A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Av 1 Cultura Brasileira 2016

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.: 201513470580)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Assinalar a única opção onde está correta a definição de cultura:
		
	
	Ordem global social de grupos ligados à perspectiva dos estilos de arte, não é considerado o trabalho intelectual do grupo.
	 
	Conjunto de costumes, práticas, comportamentos, que são adquiridos e transmitidos de geração em geração.
	
	Mode de vida global de um grupo expresso apenas nas atividades políticas e jurídicas.
	
	Modo de vida global de um grupo , expresso nas práticas religiosas e alimentação.
	
	Uma cultura é estática , ela não sofre mudanças mesmo com novos acontecimentos vividos por seus integrantes.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201513046458)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Entre as alternativas abaixo, marque a que não se relaciona com os objetivos da aprendizagem da disciplina Cultura Brasileira.
		
	
	Definir os conceitos de etnocentrismo, alteridade, relatividade cultural.
	
	Definir o conceito de cultura
	 
	Definir e problematizar o sentido do folclore.
	
	Entender que o ser humano é um ser sociocultural.
	
	Compreender as discussões sobre indústria cultural.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201512794845)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Sobre o conceito de CULTURA, é legítimo afirmar que:
		
	
	Opõe-se a contextos sem escolarização formal.
	
	Integra-se somente a uma visão de mundo refinada, excludente e oriunda da educação superior.
	 
	Pode ser concebido como todo processo de transformação da natureza pelo Homem.
	
	Exige um conhecimento prévio de um repertório especializado, além de uma educação formal.
	
	Encontra-se arraigado a uma visão de mundo teocêntrica, em nossos dias.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201512794904)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A formação da Identidade nacional de um povo:
		
	
	Identifica-se com a construção de regras e normas associadas ao modo de viver, impostas por um grupo hegemônico e assimiladas com tranquilidade pelos indivíduos da nação.
	
	Dá-se de forma espontânea, a partir de uma organização pura e essencialista da memória coletiva através da geração de um conjunto de bens simbólicos.
	
	Articula-se somente a elementos absolutamente espontâneos, cuja geração se dá de forma imprevisível e aleatória, mas que configuram uma experiência comum.
	
	Relaciona-se sempre a elementos de poder opressor, que levam ao reconhecimento através de ações de barbárie que se instalam nas vivências cotidianas de um grupo.
	 
	Encontra em elementos simbólicos, na literatura e em outras manifestações artísticas elementos potentes para o reconhecimento dos membros de um estado-Nação.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201513354963)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Sobre a importante difusão e valorização da cultura popular no Brasil ocorrida a partir do modernismo, podemos destacar o papel determinante dos seguintes intelectuais e artistas, a exceção de:
		
	
	Heitor Villa Lobos
	
	Mário de Andrade
	
	Gilberto Freyre
	
	Luiz da Câmara Cascudo
	 
	Olavo Bilac
		 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201512869581)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Existe um intensa discussão sobre a validade dos termos cultura "popular" e "erudita", na medida em que elas poderiam indicar uma perspectiva reducionista das dinâmicas formadoras da identidade cultural dos povos.
Indique os autores abaixo que discutiram esta questão, de modo crítico:
		
	 
	Roger Chartier e Peter Burke
	
	Aristóteles e Platão.
	
	Platão e Jean-Paul Sartre
	
	Rene Descartes e Jean-Paul Sartre.
	
	Karl Marx e Freud.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201512787659)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A respeito da indústria cultural, marque a afirmação INCORRETA:
 
.
		
	
	A potencialidade da cultura como esfera da formação do indivíduo é transformada pela indústria cultural em alienação e adaptação acrítica do indivíduo à realidade
	
	Ao ser transformada em bem de consumo que adapta os indivíduos à realidade existente e subjuga-os ao poder do sistema, a cultura resultará na indústria cultural.
	
	Mesmo que antes de 1960 possam ser encontrados empreendimentos empresariais no setor da cultura e da comunicação, estes não apresentavam características próprias da indústria cultural.
	 
	A indústria cultural ou de massa é uma cultura produzida pela massa, ou seja, pelo povo, que através dessas produções difunde valores autênticos.
	
	O processo de implantação da indústria cultural começa, no Brasil, no período do governo desenvolvimentista de Juscelino Kubitschek (1956-1960) e se aprofunda nos governos militares pós-1964.
		
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201513354982)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Sobre o conceito indústria cultural, podemos defini-lo como:
		
	
	uma cultura do capitalismo voltada para o consumo das elites
	
	uma cultura produzida pelas universidades voltada para o consumo massivo
	
	uma cultura produzida pela massa
	 
	uma cultura do capitalismo voltada para o consumo em massa
	
	uma cultura dos meios de comunicação voltada para o consumo em massa
		 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201512788266)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Para responder à questão que se segue, leia com atenção o fragmento de texto transcrito a seguir.
Para entender o Brasil ¿ Gabriel, o Pensador:
"Eu não entendo o Brasil. Por mais que eu possa pensar sobre o Brasil ou até mesmo pensar que eu entendo o Brasil, eu continuo pensando que não entendo o Brasil. Pensando bem, eu acho que o Brasil também não se entende, se é que você me entende. Será que o Brasil me entende? Pelo menos, eu vou tentar ser menos complicado do que ele, porque eu é que daqui a pouco não entendo mais nada. Confesso que poderia ser mais estudioso e dedicado nessa tarefa de entender o que ninguém entende. Poderia ler Raízes do Brasil, Casa Grande & Senzala, ver todos os filmes do Glauber Rocha, analisar, discutir, anotar, pensar, pensar... Esse talvez fosse um ótimo caminho, mas mesmo assim não tenho certeza de que entenderia o bastante."(In AGUIAR, Luis Antonio (org.). Para entender o Brasil. São Paulo: Alegro, 2001.)
 
Ao destacar as obras de interpretação do Brasil a que poderia ter recorrido para entender melhor o país, o autor coloca em destaque dois pensadores importantes da primeira metade do século XX. São eles:
 
		
	
	Gláuber Rocha e Sérgio Buarque de Holanda.
	
	Paulo Freire e Sérgio Buarque de Holanda.
	
	Gilberto Freyre e Gláuber Rocha.
	 
	Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de Holanda.
	
	Gilberto Freyre e Chico Buarque de Holanda.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201512869403)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Para o historiador Sérgio Buarque de Holanda, o Estado não vem a ser uma continuidade das relações familiares, de modo que, mesmo com a transição do trabalho agrícola para as atividades industriais, sobretudo, nos primórdios do século XX, persistiram os valores e tradições rurais na formação da sociedade patriarcal brasileira. A partir desta observação de Buarque de Holanda, pode-se afirmar que...
		
	
	a nação resistira a desobrigar-se de antigos costumes herdados dos tempos idos de um Brasil-colônia, em razão da cultura agrária, hábitos rurais e miscigenação
	
	a nação resistira a desobrigar-se de antigos costumes herdados dos tempos idos de um Brasil-colônia, em razão da preguiça, tradição e caiporismo
	 
	a nação resistira a desobrigar-se de antigos costumes herdados dos tempos idos de um Brasil-colônia, em razão da tradição, cultura agrária e hábitos patriarcais
	
	a nação resistira a desobrigar-se