Buscar

Exercício 1-39

Prévia do material em texto

Comunismo 
1. O que é comunismo e como ele é definido na sociologia?
O comunismo é um sistema político, econômico e social que preconiza a abolição 
da propriedade privada dos meios de produção e a criação de uma sociedade sem 
classes sociais, onde os recursos são distribuídos de acordo com as necessidades de 
cada indivíduo. Na sociologia, o comunismo é visto como uma forma extrema de 
socialismo, onde o Estado é suprimido e os meios de produção são propriedade 
comum da sociedade como um todo. O comunismo busca a igualdade econômica e 
social através da eliminação da exploração e da alienação presentes nas sociedades 
capitalistas.
2. Quais são os efeitos do comunismo na sociedade contemporânea?
O comunismo tem uma série de efeitos na sociedade contemporânea. Por um 
lado, ele pode promover a igualdade econômica e social, eliminando as desigualdades 
de classe e garantindo o acesso igualitário aos recursos e serviços básicos. Além disso, 
o comunismo pode fortalecer a coesão social e promover a solidariedade entre os 
membros da sociedade, uma vez que todos têm interesse no bem-estar comum. No 
entanto, o comunismo também pode limitar a liberdade individual e restringir a 
iniciativa empreendedora, uma vez que enfatiza a propriedade coletiva dos meios de 
produção e a planificação central da economia. Além disso, o comunismo enfrenta 
desafios práticos na implementação, como a burocracia estatal e a falta de incentivo 
para a inovação e a eficiência econômica. Em resumo, o comunismo é um sistema 
controverso que suscita debates sobre seus méritos e desafios na sociedade 
contemporânea.
 
 
 
 
af://n455
	Comunismo

Continue navegando