A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
clima_definitivo

Pré-visualização | Página 1 de 4

�PAGE �11�
�PAGE �22�
 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
ALINE DAMASCENO
AURICÉLIO DOS SANTOS DIAS
ELISABETH FREIRE
FRANCISCO WILLIAN SOARES LOPES
MARIA ODETE FERNANDES
PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL:
RL TELINFOR COMÉRCIO INDÚSTRIA E SERVIÇOS LTDA.
FORTALEZA
 2013.2�
ALINE DAMASCENO
AURICÉLIO DOS SANTOS DIAS
ELISABETH FREIRE
FRANCISCO WILLIAN SOARES LOPES
MARIA ODETE FERNANDES
PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL:
RL TELINFOR COMÉRCIO INDÚSTRIA E SERVIÇOS LTDA
Relatório apresentado ao curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Recursos Humanos, como requisito para obtenção de aprovação na disciplina Gestão do Clima Organizacional, sob a orientação da Profa. Jaqueline Rios.
FORTALEZA
 2013.2
SUMÁRIO
	1. INTRODUÇÃO..........................................................................................
	04
	2. METODOLOGIA.........................................................................................
	05
	3. CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA.........................................................
 3.1. Tipo de pesquisa.
 3.2. Amplitude e universo.
 3.3. Variáveis estudadas.
 3.3.1. Qualidade percebida pelos funcionários da RL MIDIA quanto ao clima organizacional nas dimensões que foram objeto da pesquisa.
 3.3.2. Perfil dos funcionários da RL MIDIA
	06
	 3.4. Coleta de dados.
	
	 3.4.1. Instrumento.
	
	 3.4.2. Procedimentos e técnicas de análise de dados. 
	
	4. ETAPA CONCLUSIVA...............................................................................
	08
	 4.1. O ambiente da pesquisa
 4.2. O perfil da empresa estudada.
 4.2.1. Histórico
	
	 4.2.2. Perfil dos funcionários
	
	 4.3. Modelo de gestão.
	
	5. CARACTERIZAÇÃO DOS RESPONDENTES........................................... 
	10
	6. DIMENSÃO T&D........................................................................................
	12
	7. DIMENSÃO RELACIONADA CHEFIA – COLABORADOR.......................
	12
	8. REMUNERAÇÃO.......................................................................................
	13
	9. DIMENSÃO RELACIONAMENTO INTEPERSSOAL.................................
	13
	10. DIMENSÃO DE CARREIRA.....................................................................
	14
	11. FATORES MOTIVACIONAIS/FATORES DESMOTIVACIONAIS............
	15
	
INTRODUÇÃO
O Clima Organizacional está diretamente relacionado com o grau de satisfação e colaboração de seus funcionários e quando há elevada motivação entre os mesmos, os resultados melhoram e se traduzem em relações de satisfação, interesse e colaboração. 
Alguns fatores que interferem diretamente na motivação das pessoas no ambiente de trabalho são: entendimento da missão, crenças e valores da empresa, formas de chefia e liderança, relacionamentos entre as pessoas, incentivos e modos de reconhecimento.
O conceito de QVT - Qualidade de Vida no Trabalho - abrange um bem estar geral dos funcionários no desempenho de suas tarefas, passando por aspectos físicos, ambientais e psicológicos do ambiente de trabalho. Para alcançarmos tal qualidade de vida no trabalho é necessário que o clima dentro da empresa seja agradável, motivador e satisfatório, voltado para a produtividade e para o respeito mútuo. Portanto, se faz necessário mensurar o clima organizacional para identificar o nível de motivação e produtividade de seus funcionários.
A Pesquisa de Clima Organizacional é uma valiosa ferramenta da gestão estratégica. Através dela é possível viabilizar a realização de ações que contribuam para o crescimento e desenvolvimento das pessoas e principalmente para a máxima produtividade e qualidade da organização. Dentro deste entendimento, nossa proposta de trabalho consiste no levantamento e análise de dados para a realização de um diagnóstico da empresa.
METODOLOGIA
	É aplicado a todos os funcionários um questionário (instrumento validado cientificamente) para coleta de dados, visando um levantamento quantitativo. 
	Os funcionários responderão à pesquisa e os dados coletados serão organizados através do levantamento estatístico.
	Os resultados serão apresentados, analisados e discutidos na intenção de sugerir ações que venham proporcionar melhorias para a empresa.
	Utilizaremos o método que se apresenta na figura abaixo:
Figura 01- Estrutura da Metodologia.
Fonte: Elaboração Própria
1ª. Fase: Planejamento e Preparação.
2ª. Fase: Aplicação dos instrumentos de pesquisa.
3ª. Fase: Tabulação, Análise e Interpretações dos dados.
4ª. Fase: Apresentações dos resultados.
5ª. Fase: Plano de Ação.
Na 1ª. Fase - No levantamento e análise de material bibliográfico e documental recorreu-se aos dados documentais, no sentido de buscar respaldo para embasar as discussões. Nesta perspectiva foi direcionado o olhar sobre os documentos, buscando identificar as principais dimensões a serem trabalhadas a partir da cultura da organizacional. 
Na 2ª. Fase - Aplicação dos questionários ocorreu por meio de pesquisa de campo, mediante aplicação de um questionário estruturado, resultante da construção de um banco de dados.
Na 3ª. Fase - Tabulação de dados, no qual foram digitados e inseridos os dados relativos aos 18 questionários respondidos. A partir daí foi feita a tabulação dos dados e emissão de gráficos viabilizando a descrição dos resultados
Na 4ª. Fase – Elaboração da redação, através de um texto dissertativo com a descrição dos resultados. 
Na 5ª. Fase – Elaboração de um plano de ação com as cabíveis providências das situações mais críticas dentro da empresa.
3 - CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA
3.1 - Tipo de pesquisa
A Pesquisa é quantitativa e consiste em um estudo de caso aplicado a uma instituição privada.
O estudo abordou o caso da empresa – RL TELINFOR COMÉRCIO INDÚSTRIA E SERVIÇOS LTDA, que tem como nome fantasia RL MIDIA, situada na Rua. Barbosa de Freitas, 2053 Dionísio Torres – Fortaleza CE. 
As pesquisas quantitativas focam na identificação de opiniões conscientes dos entrevistados, por utilizar ferramentas estruturadas (questionário). Estas devem ser representativas de um determinado universo de modo que seus dados possam ser generalizados e projetados para aquele universo. 
3.2 - Amplitude e universo
Quanto ao escopo (amplitude e profundidade) é um estudo de caso e teve como participantes 18 funcionários da RL MIDIA, a partir dos quais se realizou o estudo.
3.3 - Variáveis estudadas
3.3.1 - Qualidade percebida pelos funcionários da RL MIDIA quanto ao clima organizacional nas dimensões:
Treinamento e Desenvolvimento;
Relacionamento Interpessoal;
Valorização Profissional;
Estabilidade no Emprego;
Relacionamento com a chefia;
Remuneração;
Fatores Internos da Empresa;
Realização Profissional;
Quantidade e qualidade de trabalho;
Fatores Motivacionais e Desmotivadores.
3.3.2 - Perfil dos funcionários da RL MIDIA:
Sexo, faixa etária e tempo de serviço.
3.4 - Coleta de dados 
Os dados da pesquisa serão coletados a partir das referências documentais e bibliográficas, bem como através das observações feitas na própria empresa, os quais serão analisados a partir de temas-chave norteados pelos objetivos da pesquisa.
Fontes primárias – 21 funcionários da RL MIDIA.
Fontes secundárias- pesquisa bibliográfica para base teórica e consulta e fonte documentais, visando às informações sobre o objeto e ambiente da pesquisa.
3.4.1 - Instrumento: questionário estruturado com perguntas previamente estabelecidas (instrumento validado cientificamente). 
As questões buscavam saber a percepção acerca das condições escolares em três dimensões: institucional, profissional e pessoal. 
3.4.2 -