diferentes agentes diuréticos utilizados na farmacologia clínica, marque a opção que descreve corretamente características dos diuréticos de alça.
Ocultar opções de resposta 
Os diuréticos de alça apresentam ação natriurética, bloqueando o transportador cloreto de sódio-potássio.
Resposta correta
4. Pergunta 4
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Os diuréticos continuam sendo a classe de fármacos anti-hipertensivos mais utilizada em virtude da sua eficácia terapêutica e do seu baixo custo, embora possuam diferenças entre si quanto à duração e ao local de ação no néfron. Os diuréticos tiazídicos agem preferencialmente inibindo o transporte de sódio e cloro na membrana da parte proximal do túbulo contorcido distal, com consequente redução do volume plasmático e extracelular. O seu uso crônico faz o volume plasmático retornar parcialmente ao normal, porém, provoca queda da resistência vascular periférica.”
PIMENTA, E. Hidroclorotiazida x clortalidona: os diuréticos tiazídicos são todos iguais. Rev Bras Hipertens, v. 15, n. 3, p. 166-167, 2008.
Os diuréticos podem ser divididos em cinco classes: osmóticos, inibidores da anidrase carbônica, de alça, tiazídicos e poupadores de potássio. Marque a alternativa que relaciona corretamente o agente diurético e suas características.
Tiazidas e derivados: são os diuréticos mais potentes, atuam no túbulo contorcido proximal inibindo a anidrase carbônica renal.
Diuréticos osmóticos: atuam no ramo ascendente da alça de Henle inibindo o sistema co-transportado.
Correta: 
Tiazidas e derivados: agem no túbulo distal determinando natriurese moderada.
Resposta correta
5. Pergunta 5
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Os antiarrítmicos, como muitas outras drogas, produzem ações amplamente divergentes nos pacientes: o espectro de respostas varia da supressão de arritmias altamente sintomáticas à ineficácia ou provocação de arritmias que ameaçam a vida pelas próprias drogas. A elucidação dos mecanismos subjacentes a essa impressionante variabilidade na resposta a medicamentos tem sido útil não apenas para melhorar a terapia com medicamentos antiarrítmicos disponíveis, mas também para apontar para novos mecanismos em arritmias e novas terapias.”
RODEN, D. M.; DARBAR, D.; KANNANKERIL, P. J. Antiarrhythmic drugs. In: WILLERSON, J. T. et al. (eds.) Cardiovascular Medicine. London: Springer, 2007.
Arritmias constituem uma grande preocupação de saúde pública. Utilizando as informações presentes no texto acima, assinale a alternativa que descreve corretamente características dos antiarrítimicos.
Ocultar opções de resposta 
Drogas antiarrítmicas podem ser consideradas moduladores de canais iônicos e geralmente são agrupados em grupos.
Resposta correta
6. Pergunta 6
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Comumente empregadas nos pacientes graves, as drogas vasoativas são de uso corriqueiro nas unidades de terapia intensiva e o conhecimento exato da sua farmacocinética e farmacodinâmica é de vital importância para o intensivista, pois daí decorre o sucesso ou mesmo o insucesso de sua utilização. O termo droga vasoativa é atribuído às substâncias que apresentam efeitos vasculares periféricos, pulmonares ou cardíacos, sejam eles diretos ou indiretos, atuando em pequenas doses e com respostas dose dependente de efeito rápido e curto, através de receptores situados no endotélio vascular. Então, na maioria das vezes, é necessário o uso da monitorização hemodinâmica, invasiva, quando da utilização dessas substâncias, pois suas potentes ações determinam mudanças drásticas tanto em parâmetros circulatórios como respiratórios, podendo, do seu uso inadequado, advirem efeitos colaterais indesejáveis, graves e deletérios, que obrigam sua suspensão.”
OSTINI, F. M. et al. O uso de drogas vasoativas em terapia intensiva. Medicina Ribeirão Preto Online, v. 31, n. 3, p. 400-411, 1998.
As drogas vasoativas são utilizadas no tratamento de distúrbios venosos e linfáticos. Nesse sentido, os agonistas adrenérgicos como as catecolaminas desempenham importante função. Assinale a alternativa que descreve corretamente o mecanismo de ação dessa classe de drogas vasoativas.
Correta: 
Os agonistas adrenérgicos melhoram o desempenho mecânico do coração, devido ao efeito inotrópico positivo.
Resposta correta
7. Pergunta 7
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Todo o regime terapêutico tem como objetivo a cura de uma determinada doença, a redução ou eliminação da sintomatologia, o controle da doença, o retardar da sua progressão ou ainda a prevenção da mesma. Um regime terapêutico pode considerar-seótimo quando resolve uma situação aguda, mantém a saúde em geral ou previne o seu declínio. Contudo, estes três pontos são, por vezes, difíceis de atingir na população idosa, devido às multimorbilidades e polifarmacoterapia. O uso de vários medicamentos em simultâneo pode ser benéfico no tratamento de múltiplas doenças, mas aumenta também o risco de ocorrência de reações adversas e torna a manutenção à terapêutica mais difícil.”
CASTEL-BRANCO, M. M. et al. As bases farmacológicas dos cuidados farmacêuticos: o caso dos AINEs. Acta Farmacêutica Portuguesa, v. 2, n. 2, p. 19-27, 2013.
A farmacologia é a área da ciência que estuda as propriedades químicas dos medicamentos e suas classificações. Marque a opção que representa corretamente informações referentes à farmacologia clínica.
Ocultar opções de resposta 
Correta: 
É a área da farmacologia que lida com os efeitos de drogas em seres humanos.
Resposta correta
8. Pergunta 8
0/0
Leia o excerto abaixo:
“A ação de um fármaco, quando administrado a humanos ou animais, pode ser dividida em três fases: fase farmacêutica, fase farmacocinética e fase farmacodinâmica. Na fase farmacêutica, ocorre a desintegração da forma de dosagem, seguida da dissolução da substância ativa. A fase farmacocinética abrange os processos de absorção, distribuição, metabolismo e excreção. A fase farmacodinâmica está relacionada com a interação do fármaco com seu alvo e a consequente produção do efeito terapêutico.”
PEREIRA, D. G. Importância do metabolismo no planejamento de fármacos. Química nova, v. 30, n. 1, p. 171-177, 2007.
Os processos relativos às alterações provocadas por drogas no corpo são chamados de processos farmacodinâmicos. Utilizando informações presentes no texto, marque a opção que descreve corretamente aspectos farmacodinâmicos de um medicamento.
Ocultar opções de resposta 
A farmacodinâmica tem como objetivo o estudo dos mecanismos da ação, efeitos bioquímicos, comportamentais e fisiológicos dos fármacos.
Resposta correta
0/0
9. Pergunta
“A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma situação clínica de natureza multifatorial caracterizada por níveis de pressão arterial elevados. Apresenta alta prevalência na população mundial e no Brasil, com estimativa de que cerca de 15% dos indivíduos adultos podem ser considerados hipertensos. Diversas classes de anti-hipertensivos já demonstraram reduzir o risco cardiovascular e, na maioria dos casos, é necessário associar fármacos com mecanismos de ação diferentes. Além da evidência de benefício clínico, a escolha do anti-hipertensivo deve considerar diversos fatores, como as comorbidades do paciente, o perfil de efeitos adversos, interação medicamentosa, posologia e até mesmo o preço do fármaco no mercado.”
MARTELLI, A.; LONGO, M. A. T.; SERIANI, C. Aspectos clínicos e mecanismo de ação das principais classes farmacológicas usadas no tratamento da hipertensão arterial sistêmica. Estudos de Biologia, v. 30, n. 70/72, 2008.
Cada classe de drogas anti-hipertensivas apresenta um mecanismo de ação característico. Considerando as diferentes classes de anti-hipertensivos, marque a alternativa que descreve corretamente o mecanismo de ação do respectivo fármaco anti-hipertensivo.
Ocultar opções de resposta 
O mecanismo de ação dos diuréticos se relaciona inicialmente aos seus efeitos diuréticos e natriuréticos.
Resposta correta
10. Pergunta 10
0/0
Leia o excerto abaixo:
“Os idosos compõem o grupo etário mais medicalizado na sociedade. O aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas, entre elas hipertensão arterial e diabetes mellitus, tem contribuído para o elevado consumo de medicamentos nessa faixa etária. Hipertensão e diabetes são reconhecidos fatores de risco para as doenças cardiovasculares, que configuram importante causa de óbito entre a população idosa e, portanto, devem ser tratadas adequadamente. Nesse contexto, são consideradas doenças cujo enfrentamento é prioritário e para as quais existem alternativas terapêuticas capazes de promover seu controle e melhorar a qualidade de vida de seus portadores.”
GONTIJO, M. F. et al. Uso de anti-hipertensivos e antidiabéticos por idosos: inquérito em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 28, p. 1337-1346, 2012.
Considerando as estratégias terapêuticas para tratar hipertensão arterial, assinale a alternativa que descreve uma estratégia medicamentosa eficiente para minimizar o risco de doenças cardiovasculares.
As principais estratégias para o tratamento de hipertensão arterial consistem na utilização de diuréticos, inibidores adrenérgicos e vasodilatadores.
Resposta correta

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes