APOL 1 GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL
2 pág.

APOL 1 GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL


DisciplinaGestão da Sustentabilidade Organizacional278 materiais989 seguidores
Pré-visualização1 página
Questão 3/3
Analise as opções abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta:
Para Veiga, quando busca nas análises de Furtado a confirmação de que projeto social subjacente se constitui em uma característica crucial para o desenvolvimento.
Analise as opções abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta:
	
	A
	Para ultrapassar uma visão economicista, é necessário NÃO aceitarmos a afirmação de que desenvolvimento possa ser sinônimo de crescimento econômico.
Você acertou!
Para ultrapassar uma visão economicista, é necessário não aceitarmos a afirmação de que desenvolvimento possa ser sinônimo de crescimento econômico. (Página 29 do livro base)
	
	B
	Para ultrapassar uma visão economicista, é necessário aceitarmos de que desenvolvimento possa ser sinônimo de crescimento econômico.
	
	C
	O crescimento econômico e o progresso material trazem benefícios para uma sociedade, eles são suficientes se não estiverem associados a um compromisso social e ambiental.
	
	D
	O crescimento econômico e o progresso material NÃO trazem benefícios para uma sociedade, mas são suficientes se não estiverem associados a um compromisso social e ambiental.
Questão 2/3
Enquanto a teoria da modernização postulava que as nações deveriam seguir os passos trilhados pelos países já desenvolvidos e industrializados, transformando o sistema social, tornando-o mais moderno, as teorias cepalina e da dependência mantinham uma postura mais crítica, advogando que o subdesenvolvimento não era um problema de etapa de desenvolvimento, mas de posição na estrutura econômica mundial.
Com base no enunciado acima, analise as opções abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta:
I - Os teóricos da Cepal defenderam a substituição de importações como via de desenvolvimento para a América Latina, procurando apontar também os fatores econômicos internos que impossibilitavam o crescimento.
II \u2013 Os pensadores da teoria da dependência mostravam que os fatores internos de obstáculos para o desenvolvimento eram de natureza política e econômica, sustentando que as elites nacionais dos países dependentes se aliaram e se orientaram para o exterior, formando uma estrutura histórica de dominação.
III \u2013 Os teóricos da Cepal e, também, os pensadores da teoria da dependência não defendiam a substituição de importações como via de desenvolvimento para a América Latina. Estes pensadores mostravam que os fatores externos de obstáculos para o desenvolvimento eram de natureza política e socioeconômica.
	
	A
	Apenas a alternativa I é correta.
	
	B
	Apenas a Alternativa II é correta.
	
	C
	Apenas as alternativas I e II são corretas.
Você acertou!
Gabarito:
Apenas as alternativas I e II são corretas. Página 51 do livro base.
	
	D
	Apenas as alternativas I e III são corretas.
Questão 1/3
Tanto na criação das agências multilaterais, como a ONU, quanto na criação dos tratados de diminuição de tarifas para o comércio internacional, pressupunha-se que uma ordem de relações cada vez mais globais se impusesse aos países.
Foi no período pós-guerra que surgiu um conjunto de esforços direcionados ao desenvolvimento dos países considerados subdesenvolvidos. Neste período, dois fatores eram tratados como sinônimos. Quais fatores são esses?
	
	A
	Economia e desenvolvimento.
	
	B
	Economia e sustentabilidade.
	
	C
	Maturidade e desenvolvimento.
	
	D
	Desenvolvimento e crescimento.
Você acertou!
Desenvolvimento e crescimento. (Pág. 50 do livro base)