Aula 2 (Tipos de Processos Cromatográficos)
13 pág.

Aula 2 (Tipos de Processos Cromatográficos)


DisciplinaLaboratório de Química Analítica75 materiais304 seguidores
Pré-visualização1 página
Cromatografia InstrumentalCromatografia Instrumental
Alexandre SchulerAlexandre Schuler
Departamento de Engenharia Química
Universidade Federal de Pernambuco
Segunda Aula
Tipos de Processos CromatográficosTipos de Processos Cromatográficos
Teoria da Cromatografia
\ufffd \u201cCopiada\u201d da destilação;
\ufffd Princípio da Adsorção;
\ufffd Princípio da Partição;
\ufffd Princípio da Troca Iônica;
\ufffd Princípio da Exclusão por Tamanho;
\ufffd O \u201ccromatógrafo\u201d de Craig;
\ufffd A equação de Van Deemter.
Destilação Fracionada
Destilação Fracionada
\ufffd Destilação Contínua;
\ufffd Destilação Descontínua (em batelada);\ufffd Destilação Descontínua (em batelada);
\ufffd Conceito de \u201cprato teórico\u201d.
Adsorção
N
n
a
a
N
N
k =
Extração
Antes de 
agitar
Após agitar
Procedimento para medir o teor de álcool na gasolina C:
Pergunta: a água 
extraiu todo álcool?
Partição
2
1
C
C
k p =
Distribuição Binomial
2
1
C
C
k p =
10
2
1
1
2
10
1
1
)( mm
V
V
m
V
mm
V
m
kp
\u2212
\u22c5=
\u2212
=
1
.
Vk
mm
p
Primeira Etapa:
n-ésima Etapa:
12
1
01 .
VkV
Vk
mm
p
p
+
=
Segunda Etapa:
12
1
12 .
VkV
Vk
mm
p
p
+
=
n
p
p
n
VkV
Vk
mm
\uf8f7
\uf8f7
\uf8f8
\uf8f6
\uf8ec
\uf8ec
\uf8ed
\uf8eb
+
=
12
1
0
n-ésima Etapa:
A massa m
n
permanece no solvente 
1 após n extrações com o solvente 2
Distribuição Binomial
(exemplo)
Substância Kp
Massa 
96,4%
90,0%
Substância Kp
Massa 
relativa
A 3/1 1 (50%)
B 1/3 1 (50%)
75,0%
Troca Iônica
(Res A-)B+ + C+(sol) \u2194 (Res A-)C+ + B+(sol) 
Exclusão por Tamanho
Exemplo: Determinação do teor de albumina humana 
\u201cdesnaturada\u201d
Exclusão por Tamanho
As moléculas menores penetram nos poros da fase 
estacionária (um gel altamente poroso), fazendo um 
percurso sinuoso e muito mais longo antes de atingir a 
outra extremidade da coluna cromatográfica. Por outro 
lado, as moléculas maiores, não conseguindo penetrar 
nos poros, transitam entre as partículas da fase nos poros, transitam entre as partículas da fase 
estacionária, fazendo um percurso bem mais curto até 
o final da coluna, chegando lá antes das outras.
Fim da Segunda Aula