Constituintes, Reforma, Regras e Principios
1 pág.

Constituintes, Reforma, Regras e Principios


DisciplinaTeoria da Constituição412 materiais4.647 seguidores
Pré-visualização1 página
\uf0b7 Poder constituinte: Desempenha a função da criação, e modificação quando 
necessário da constituição. Ele cria e altera a constituição. Sem ele, não haveria 
constituição ou ordem jurídica. 
 
\uf0b7 Teoria do Poder Constituinte: Emmanuel Joseph Sieyés 
 
1º Estado \u2013 Clero. 
2º Estado \u2013 Nobreza (exercia o poder como origem social). 
3º Estado \u2013 Nação (origem popular do poder). 
 
\uf0b7 Povo \u2013 Conjunto de indivíduos ligado a um território. 
 Representa força como \u201cEstado\u201d. 
Poderes pelo povo criado: a) Legislativo b) Executivo c) Judiciário 
 
\uf0b7 Legitimação do 3º Estado \u2013 Ocorreu no Século 18, na França. 
 
\uf0b7 Poder Constituinte Originário (Natureza): Poder de criar uma constituição ou 
editar, pois é preexistente á ordem jurídica. Organiza juridicamente todo o estado. 
Pode ser formal, material, histórico ou revolucionário. 
 
Características Poder Constituinte Originário: 
1) Soberano: Sua força e exercício decorre dele mesmo. 
2) Autônomo: Estrutura da constituição é feita como ele quer. 
3) Inicial: Ponto de partida de todo o regramento do Estado. 
4) Incondicional: Não se vincula a ordem jurídica anterior. 
5) Ilimitado: Não encontra limite temático. 
 
 
\uf0b7 Poder Constituinte Derivado: É um poder constituído. A constituição estabelece as 
condições e os limites para fins de alteração de suas próprias normas, por isso ele 
é \u201cDerivado\u201d. Se sujeita as normas, sendo então \u201climitado\u201d. 
 
\uf0b7 Poder Constituinte de Reforma: Poder de reformar a constituição. Emenda. Trata-
se de um poder limitado. É um poder instituído pelo Poder Originário para realizar 
a mudança no texto constitucional (reforma). Suas principais características são a 
limitação material de seu exercício e a condicionalidade destes limites impostos; 
se não houvesse limites, não haveria diferença entre o poder revisor e o poder 
constituinte originário. 
 
\uf0b7 Princípios: São normas que exigem, proíbem e permitem algo \u201cna maior medida 
possível\u201d, observadas as circunstâncias fáticas e jurídicas. 
 
\uf0b7 Regras: são normas que prescrevem imperativamente uma exigência (impõe, 
permitem ou proíbem) que é ou não é cumprida.