A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
SLIDES AULA DLM

Pré-visualização | Página 2 de 2

linfáticos, eliminando as toxinas através dos
rins. Objetivos: verificar a literatura existentes sobre a drenagem
linfática na gravidez e pós-parto no período de 2005 a 2012 com a
finalidade de provar a efetividade do tratamento, demonstrando
que a mesma não deve ser lembrada somente para fins estéticos,
mas também, para prevenção e tratamento de
patologias. Metodologia: O método de pesquisa utilizado na elaboração
deste artigo foi de uma revisão bibliográfica em sites da internet, como
Lilacs e Scielo. A partir das leituras dos artigos foram realizadas análises
sobre a drenagem linfática no pós-parto na melhoria de vida das gestantes
e puérperas. Resultado e discussão: Os resultados mostraram que a
drenagem linfática proporciona bem-estar físico e emocional, pois
os resultados favorecem a autoestima, uma gestação saudável e
feliz. No pós parto, a massagem ajuda a reduzir o líquido retido
durante a gestação, contribuindo para a recuperação estética
mais rápida. Conclusão: Nesse contexto o presente tema torna-se
relevante para a área da saúde pelo fato de contribuir para a melhoria no
condicionamento físico das gestantes, para que estas tenham
conhecimento da importância da técnica drenagem linfática em grávidas
buscando esclarecer suas vantagens e fatores diferenciados em relação a
outros tratamentos.
Fonte: EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 199, Diciembre de 2014
Publicação em 2015
UnP
21
Drenagem Linfática Manual
 Técnicas sugeridas
GODOY
- Fazer a abordagem cervical (15 min) → Em decúbito
dorsal iniciar manobras de deslizamento superficial:
MMSS, Tórax, Abdôme, MMII → Em decúbito ventral
iniciar manobras de deslizamento superficial: Glúteo,
MMII posterior, Dorsal.
- Técnica indicada para fazer drenagem linfática
corporal total
 Técnicas sugeridas
LEDUC
- Promover a desobstrução (abertura/bombeamento –
apenas no início) dos linfonodos supraclaviculares, axilares,
inguinais, poplíteos e retromaleolares (1 min cada) → Em
decúbito dorsal iniciar manobras de deslizamento superficial:
MMSS, Tórax, Abdôme, MMII → Em decúbito ventral iniciar
manobras de deslizamento superficial: Glúteo, MMII posterior,
Dorsal.
- Técnica indicada para fazer drenagem linfática corporal
total ou local.
UnP
22
GESTANTES
Sequência sugerida:
- Decúbito dorsal com leve inclinação do encosto superior (facilitar a respiração, caso a
gestante relate dificuldade de respirar)  promover a desobstrução dos linfonodos
axilares, inguinais, poplíteos e retromaleolares (1 min cada, TOTAL = 8 min) OU fazer
a abordagem cervical segundo GODOY (15 min);
- Iniciar manobras de deslizamento superficial nos membros inferiores e apenas
manter o toque na região abdominal com alisamento (GODOY: deslizamento apenas
por mais 15 min);
- Decúbito lateral esquerdo  drenar o quadrante superior direito das costas (máximo 5
min);
- Decúbito lateral direito  drenar o quadrante superior esquerdo das costas (máximo 5
min);
- Decúbito dorsal  drenar membros inferiores (dar ênfase nos pés, máximo 20 min) +
movimento dorsiflexão;
- Sentada  drenar quadrantes inferiores das costas (lombar) por mais 5 min.
Abordagem Cervical (Godoy)
UnP
23
Manobras de 
deslizamentos
Divisões:
PROX
MED
DIST
Drenagem Linfática Manual
Facial
UnP
24
Drenagem Linfática Manual
Facial
Drenagem Linfática Manual
UnP
25
UnP
26
UnP
27
UnP
28
UnP
29
UnP
30