A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Lúpus

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade do Oeste de Santa Catarina 
Campus de Joaçaba.
 ÁREA DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE
CURSO DE ODONTOLOGIA
DISCIPLINA: MORFOLOGIA I 
PROFESSORES: Maria Ignez e Rosangela Zoldan.
LÚPUS 
Alunos: Camila Frizon, Cássia Ferri, Caroline Brancher, Guilherme , Gustavo
 O que é? 
 O Lúpus é uma doença auto imune que afeta vários órgãos e sistemas do corpo. Nela, os anticorpos, que deveriam combater doenças, atacam as próprias células do corpo e isso pode trazer sérias complicações. 
Órgão afetados: pele, as juntas, os rins, os pulmões e o sistema nervoso
2
Tipos de
Lúpus discoide: É limitado à pele
Lúpus sintêmico: Afeta todo o corpo
Lúpus induzido por medicamentos
 tais como: corticosteroides, remédios para malária, como cloroquina, e anti-inflamatórios em geral
7
 Sintomas 
 Febre, manchas na pele
 Vermelhidão no nariz e no rosto, formando um desenho como asas de borboleta
 Fotossensibilidade, pequenas feridas na boca e no nariz
 Dor nas articulações, fadiga
 Dificuldade em respirar, taquicardia
 Tosse seca, cefaleia, convulsões, anemia, inchaço
 Pouca urina, mal-estar, perda do apetite, ansiedade
 Depressão, doenças reumatológicas, renais, do sangue
 Doenças do aparelho respiratório
Diagnostico:
 
 Lesão discoide
 Fotossensibilidade 
 Úlceras orais/nasais
  Artrite - articulaçoes
 Serosite
 Comprometimento renal
 Alterações neurológicas
Alterações hematológicas
 Alterações imunológicas
Anticorpos antinucleares
 Lúpos é contagioso? 
 
 O lúpus não é contagioso, pois é uma doença auto-imune, isto é, o sistema imune do indivíduo ataca as células do próprio indivíduo.
 Tratamento 
Antiinflamatórios não esteróides para artrite e pleurisia.
 Pomadas com corticóides para o rash cutâneo
 Uma droga antimalárica (hidroxicloroquina) e corticóides de baixa dosagem para os sintomas de pele e artrite
 
 Não há cura para o lúpus. O objetivo do tratamento é controlar os sintomas.
Vida com lúpus 
A maioria das pessoas com lúpus pode viver vida normal, mas a doença deve ser cuidadosamente monitorada e o tratamento ajustado como necessário para prevenir complicações sérias
 Rerêfencias: 
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/lupus#.UjGuM8a1G5E Acesso em: 12 set. 2013
Frazão, Arthur. Lúpus, Disponivel em: http://www.tuasaude.com/lupus/ Acesso em: 12 set. 2013
ABRALES – Associação Brasileira de Pacientes com Lúpus, Disponível em: www.lupusbrasil.com.br Acesso em 15 set. 2013. 
Obrigado pela atenção de todos!

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.