A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Matérias de Fisiologia Geral

Pré-visualização | Página 1 de 1

Prof. Dr. Luciano J. Pereira
Prof. Dr. Márcio Gilberto Zangeronimo
Tutora: Edna Lopes
EletrofisiologiaEletrofisiologia e e 
Contratilidade CardContratilidade Cardííacaaca
Sistema Cardiovascular
Funções:
� Coração como Bomba – Transporte Sanguíneo
� Regulação da P.A.
� Entrega de nutrientes e hormônios
�Remoção de catabólitos
� Regulação da Temperatura Corporal
� Imunologia
� Ajustes Homeostáticos (hemorragia, 
exercícios,...)
O Circuito:
sangue oxigenado
(O2)
sangue venoso misto
(CO2)
Fonte: http://auladefisiologia.wordpress.com/2010/08/27/sistema-cardiovascular/
Ativação Elétrica do Músculo Cardíaco:
- Potenciais de ação cardíacos
- Condução dos potenciais de ação
- Excitabilidade e períodos refratários
- Efeitos moduladores do SNA sobre:
- Frequência cardíaca
- Velocidade de condução
- Excitabilidade
Eletrofisiologia Cardíaca
- Sequência de contrações específica
- Átrios devem ser ativados e contrair
antes dos ventrículos
- Ventrículos devem contrair do ápice
para a base para ejeção eficiente
Fonte: http://www.endocardio.med.br/arritmias/
Eletrofisiologia Cardíaca
Importância:
Tipos de Células:
-Células Miocárdicas ou Contráteis
Nos tecidos atriais e ventriculares
Os potenciais de ação levam a contração e geração
de força
- Células Condutoras (Especializadas)
Geram espontaneamente e conduzem os
potenciais de ação
-
Eletrofisiologia Cardíaca
Fonte:http://legacy.owensboro.kctcs.edu/gcaplan/anat2/notes/APIINotes5%20Cardiac
%20Cycle.htm
Propagação do Potencial de Ação
1) NODO SA: Marcapasso, gera 
potencial de ação.
2) TRATOS INTERNODAIS 
ATRIAIS: Para os átrios e 
nodo AV.
3) NODO AV: Onde há menor 
velocidade de condução.
4) FEIXE de HIS, SISTEMA de 
PURKINJE: Sistema 
Especializado de Condução.
-Ritmo sinusal normal:
-Potencial de ação deve ser gerado no Nodo Sino Atrial (NSA)
- Os impulsos do NSA devem ocorrer de forma regular
- A ativação do miocárdio deve ocorrer na sequência correta26
Eletrofisiologia Cardíaca
1- Enchimento
Passivo
5- Relaxamento 
Ventricular 
Isovolumétrico
4- Ejeção
3- Contração 
Ventricular 
Isovolumétrica
2- Contração
Atrial
1a bulha (fecham AV)
2a bulha (fecham semilunares)
Ciclo Cardíaco
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition.
1a bulha (fecham atrioventriculares)
Base Iônica do Potencial de Ação
Músculo Esquelético
Despolarização
Repolarização
Hiperpolarização
Fonte:Transferred from [http://pt.wikipedia.org pt.wikipedi)
Tempo
- 85 mv
-Células Contráteis
(150 – 300 ms)
Na+
Inativação dos canais de Na+ e saída de K+
Influxo Ca++ - L
K+
0 Despolarização
1 Repolarização inicial
2 Platô
3 Repolarização
4 Repouso
0
1
2
3
4
Influxo Ca++ - L (Bloqueador: Nifedipina (Adalat)
- Importante para o acoplamento excitação-contração
- Liberação de Ca++ pelo Ca++ (Ca ativador/disparador)
Base Iônica do Potencial de Ação Base Iônica do Potencial de Ação
-Células Marcapasso
(150 ms)
Na+ (vazamento)
Ca++ - T
K+
0 Despolarização
1 -
2 -
3 Repolarização
4 Repouso (instável)
0
3
4
Deflexão inicial pelo Influxo Ca++ - T
- Não são inibidos pelos bloqueadores de canais
de Ca++ (Verapamil)
•Canais de Na+ levam ao limiar
•Ativação canais de Ca++-T
•Velocidade de despolarização da fase 4 
regula a frequência cardíaca
Potenciais de ação cardíacos
Importância do Período Refratário e Platô
O platô impede as contrações tetânicas do coração.
Marcapassos Latentes
Nodo AV, Feixe de His, Fibras de Purkinje
Possuem potencial para automatismo, mas normalmente ele não é
expresso.
O marcapasso com maior velocidade de despolarização e o potencial
de ação com menor duração controlam a frequência cardíaca
Localização Frequência Intrínseca da
atividade (impulsos/min)
Nodo Sinoatrial 70-80
Nodo Atrioventricular 40-60
Feixe de His 40
Fibras de Purkinje 15-20
NSA suprime os demais marcapassos potenciais
Marcapassos Ectópicos
Atuam em condições onde o NSA for inoperante
ou
Quando a frequência intrínseca do marcapasso
latente superar a do NSA 
Ex: - NSA danificado ou suprimido por fármacos
- Bloqueio na condução do NSA para o restante do coração 
Divisão
Autonômica
FC Velocidade Condução
Simpático
(Noradrenalina)
↑ Receptores β1
↑ Influxo Na+ (canais de 
vazamento)
↑ Receptores β1
↑ velocidade condução pelo NAV
↑ Influxo Ca++
Parassimpático
(Acetilcolina)
↓ Receptores M2
↓Influxo Na+
↑ Efluxo K+ (hiperpolarização)
↓ Receptores M2
↓velocidade condução NAV
↓Influxo Ca++
↑ Efluxo K+ (hiperpolarização)
FC: Efeito Cronotrópico
Velocidade de Condução: Efeito Dromotrópico
Efeitos do SNA sobre a Frequência
Cardíaca e Velocidade de condução
Alterações da Freqüência Cardíaca
V
o
lt
a
g
e
m
 (
m
v
)
Tempo
Len
ta
+ r
áp
ida
4
↑↑↑↑ FC
+ 
Len
ta
4 ↓↓↓↓ FC
Sistema Simpático ⇒⇒⇒⇒
ββββ1 ⇒⇒⇒⇒ (aumenta o 
influxo de Na+)
Efeito cronotrópico
positivo
Sistema 
Parassimpático ⇒⇒⇒⇒ M2 
⇒⇒⇒⇒ (diminui o influxo de 
Na+)
Efeito cronotrópico
negativo
Fonte:http://www.endocardio.
med.br/arritmias/
O coração funciona como um sincício
Fonte: http://www.virtual.epm.br/material/tis/curr-bio/trab2003/g5/fibra.html
Contração do Músculo Cardíaco
Fonte: http://www.misodor.com/CORACAO.php
Sarcômero – Unidade Funcional 
Fundamental
Mecanismo de Filamentos Deslizantes
Fonte:http://www.fm.usp.br/fofito/fisio
/pessoal/isabel/biomecanicaonline/ele
mentar/materiais.php
http://numberpi.blogspot.com/2011/07/o-sistema-muscular.html
Acoplamento excitação-contração
Túbulo T
Retículo
Liberação de Ca++
A força (contratilidade) 
está diretamente ligada 
à concentração de Ca ++
-Repouso
- O Ca+2 se fixa à troponina C
- A miosina se liga à actina
PONTES CRUZADAS 
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition..
Interação Actina - Miosina
Interação Actina – Miosina
-As pontes cruzadas se dobram 
- É liberado ADP + Pi
- O ATP se fixa novamente 
- As PONTES CRUZADAS se 
desfazem
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition..
RELAXAMENTO
Ca++ ATPase
Trocador Na+-Ca++
Contratilidade: Efeito Inotrópico
Divisão Autonômica Contratilidade
Simpático Receptores β1
↑ da tensão
↑ Influxo Ca++
Fosforilação do fosfolambano*
Parassimpático Receptores M2
↓ da tensao
↓Influxo Ca++
Inclusão de canais de Ca++ na
membrana e *estimula a Ca-ATPase a 
estocar mais Ca++
Efeitos do SNA sobre a 
contratilidade cardíaca
- ↑ FC causa ↑ Contratilidade
↑ FC causa:
-↑ potenciais de ação por unidade de tempo
-↑ quantidade total de Ca++ ativador que penetra no platô
- Retículo sarcoplasmático acumula mais Ca++ para
contração subsequente (fosfolambano)
-Em cada batimento o Ca++ se acumula até que atinja o 
máximo (Efeito positivo de escada)
Efeito da Frequência Cardíaca 
sobre a contratilidade
Efeito da Frequência Cardíaca 
sobre a contratilidade
Fonte:http://quizlet.com/4212259/12-heart-as-a-pump-flash-cards/
- Agentes inotrópicos positivos (Digoxina)
- Atuam inibindo a Na-K ATPase (lado extracelular ligante K+)
- ↑ [ ] intracelular de Na+
- ↓ o gradiente do Na+
- ↓ troca Na+-Ca2+
- ↑ [ ] intracelular de Ca2+
- ↑ da tensão gerada – Efeito inotrópico positivo
- Tratamento da insuficiência cardíaca
Glicosídeos cardíacos
Glicosídeos cardíacos