Buscar

Sujeito Ativo e Passivo na Obrigação

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Sujeito ativo- Credor
O credor é determinado, mas se for indeterminado será determinável. 
Pessoa física ou jurídica
Capacidade / Legitimidade
O credor exige cumprimento forçado das obrigações.
Prestação lícita, possível.
Determinada- Quando encontramos todas as bases da contratação.
Indeterminada- Quando encontramos algumas bases certas e outras dependem de um evento futuro incerto.
Sujeito Passivo- Devedor
É sempre determinado
Pessoa física ou jurídica
Capacidade negocial- Legitimidade
O cumprimento deverá ser espontâneo, caso não for será forçado.
Devedor solvente- Patrimônio > Dívidas 
Devedor insolvente- Patrimônio < Dívidas 
Dever Principal- Somente ao devedor se encontra o contrato, esse é o dever principal da prestação
Dever espontâneo- Cabe ao devedor e ao credor, encontro na lei e nos contratos.
Deveres fidejussória- Cabe ao devedor e credor, na lei e nos contratos, mas pode não estar e ser exigível. Boa fé.
Informação- Tabela nutricional
Cooperação- Prof. atende os alunos
Diligência- “Cuidado”
Prestação- Vínculo obrigacional
Obrigação deve ser entendida como um processo
DAR- Devedor tem dever jurídico de entregar algo ao credor.
DAR coisa certa- individualizada, única
DAR coisa incerta- Será individual
Entrega = Tradição
FAZER- O devedor tem dever jurídico de realizar algo em favor do credor.
NÃO FAZER- O devedor tem dever jurídico de se abster. Cláusulas de não fazer

Continue navegando

Outros materiais