Buscar

Sociedade, Exclusão e Direitos

Prévia do material em texto

HOMEM, CULTURA E SOCIEDADE
TA 4
Sociedade, exclusão e direitos humanos
Resumo da aula
Unidade de Ensino: 04
Competência da Unidade de Ensino:
Conhecer as diversas correntes teóricas que explicam o homem, a
vida em sociedade e as diversas formas de explicação da realidade
social.
Resumo:
Discutir a importância da relação entre natureza e cultura na
constituição das sociedades e, em especial, da sociedade brasileira.
Conhecer a importância da Antropologia para a definição de cultura.
Elaborar reflexões sobre preconceito e discriminação racial, de
gênero e social na sociedade brasileira.
Palavras-chave: Cultura; identidade nacional; discriminação; ação afirmativa.
Título da teleaula: Sociedade, exclusão e direitos humanos
Teleaula nº: 04
➢A importância da Antropologia para a compreensão do comportamento 
humano.
➢O papel da cultura na construção da identidade nacional.
➢A formação histórica do povo brasileiro.
➢Como preconceito e discriminação se expressam e agem em nossa 
sociedade.
➢A constituição de políticas de ações afirmativas e seus resultados na 
garantia de direitos às populações vulneráveis.
Contextualização da teleaula
➢Que povos formaram o Brasil e qual contribuição eles tiveram para 
a formação da identidade nacional?
➢Por que mantemos comportamentos discriminatórios em relação 
aos negros, indígenas, mulheres, público LGBT, pobres, etc.?
➢Qual seria a melhor forma de diminuir o preconceito e as 
discriminações existentes na sociedade?
Contextualização da teleaula
Situação-Problema 1
➢Ali, um imigrante sírio que chegou ao Brasil há pouco tempo, tenta se 
adaptar ao país, mas não entende por que no Brasil as pessoas 
diferentes, seja pela raça, seja pelo gênero ou mesmo pela etnia, sofrem 
discriminações. Para ele é difícil entender isso, uma vez que o Brasil é 
conhecido por sua miscigenação e multiculturalismo. 
Situação-Problema 1 
https://i.ytimg.com/vi/roufjx-
5NT4/maxresdefault.jpg
Antropologia, cultura e identidade 
nacional
➢A importância do pensamento antropológico 
na compreensão do comportamento 
humano.
➢Além das questões biológicas que podem 
determinar ou condicionar comportamentos, 
existem aspectos sociais e culturais.
➢As posturas etnocêntricas são orientadas por 
explicações pautadas no determinismo 
biológico.
Antropologia, cultura e identidade nacional
http://www.vermelho.org.br/admin
/arquivos/biblioteca/frica60304.jpg
O papel das populações negra e 
indígena na construção da 
identidade nacional
➢Na História do Brasil houve uma 
miscigenação de brancos, negros e 
indígenas.
➢Diferença entre raça e etnia.
▪ Raça = diferenças físicas. Cor da pele...
▪ Etnia = diferença cultural. Modo de 
viver...
➢As culturas de brancos, negros e índios se 
misturam, transformando-se na cultura 
afro-brasileira.
A formação do povo brasileiro
http://3.bp.blogspot.com/-
bGm8r2qEQSI/Ut0tOVQklPI/AAAAAAAA
Ktk/1ISEheU0QBE/s1600/i401534.jpg
➢Identidade nacional: construída de acordo 
com a cultura de determinado contexto.
➢A coexistência de diferentes grupos culturais 
– índios, europeus e africanos – constituíram 
uma identidade nacional.
➢Apesar da diversidade cultural que 
caracteriza o Brasil, observa-se um povo com 
comportamento etnocêntrico, discriminador 
e preconceituoso.
Identidade nacional
https://pbs.twimg.com/media/CUltD
WSW4AA_7b4.jpg
O mito da democracia racial 
no Brasil
➢O “mito da democracia racial” no Brasil.
➢Gilberto Freyre, “Casa Grande & Senzala” e “Sobrados e Mocambos”.
➢A originalidade da miscigenação do povo brasileiro.
O mito da democracia racial
➢A relação entre as três raças não foi harmoniosa, foi feita de maneira 
subalterna, seja pela escravidão, seja pelo genocídio.
➢Apesar da intensa troca cultural, prevaleceu a cultura do branco 
europeu.
➢O processo de colonização foi impulsionado pelo interesse dos 
portugueses.
➢Na história oficial, os brasileiros aparecem como um povo católico, de 
língua portuguesa e de cor branca.
O mito da democracia racial
➢Para entendermos o que é o Brasil, é preciso 
compreender a formação da população 
brasileira, a construção dos valores por ela 
propagados e a influência da cultura nas 
relações sociais e na constituição da nação 
brasileira e sua identidade.
Resolvendo a Situação-Problema 1
http://www.cartapotiguar.com.br/wp-
content/uploads/2017/04/bandeira-torcida-
brasileira.jpg
Na sua opinião, há democracia 
racial no Brasil?
Situação-Problema 2
Andreia, mulher jovem negra, que mora na periferia e nasceu em uma 
família pobre, teve seu ingresso na universidade possibilitado por meio 
das cotas sociais, instrumento voltado para a inclusão de pessoas de baixa 
renda nas universidades. 
➢O que são as cotas?
➢O que são e quais os objetivos das políticas de ações afirmativas?
➢A quais grupos elas se destinam?
➢Essas políticas podem ajudar no 
desenvolvimento de uma sociedade
mais justa e menos desigual?
Situação-Problema 2 
Preconceito e discriminação da 
população negra e indígena e outros 
segmentos marginalizados
➢Preconceito ≠ discriminação.
➢Os fatores geradores do preconceito e da discriminação têm origem 
econômica (preconceito de classe) e/ou sociocultural (discriminação de 
gênero, raças e etnias).
➢Preconceitos e discriminações fazem parte da cultura da sociedade e 
resultam na reprodução de desigualdades sociais.
Preconceito e discriminação
http://www.elianabarbosa.com.br/wp-
content/uploads/2011/10/preconceito.jpg
http://www.elianabarbosa.com.br/wp-content/uploads/2011/10/preconceito.jpg
➢Preconceito e discriminação são mecanismos de manutenção de 
privilégios sociais para determinados grupos e negação de direitos a 
outros. 
➢Existem movimentos que lutam para que a diferença seja um fator não 
de desigualdade, mas de diversidade e promoção da igualdade de 
condições na sociedade. 
Preconceito e discriminação
http://2.bp.blogspot.com/-
XHomIEnBrTU/Vq0mm5Xet
bI/AAAAAAAABxo/TVBphAd
6v1g/s1600/ser-diferente-
nao-e-um-problema.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-XHomIEnBrTU/Vq0mm5XetbI/AAAAAAAABxo/TVBphAd6v1g/s1600/ser-diferente-nao-e-um-problema.jpg
As políticas afirmativas no 
Brasil no século XXI
➢Políticas de ações afirmativas visam reparar desigualdades estruturais 
legadas a populações em condições de vulnerabilidade social.
➢As políticas afirmativas são consideradas políticas de discriminação 
positiva: afirmar a diferença para produção de igualdade de condições 
sociais.
➢São resultado das lutas dos diversos movimentos, como o negro, o 
feminista e os de trabalhadores.
As políticas afirmativas no Brasil no século XXI
http://comune-
info.net/wp-
content/uploads
/2015/02/70.jpg
➢Lei n. 11.645/2008, que institui o ensino de 
História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena 
em todos os níveis de ensino brasileiro.
➢Emenda Constitucional 72 – “ PEC das 
domésticas”, regulamenta o trabalho 
doméstico no Brasil, cuja mão de obra é 
predominantemente feminina.
➢Lei Maria da Penha, Lei do Feminicídio, 
Bolsa Família, políticas afirmativas para 
pessoas com deficiência.
Exemplos de políticas afirmativas
http://2.bp.blogspot.com/-
CWtOc1sxCSs/TijV9nUo9_I/AAAAAAAAA
mk/vw-Q3y5hmo0/s1600/DSCN1449.JPG
A “Lei das Cotas” – Lei 12.711/12
25% das vagas reservadas para estudantes oriundos da rede pública com renda
inferior a 1,5 salários mínimos.
25% das vagas reservadas para estudantes oriundos do Ensino Médio da rede 
pública com renda igual e superior a 1,5 salários mínimos.
Proporção de vagas no mínimo igual a de pretos, 
pardos e indígenas na população da unidade da 
federação do local de oferta de vagas da instituição, 
segundo o último Censo Demográfico divulgado pelo 
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 
que será reservada, por curso e turno, aos 
autodeclarados pretos, pardos e indígenas.
➢As cotas são voltadas para o acesso das 
pessoas negras ou indígenas ao Ensino 
Superior.
➢Essa discriminação é considerada positiva, 
pois permite que essa parcelada sociedade 
consiga ter o mesmo acesso que a outra 
parcela, como o acesso à educação de 
qualidade e ao emprego.
➢O conceito de capital cultural de Pierre 
Bourdieu.
Resolvendo a Situação-Problema 2
https://psolriodasostras.files.wordpress.co
m/2012/05/cota-para-negros-charge.jpg
Você é contra ou a favor do sistema 
de cotas sociais e raciais? 
Recapitulando...
➢A importância de compreender o processo histórico-cultural de um 
povo.
➢A identidade do povo brasileiro foi formada pela miscigenação de 
diversos povos.
➢O preconceito e discriminação são construções culturais que 
favorecem alguns grupos sociais.
➢As políticas de ações afirmativas são um instrumento importante para 
minimizar as desigualdade sociais e oferecer 
igualdade de direitos a todos.
Recapitulando...
➢FERNADES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes. 
São Paulo: Ática,1978.
➢FREYRE, Gilberto. Casa-Grande & Senzala: formação da família brasileira 
sob o regime da economia patriarcal. 48. ed. São Paulo: Global, 2003. 
➢RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. 2. 
ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
➢ROCHA, Everardo P. Guimarães. O que é etnocentrismo. São Paulo: 
Brasiliense, 1999.
➢SANTOS, José Luiz dos. O que é cultura. 16. ed. 
São Paulo: Brasiliense, 2006.
Sugestões de leitura