A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
172 pág.
Histologia Humana

Pré-visualização | Página 1 de 5

ÁREA DE ESTUDO:
A Histologia Humana (grego histos – tecido) é a
ciência que estuda os tecidos do corpo humano.
Os tecidos são formados por grupos de células
com forma e função semelhantes.
Podem ser classificados em tecido epitelial,
tecido conjuntivo, tecido muscular e tecido
nervoso.
OS COMPONENTES DOS 
TECIDOS:
• 1- CÉLULAS
• 2- SUBSTÂNCIAS INTERCELULARES
• 3- LÍQUIDO INTERSTICIAL 
CLASSIFICAÇÃO DOS TECIDOS:
O organismo humano é formado por 4 tipos básicos de tecidos:
EPITELIAL
CONJUNTIVO
MUSCULARES
NERVOSO
TECIDO EPITELIAL
• O tecido epitelial apresenta como características:
ausência de espaço entre as células, ausência de
vascularização e grande capacidade de renovação
celular. Sua função principal é proteger o corpo contra a
penetração de microrganismos, substâncias químicas e
agressões físicas.
• Ele se encontra recobrindo o corpo externamente
(epiderme) e a superfície interna dos órgãos como o
estômago, ouvido, nariz, pulmão, boca, útero, bexiga,
etc. Além disso, ele é o responsável pela formação de
glândulas (fígado, pâncreas, glândulas salivares, etc).
TECIDO CONJUNTIVO
• O tecido conjuntivo possui espaço entre as células,
ricamente vascularizado, (fibras colágenas, elásticas e
reticulares), possui também o líquido intersticial (local de
onde as células retiram seus nutrientes e depositam os
seus resíduos).
• Suas funções são: SUSTENTAÇÃO E CONEXÃO entre
os demais tecidos e órgãos, NUTRIÇÃO e DEFESA do
organismo.
• Este tecido possui importante função de: unir e separar
órgãos ao mesmo tempo. Abaixo de todo tecido epitelial,
deve haver, obrigatoriamente, um tecido conjuntivo.
EX: Tecidos Adiposo, cartilaginoso, ósseo e hematopoiético
TECIDO MUSCULAR
• O tecido muscular possui células
alongadas e especializadas na a
contração. Sua função é permitir o
movimento e deslocamento do corpo.
• Tipos: Liso, Estriado Esquelético e
Estriado Cardíaco
TECIDO NERVOSO
• O tecido nervoso é formado por
neurônios e também por células
protetoras e de sustentação, chamadas
neuróglias. Este tecido gerencia todas as
funções vitais do organismo.
TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO
-Constitui superfícies externas e internas do organismo.
- Células fortemente aderidas, escassa substância
intercelular.
- Prolifera-se formando as glândulas.
TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO
- Apresentam células pavimentosas, cilíndricas e
cúbicas, com GLICOCÁLIX (Aceptores e reforços de
membrana), e DESMOSSOMOS (Adesão).
- Assentados sobre uma membrana basal com fibras
colágenas, elásticas e reticulares, vascularizada e
inervada (metabolismo do epitélio).
-É avascularizado, com MICROVILOSIDADES de
absorção de nutrientes presentes nas células
intestinais, CÍLIOS de varrição na traquéia e tubas
uterinas e ESTEREOCÍLIOS nos túbulos
seminíferos.
Tecido Epitelial 
• Classificação dos epitélios
(número de camadas):
Epitélio simples
(uma camada)
Reveste: 
estômago,intestinos, vasos 
sanguíneos e ovários
Tecido Epitelial
• Epitélio Estratificado
Epiderme humana (várias camadas)
Tecido Epitelial
Pseudoestratificado (uma camada de 
células em alturas diferentes)
Ex: Sistema respiratório
EPIDERME
TECIDO ESTRATIFICADO DO ESÔFAGO
TECIDO PAVIMENTOSO QUERATINIZADO
TECIDO PSEUDOESTRATIFICADO CILIADO 
TRAQUÉIA
TECIDO SIMPLES CÚBICO DO OVÁRIO
EPITÉLIO PSEUDOESTRATIFICADO
Tecido Epitelial 
Epitélio glandular
“Conjunto de células com atividade 
característica de produzir secreções 
fluidas diferentes do plasma 
sanguíneo ou fluido tecidual”
Junqueira 
Tecido Epitelial
• Epitélio glandular:
–Endócrinas;
–Exócrinas;
–Mistas.
Proliferação de células 
Lâmina basal
Tecido conjuntivo
Exócrina Endócrina Endócrina 
Porção 
secretora Porção 
secretora
Capilares
Epitélio
Tecido Epitelial
• Glândulas:
–Exócrinas;
• Ducto excretor Ducto
excretor
A glândula mantém
contato com o epitélio
que a formou!
Ex: Glândulas lacrimais, 
salivares, sebáceas e 
sudoríparas
GLÂNDULAS EXÓCRINAS - SALIVARES
Tecido Epitelial
• Glândulas:
–Endócrinas (produzem hormônios que 
controlam o metabolismo).
Sistema 
Endócrino
GLÂNDULAS - LOCALIZAÇÃO
GLÂNDULAS MISTAS
Mistas: essas glândulas desempenham tanto função endócrina quanto
exócrina, liberando suas secreções no sangue ou em cavidades.
Ex: o testículo, ovário, fígado e pâncreas.
DERME
• Sob a epiderme, apresenta-se ricamente
vascularizada e inervada (terminais nervosos),
com glândulas diversas, fâneros e músculos.
• Em aves e mamíferos está assentada sobre a
HIPODERME rica em adipócitos, com a função
de isolante térmico e reserva energética
DERME
DERME
• De acordo com a quantidade de fibras 
colágenas
FROUXO 
(MENOS COLÁGENO)
DENSO 
(MAIS COLÁGENO)
• Foto à Esquerda: Tecido Conjuntivo Frouxo.
• Foto à Direita: Tecido Conjuntivo Denso.
• TIPOS: 
1) Frouxo 
2) Denso 
3) Adiposo
4) Cartilaginoso
5) Ósseo
6) Hematopoiético
TECIDO CONJUNTIVO 
Conjuntivo Propriamente Dito
TECIDO CONJUNTIVO FROUXO
FUNÇÃO: PREENCHER E UNIR
ESPAÇOS LOCALIZADOS ENTRE
A PELE E OS DIVERSOS
TECIDOS E ORGÃOS DO CORPO.
• Substância intercelular com parte amorfa e fibras.
• Células FIBROBLASTOS regenerativas.
• Células Fagocitárias e de defesa: MACRÓFAGOS
E PLASMÓCITOS(Linfócitos).
• MASTÓCITOS: produzem a HEPARINA anti
coagulante e HISTAMINA vasodilatadora.
• ADIPÓCITOS: Células que armazenam lipídios.
• A matriz tem consistência variável: Gelatinosa no
tecido conjuntivo frouxo, flexível nas cartilagens,
dura nos ossos e líquida no sangue.
• Todos tem origem mesodérmica.
TECIDO CONJUNTIVO FROUXO
Célula
Fibroblasto
Célula metabolicamente ativa, contendo
longos e finos prolongamentos
citoplasmáticos. Sintetiza o colágeno e as
substâncias da matriz (substância
intercelular).
Macrófago
Contém prolongamentos citoplasmáticos e
inúmeros lisossomos. Responsáveis pela
fagocitose e pinocitose de partículas
estranhas ou não ao organismo. Remove
restos celulares e promove o primeiro
combate aos microrganismos invasores do
nosso organismo.
Mastócito
Célula globosa, grande, sem
prolongamentos e repleta de grânulos
que dificultam, pela sua quantidade, a
visualização do núcleo. Os grânulos são
constituídos de heparina (substância
anticoagulante) e histamina
(substância envolvida nos processos de
alergia).
Plasmócito
Célula ovoide, rica em retículo
endoplasmático rugoso (ou granular).
Abundante em locais sujeitos à
penetração de bactérias, como
intestino, pele e locais em que existem
infecções crônicas. Produtor de
anticorpos no combate a
microrganismos.
TECIDO CONJUNTIVO 
TECIDO CONJUNTIVO FROUXO
Denominado de tecido conjuntivo fibroso, apresenta
grande quantidade de fibras colágenas, formando feixes
com alta resistência à tração e pouca elasticidade. É
encontrado formando os tendões, mediando a ligação
entre os músculos e os ossos; e nos ligamentos, unindo
os ossos entre si.
De acordo com a distribuição de fibras é classificado
como: não modelado (fibroso), quando as fibras se
distribuem de maneira difusa (espalhadas); e modelado
(tendíneo), fibras organizadas.
TECIDO CONJUNTIVO DENSO
• Não modelado: formado por fibras colágenas
entrelaçadas, dispostas em feixes que não
apresentam orientação fixa, o que confere
resistência e elasticidade. Esse tecido forma as
cápsulas envoltórias de diversos órgãos
internos, derme e cartilagens.
• Modelado: formado por fibras colágenas dispostas em
feixes com orientação fixa, dando ao tecido
características de maior resistência à tensão do que a
dos tecidos não-modelados e frouxo; ocorre nos
tendões, que