Buscar

Qestionario 1 DIP

Prévia do material em texto

Exercício 1:
Considerando as afirmações abaixo:
I – As teorias dualista e monista não podem ser postas como antagônicas;
II – No Brasil, vige apenas a teoria dualista;
III – No Brasil, não há possibilidade de norma internacional alterar regra inscrita em texto constitucional.
A)
Todas as assertivas estão corretas;
B)
Todas as assertivas estão erradas;
C)
Apenas a assertiva I está errada;
D)
Apenas a assertiva II está errada;
E)
Apenas a assertiva III está errada.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 2:
São sujeitos primários (ou originários) de Direito Internacional Público,
A)
Cruz Vermelha Internacional;
B)
Movimento de libertação nacional - Movimentos que buscam a independência em relação a outro Estado;
C)
Organizações Não Governamentais Internacionais;
D)
Apenas os Estados;
E)
O Greenpeace International.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 3:
O aforismo par in parem non habet judicium dá fundamento à norma de direito internacional que dispõe acerca de:
A)
Imunidade de jurisdição estatal;
B)
Desenvolvimento sustentável;
C)
Liberdade dos mares;
D)
Efetividade;
E)
Cláusula da nação mais favorecida.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 4:
Quanto ao DUALISMO e ao MONISMO, é correto afirmar que
A)
O dualismo aceita a existência de ordens jurídicas coexistentes, independentes e autônomas.
B)
O monismo defende a primazia do direito interno do país, haja vista a aplicação do direito ao caso em concreto.
C)
A "teoria da incorporação" advém da corrente monista, que defende a primazia do direito internacional
D)
O dualismo incorpora a idéia de que, na ordem interna se obedece a um sistema de coordenação entre as normas e, no âmbito internacional, a
uma relação de subordinação.
E)
O dualismo tem como preceito a idéia de que todos os Direitos emanam de uma única fonte.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 5:
A propósito da personalidade jurídica do Estado e das organizações internacionais, na percepção da doutrina, especialmente em Francisco
Rezek, pode-se afirmar que:
A)
Porque o Estado tem precedência histórica, sua personalidade jurídica é derivada, e porque as organizações resultam de uma elaboração
jurídica resultante da vontade de alguns Estados, sua personalidade jurídica é originária;
B)
A personalidade jurídica do Estado é originária e a personalidade jurídica das organizações internacionais é derivada;
C)
O direito das gentes não identifica a personalidade jurídica das organizações internacionais, dado que aplicado, especialmente, aos Estados,
que detém natureza jurídica definida por elementos de Direito Público;
D)
A personalidade jurídica das organizações internacionais fundamenta-se exclusivamente no vácuo institucional deixado pelos Estados, que
eximem-se de suas responsabilidades, relegando à ONU suas obrigações e deveres;
E)
A personalidade jurídica do Estado fundamenta-se em concepções clássicas de Direito Público, formatando-se como realidade jurídica e
política, a personalidade jurídica das organizações internacionais centra-se na atuação de indivíduos e empresas, que lhes conferem
personalidade normativa, assumindo feições públicas e privadas.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 6:
As organizações internacionais contemporâneas,
A)
Só adquirem personalidade jurídica depois de homologadas pela Corte Internacional de Justiça;
B)
Não são sujeitos de Direito Internacional Público;
C)
Só adquirem personalidade jurídica depois de homologadas pelo Conselho de Segurança da ONU;
D)
São sujeitos de Direito Internacional Público em virtude das normas previstas na Carta da ONU;
E)
São sujeitos de Direito Internacional Público por terem capacidade jurídica própria.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(E)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 7:
Considerando as afirmações abaixo:
I – Para a teoria dualista direito interno e externo pertencem a sistemas jurídicos independentes;
II – Para os monistas nacionalistas, diante da unidade do sistema normativo, prevalecem a
norma interna sobre a internacional;
III - A visão dos monistas internacionalistas, não predomina na maioria dos países.
Assinale a assertiva correta
A)
Todas as assertivas estão corretas.
B)
Todas as assertivas estão erradas.
C)
Apenas a assertiva I está errada.
D)
Apenas a assertiva II está errada.
E)
Apenas a assertiva III está correta.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 8:
Sobre a relação entre o Direito interno e o Direito Internacional e sobre a recepção de tratados
de Direitos Humanos no Brasil, aponte a assertiva incorreta:
A)
As teorias predominantes de relacionamento entre o Direito interno e o Direito Internacional são
a teoria monista e a teoria dualista, as quais propugnam pela desnecessidade e necessidade
de um procedimento formal de recepção dos tratados internacionais para que tenham validade
interna, respectivamente.
B)
O Direito Internacional entende que o Direito interno não pode ser utilizado como “excusa” para
o descumprimento das obrigações internacionais.
C)
A Emenda Constitucional 45 de 2004 consagrou a teoria monista de relacionamento entre o
Direito interno e o Direito Internacional no que tange os direitos humanos, confirmando a
aplicação imediata dos tratados de direitos humanos em harmonia com o parágrafo 1º do art. 5º
da Constituição Federal.
D)
No Brasil os tratados internacionais recepcionados entram no sistema jurídico, em geral, com
força de lei e não com caráter constitucional.
E)
Todas as assertivas anteriores estão corretas.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 9:
O fundamento de validade do Direito Internacional é:
A)
O consenso.
B)
A cooperação.
C)
A co-existência.
D)
A existência de normas.
E)
A ONU.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 10:
No âmbito do direito internacional, a soberania, importante característica do palco internacional,
significa a possibilidade de:
A)
Um Estado impor-se sobre outro.
B)
A Organização das Nações Unidas dominar a legislação dos Estados participantes.
C)
Celebração de tratados sobre direitos humanos com o consentimento do Tribunal Penal
Permanente.
D)
Igualdade entre os países, independentemente de sua dimensão ou importância econômica
mundial.
E)
Todas as assertivas anteriores estão incorretas.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 11:
Quanto aos sujeitos de Direito Internacional analise as afirmações abaixo:
I. Os Estados e os indivíduos são sujeitos de Direito Internacional.
II. As empresas globais e as organizações internacionais são sujeitos de Direito
Internacional.
III. A Santa Sé não é sujeito de Direito Internacional.
IV. A humanidade ainda não é considerada sujeito de Direito Internacional para a maioria
doutrinária.
A)
Todas são verdadeiras.
B)
Todas são falsas.
C)
I e IV são verdadeiras, e II e III são falsas.
D)
I e II são verdadeiras, III e IV são falsas.
E)
I é verdadeira, II, III e IV são falsas.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 12:
São considerados sujeitos de direito internacional público:
 
A)
Estados soberanos e federados; organizações internacionais e ONG’s; particulares;empresas;
 
B)
Estados soberanos; ONG’s; empresas;
 
C)
Estados soberanos; organizações internacionais;
 
D)
Estados soberanos; A Santa Sé e demais entidades religiosas; organizações internacionais;
 
E)
nenhuma das assertivas anteriores está correta.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 13:
Considerando as afirmações abaixo:
I – A expressão “direito das gentes” indica a disciplina Direito Internacional Público;
II – O denominado “princípio da coordenação de vontades” é inerente ao Direito Internacional Público;
III – A expressão “direito internacional” tradicionalmente exprime a disciplina Direito Internacional Privado.
A)
Todas as assertivas estão corretas;
B)
Todas as assertivas estão erradas;
C)
Somente a assertiva I está errada;
D)
Somente a assertiva II está errada;
E)
Somente a assertiva III está errada.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(E)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 14:
O Direito Internacional Público pode ser classificado como ramo:
 
A)
Do direito público interno;
 
B)
Do direito público externo;
 
C)
Do direito privado internacional;
 
D)
Do direito privado interno;
 
E)
Eclético do direito.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 15:
Os elementos essenciais do Estado à luz do Direito Internacional são:
A)
Território, Povo e Unicidade Linguística.
B)
Reconhecimento Internacional, Território e Povo.
C)
Território, Povo e Governo Soberano.
D)
Território, Unicidade Étnica-Cultural e Governo Soberano.
E)
Todas as assertivas acima estão erradas.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 16:
Tradicionalmente o direito internacional concebeu duas teorias com referencia a relacao entre os ordenamentos juridicos nacionais e
internacionais: o dualismo e o monismo. Para esta ultima:
A)
Aceitam-se varias ordens juridicas, com a aplicabilidade simultanea, configurando-se um pluralismo de fontes, porem aplicadas por um
unico ordenamento;
B)
Nao se aceita a existencia de duas ordens juridicas autonomas, independentes e nao derivadas, defendendo-se por vezes a primazia do
direito interno e por vezes a primazia do direito internacional;
C)
Aceita-se a existencia de duas ordens juridicas, independentes e derivadas, uma nacional e outra internacional, sendo que esta ultima e' que
confere validade a primeira;
D)
Aceita-se a validade de uma ordem juridica internacional, conquanto que nao conflitante com a ordem interna, e cujos criterios de validade
sejam expressamente definidos pela ordem juridica nacional;
E)
Nao se aceita a validade de uma ordem juridica internacional, dado que desprovida de sancao e de conteudos morais, fundamentada
meramente em principios de cortesia internacional.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 17:
No âmbito do direito internacional, a soberania, importante característica do palco internacional, significa a possibilidade de:
A)
Celebração de tratados sobre direitos humanos com o consentimento do Tribunal Penal Permanente;
B)
Igualdade entre os países, independentemente de sua dimensão ou importância econômica mundial;
C)
Um Estado impor-se sobre outro;
D)
A Organização das Nações Unidas dominar legislação dos Estados participantes;
E)
A prevalência de fatores econômicos sobre os humanitários.
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários
Exercício 18:
Com a Emenda Constitucional 45 os tratados de direitos humanos podem ter força de
emenda constitucional quando:
A)
Forem aprovados por 3/5 dos votos do Senado Federal.
B)
Forem aprovados por 3/5 dos votos de cada casa no Congresso Nacional.
C)
Forem aprovadas por 2/3 dos votos do Senado Federal.
D)
Forem aprovados por 2/3 dos votos de cada casa no Congresso Nacional
E)
Todas as assertivas anteriores estão incorretas.
Comentários:
Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários

Continue navegando