Aula_Voleibol
2 pág.

Aula_Voleibol


DisciplinaDesporto Coletivo16 materiais1.067 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
*

VOLEIBOL

*
*

Histórico do Voleibol
1895.
William G. Morgan.
Apelidado de \u201carmário\u201d.
Holyoke, Massachusetts.
Nome original: Minonette/Mintonette.
Esporte em moda: basquetebol (muito energético e cansativo para homens de idade).
Idealizou um jogo menos fatigante (para associados mais velhos da ACM).

*
*

Rede semelhante à de tênis.
Altura: 1,98m.
Bola: Câmara de bola de basquetebol.
Inicialmente restrito a cidade de Holyoke e ao Ginásio da ACM.
Willian G. Morgan faleceu em 27 de dezembro de 1942, 	com 72 anos de idade.

FONTE: SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL \u2013 CBV - WWW.CBV.COM.BR

*
*

O Voleibol no Contexto Educacional
	Contribui para a formação física, técnica, psíquica e 	social dos alunos.

	Formação física: melhora a coordenação motora, 	agilidade, tempo de reação, velocidade.

	Formação técnica: melhora a execução dos 	fundamentos.

	Formação psíquica: melhora o raciocínio.

	Formação social: melhora o relacionamento entre os 	participantes.

*
*

Permite um pequeno número de participantes.

Possibilita adaptação das regras.

Possibilita a utilização de materiais alternativos na fase de aprendizagem *.

Tem por objetivo levar a criança a fazer seu primeiro contato com os fundamentos básicos de forma lúdica.

*
*

Materiais Alternativos
Bolas de encher, bolas de plástico, bola de meia, bolão, elástico, barbante, corda, dentre outros.

Atividades com materiais alternativos:
 Câmbio, cinco corta, educativos (desenvolvimento de fundamentos especificamente).

Elástico, Vôlei quicado com Elástico, Câmbio Pequenos e Grandes Jogos
Câmbio Cortinado, Vôlei quicado Cortinado, entre outros.

*
*

Habilidades Motoras no Voleibol
O processo de aprendizagem do voleibol pode ser dividido em 5 estágios, que são expressos de acordo com faixa etária do aluno (Cacá, 2004).

*
*

Classificação
De 7 a 10 anos (Escolar)
Habilidades básicas e combinadas;
Variações na forma de rebater;
Jogos adaptados de rebater.
De 10 a 12 anos (iniciação)
Habilidades trabalhadas não especificamente, mas adaptadas às do voleibol;

*
*

combinação das habilidades básicas com rebater;
maior complexidade nas combinações;
jogos adaptados sobre a rede;
Jogos e tarefas de rebater mais específicas.
12 a 15 anos (Aprendizagem)
\u2022 habilidades trabalhadas específicas;
\u2022 ênfase nas formas básicas;
\u2022 evolução nas formas de jogo;
\u2022 reforço do raciocínio tático.

*
*

15 a 18 anos (Aperfeiçoamento)
combinação dos fundamentos;
variação dos fundamentos;
raciocínio tático mais elaborado;
formas concretas e mais elaboradas de jogo;
correções técnicas;
início da especialização.

*
*

A partir dos 18 anos (Treinamento total)
jogador pronto;
manutenção técnica;
amadurecimento tático e psicológico;
adaptação técnica em relação às funções;
especialização.

*
*

O mini-vôlei (Mini-jogo)
Metodologia importante para o desenvolvimento global das crianças. É simplificada e adaptada às capacidades e necessidades das crianças para a aprendizagem do voleibol.
Criado em 1975 pela FIVB.
Objetivos:
Estimular a prática do voleibol em crianças e jovens nas escolas, clubes, projetos ou em áreas de lazer, numa quadra reduzida e com regras adaptadas.
Desenvolver a noção global de uma partida de voleibol

*
*

Reduzir o tamanho da quadra, peso da bola, número de participantes, altura da rede, adaptação das regras tornando o jogo mais agradável e uma aprendizagem mais intensa.

Familiarizar a criança com o jogo, ensinando as posturas básicas e movimentação na quadra;

Desenvolver qualidades físicas.

*
*

5 M
QUADRA MINI-VÔLEI
5 M
5 M
1,5M
1,5M
18 METROS
9
M
E
T
R
O
S

*
*

*
*

*
*

*
*

Vantagens da Prática do voleibol
 Do ponto de vista físico
Sem contra-indicação (idade/ sexo).
Não exige de seus praticantes esforços. prejudiciais ao organismo.
Do ponto de vista psíquico
Ausência de contato direto com o adversário e de violência.
Oportunidade de passar por todas as posições, executando todas as funções.
As regras que orientam a sua prática, são fatores que conduzem a uma boa conduta.
Desenvolve o espírito de iniciativa e decisão, noção de coletividade e amor próprio.

*
*

Do ponto de vista Social
Meio de desenvolvimento do espírito de união e cooperação.
Recomendável em programas escolares e comunitários.

Do ponto de vista Técnico
Melhoria das Habilidades Motoras específicas.

*
*

Características e Objetivos do Jogo
Esporte coletivo.
Confronto de duas equipes, com seis jogadores cada.
Objetivo dos jogadores.
Cada equipe tem direito de tocar a bola três vezes (além do bloqueio).
O voleibol é jogado em sets, e não termina empatado.

*
*

Instalações e Equipamentos
Área de Jogo (quadra de jogo e zona livre)
Quadra (dimensões, zonas e linhas),rede, antena.

M \u2013 2,43m F -2,24m
1,75m
1,80m
Zona de defesa
Zona de ataque
Linha de fundo
L. Central
L. Lateral
Zona de saque

*
*

*
*

Regras Básicas
Composição das Equipes
Máximo de 12 jogadores, um técnico, um assistente técnico, um preparador físico e um médico.
Um jogador como capitão de equipe.
Cada equipe tem a opção de registrar um líbero.
Cada equipe deve ter sempre seis jogadores em quadra de jogo.

*
*

Sistema de Contagem de Pontos
Para vencer um set: Um set (exceto o decisivo \u2013 5º set) é vencido pela equipe que primeiro conquistar 25 pontos, com uma diferença mínima de 2 pontos. No caso de um empate em 24-24, o jogo continuará até que uma das equipes consiga vantagem de 2 pontos.
Para vencer um jogo: Um jogo é ganho pela equipe que vencer três sets. Caso haja empate 2-2 em sets, um set decisivo (5º) é jogado em 15 pontos, com uma diferença mínima de 2 pontos.

*
*

Posição dos Jogadores
Sentido Anti-Horário
 4 3 2
 AE AC AD

 5 6 1
 DE DC DD

1 - D.D. \u2013 Deve estar sempre do lado direito do DC (6) e atrás do AD (2). 2 - A.D. \u2013 Do lado direito do AC (3) e na frente do DD (1). 3 - A.C. \u2013 Do lado esquerdo do AD (2), do lado direito do AE (4) e na frente do DC (6).
4 - A.E. \u2013 Do lado esquerdo do AC (3) e na frente do DE (5). 5 - D.E. \u2013 Do lado esquerdo do DC (6) e atrás do AE (4). 6 - D.C. \u2013 Do lado esquerdo do DD (1), do lado direito do DE (5) e atrás do AC (3).

*
*

*
*

Rodízio
Quando a equipe receptora ganha o direito de sacar, seus jogadores efetuam um rodízio, avançando uma posição, sempre no sentido horário.
 4 3 2

 5 6 1
Substituição dos Jogadores
	Seis em cada set; um ou mais jogadores podem ser substituídos ao mesmo tempo;em cada set, um jogador da formação inicial pode deixar o jogo e retornar somente uma vez, para a mesma posição;o jogador reserva pode entrar no jogo somente uma vez em cada set, no lugar de um jogador na formação inicial, mas sua substituição só pode ser feita pelo mesmo jogador que substituiu.

*
*

O Líbero
Surgiu em 1996, e em 1998 entrou para as regras da Liga Mundial, sendo opcional. Veio com o propósito de permitir disputas mais longas de pontos.

É especializado em defesa e indicado em súmula, com a letra \u201cL\u201d, após o seu nome.

Usa uniforme ou camisa de cor diferente.

Não pode sacar, bloquear ou efetuar uma tentativa de bloqueio; finalizar um ataque de qualquer ponto da quadra (a bola estando acima da altura da rede); realizar levantamentos da zona de ataque utilizando o toque de bola por cima.

*
*

Não pode ser capitão do time.
Levantamentos da zona de defesa poderão ser atacados livremente.
Substitui qualquer jogador da linha de defesa, e não serão contadas como substituições regulares.

Caso esteja pisando sobre a linha de três metros ou sobre a área por ela delimitada, deverá