A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Inovação Tecnológica aspectos introdutório (1)

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
*
Prof. Dr. Luiz Brant
Belo Horizonte
UFMG
2013-2
Gestão da Inovação em Saúde
 
Curso de Gestão de Serviços de Saúde
*
*
*
1) Epistêmica: 
 “conhecimento prudente para 
 uma vida decente” (Boaventura Santos)
2) Sanitária
3) Desenvolvimento econômico e 
 social
Gestão da inovação em saúde constitui uma tentativa de fornecer um referencial que permita articular três lógicas:
*
*
*
Ruptura epistêmica e política com as visões antagônicas que colocam como opostos:
 produção do saber
 necessidades da saúde
 desenvolvimento econômico
Qual a posição do gestor de serviços de saúde nesse contexto?
*
*
*
Gestão: ciência, tecnologia 
e inovação em saúde
Papel de gestor
Posição
Transição
Ethos da profissão
*
*
*
 Gestão: ciência, tecnologia e inovação
Interdisciplinar
Interinstitucional
Intersetorial
Curso de gestão – interarticulação entre disciplinas 
Instituições de ensino superior e serviços de saúde.
Setores: produtivo
público/privado e de saúde
*
*
*
 Capacidade de transferência de conhecimento novo para os serviços
 Formação de redes entre os diversos cursos:
transdisciplinaridade
 Apoio à iniciação científica em todos os níveis de ensino 
No âmbito
da UFMG
Relevância social 
do conhecimento: aplicação das produções
*
*
*
 Mecanismos 
de controle social: legitimação das ações de 
 ensino – pesquisa – extensão
 Articulação com centros de pesquisa mais desenvolvidos: cooperação técnica 
 Parceria com instituições para o fomento à pesquisa em saúde 
No âmbito
interinstitucional
Educação pelo trabalho: ensino – pesquisa – 
 extensão.
*
*
*
 Observatório de 
Gestão: a saúde do trabalhador da saúde
 Acordos visando à interação entre saúde e desenvolvimento
econômico e social
 Situar o Curso de Gestão no
complexo industrial da saúde: articulação das lógicas: sanitária e
econômica 
 
 
No âmbito
Setor produtivo
público/privado
Geração de conhecimento e de inovação: parceria com o setor produtivo 
*
*
*
Considerações
finais
*
*
*
Um País que pretende chegar a uma condição de desenvolvimento e de independência requer, ao mesmo tempo, uma organização econômica forte e inovadora, e um sistema de saúde inclusivo e igualitário. Este talvez seja um dos mais importantes desafios estratégicos do Sistema de Saúde brasileiro.
*
*
*
A saúde constitui um direito de cidadania e uma frente de desenvolvimento e de inovação estratégica na sociedade de conhecimento.
*
*
*
Assim que a revolução industrial atingiu seu apogeu, um novo modelo de sociedade começou a se configurar, fundado não mais exclusivamente na produção de bens materiais de consumo, mas no alto valor atribuído aos conteúdos intelectuais e à criatividade; convencionou-se chamar este novo modelo de pensamento vivo.
*
*
*
O constante funcionamento das máquinas sociais em seus diversos aparelhos e montagens produz o mundo juntamente com os sujeitos e objetos que o constituem.
*
*
*
 Interfaz
brant.ufmg@gmail.com
Luiz Brant
*
*
*