ED-DIREITO INTERNACIONAL PUBLICO
27 pág.

ED-DIREITO INTERNACIONAL PUBLICO


DisciplinaDireito Internacional5.732 materiais45.571 seguidores
Pré-visualização6 páginas
EXERCICIOS CORRIGIDOS E QUESTOES COMENTADAS PELO PROFESSOR . 
Modulo 1 - Módulo 01 - Conceitos Gerais. Fontes. Princípios.
Exercício 1:
O estudo do Direito Internacional refere-se:
A - apenas ao Direito Internacional Público ; 
B - apenas ao Direito Internacional Privado ; 
C - apenas às relações entre organismos internacionais ; 
D - apenas às relações entre Estados ; 
E - todas as assertivas anteriores estão incorretas. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(E)
Comentários:
E - O direito internacional tem por objeto de estudo as relações entre os sujeitos de direito internacional (Estados e OIs), bem como as relações privadas com conexão internacional.
Exercício 2:
De acordo com o Art. 38 do Estatuto da Corte Internacional de Justiça, são fontes do direito internacional os tratados internacionais, 
A - A - o costume internacional, os principios gerais do direito, as decisões judiciárias e a doutrina, de forma auxiliar, admitindo, ainda a possibilidade da Corte decidir ex aequo et bono , se as partes concordarem. 
B - B - o costume, os atos unilaterais e a doutrina e a jurisprudência, de forma auxiliar. 
C - C - o costume internacional, os princípios gerais do direito, os atos unilaterais e as resoluções das organizações internacionais. 
D - D - o costume, princípios gerais de direito, atos unilaterais, resoluções das organizações internacionais, decisões judiciárias e a doutrina. 
E - E - todas as assertivas anteriores estão incorretas. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
A - O art 38 do Estatuto da CIJ elenca as fontes tradicionais do DIP, não obstante ao longo do século XX outras fontes passaram a ser admitidas.
Exercício 3:
Com relação às fontes do direito internacional nos termos previstos no Estatuto da Corte de Haia:
A - Os tratados internacionais podem ser aplicados por essa Corte na resolução de conflitos, independentemente de serem conhecidos pelas nações em litígio. 
B - O costume de determinada nação pode ser usado na resolução de conflitos internacionais. 
C - Os Corte Internacional de Justiça pode decidir um litígio ex aequo et bono. 
D - As convenções internacionais especiais não podem ser usadas para decidir conflitos internacionais. 
E - A doutrina dos juristas mais qualificados das diferentes nações é meio principal de resolução de conflitos entre nações . 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
C - Trata-se de decisão a ser proferida com base na equidade, desde que as partes assim decidam. É uma forma de resolver conflitos com a aplicação da vontade das partes.
Exercício 4:
A Corte Internacional de Justiça substituiu qual órgão judiciário internacional ?
A - Tribunal Penal Internacional 
B - Tribunal Permanente de Arbitragem 
C - Corte Interamericana de Direitos Humanos 
D - Corte Permanente de Justiça Internacional 
E - Tribunal de Justiça da União Européia 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
D - A Corte Permanente de Justiça Internacional é a precursora da CIJ e funcionava sob a instituição da Liga das Nações, que demonstrou pouca efetividade, tendo em vista que não conseguiu impedir a 2ª guerra mundial.
Exercício 5:
As normas de direito internacional peremptorio (Jus Cogens):
A - Não guardam qualquer relação com o conceito de obrigações   erga omnes . 
B - só podem ser derrogadas por costume internacional; 
C - pressupõem uma ordem pública internacional não disponível para os Estados individualmente; 
D - podem ser derrogadas por tratad o; 
E - todas as afirmativas estao erradas. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
C - O Jus Congens são normas de direito internacional imperativas reconhecidas pela comunidade internacional.
Exercício 6:
Dentre as principais fontes do direito internacional, conforme estabelecido pelo artigo 38 do Estatuto da Corte Internacional de Justiça, pode-se afirmar que:
A - Os tratados internacionais de natureza geral devem ser concluídos por escrito ou por via oral entre Estados e são regidos pelo Direito Internacional 
B - As Convenções internacionais especiais não podem, contudo, ser consideradas fontes do direito internacional 
C - O costume internacional é reconhecido como meio auxiliar para a determinação das regras de direito internacional 
D - Por estarem desvinculados da vontade dos Estados, a jurisprudência internacional, a doutrina e os princípios gerais de direito não podem ser consideradas fontes do direito internacional 
E - Existe uma clara hierarquia entre as fontes do direito internacional 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
C - O costume é mencionado como fonte do Direito Internacional no artigo 38 do Estatuto da Corte Internacional de Justiça, sendo auxiliares na construção das regras.
Módulo 02 - Definição. Natureza jurídica. Sujeitos. Denominações. Natureza jurídica da norma de direito internacional público. fundamento do direito internacional público. Relação das regras de direito internacional com as de direito interno \u2013 
Exercício 1:
São considerados sujeitos de direito internacional público:
 
A - Estados soberanos e federados; organizações internacionais e ONG\u2019s; particulares; empresas;   
B - Estados soberanos; ONG\u2019s; empresas;   
C - Estados soberanos; organizações internacionais;   
D - Estados soberanos; Santa Sé; organizações internacionais;   
E - nenhuma das assertivas anteriores está correta. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
C - A resposta correta é a "c", pois os Estados soberanos são pessoa jurídica de direito interno e de Direito Internacional Público. Os Estados soberanos possuem capacidade jurídica plena no Direito Internacional Publico. Organizações Internacionais representam associações formadas pela reunião e vontade dos Estados soberanos.
Exercício 2:
O Direito Internacional Público pode ser classificado como ramo:
 
A - do direito público interno;   
B - do direito público externo;   
C - do direito privado internacional;   
D - do direito privado interno;   
E - eclético do direito. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
B - A respsta A resposta correta é a "b". O Direito Internacional Público, na medida em que regula as relações públicas entre os Estados soberanos, classifica-se como ramos do direito público externo. Incorreta a letra "d" Direito Internacional Privado, diretamente ligado à solução dos conflitos de leis no espaço, Direito Privado Interno.
Exercício 3:
Considerando as afirmações abaixo:
I \u2013 A expressão \u201cdireito das gentes\u201d indica a disciplina Direito Internacional Público;
II \u2013 O denominado \u201cprincípio da coordenação de vontades\u201d é inerente ao Direito Internacional Público;
III \u2013 A expressão \u201cdireito internacional\u201d tradicionalmente exprime a disciplina Direito Internacional Privado.
A - todas as assertivas estão corretas; 
B - todas as assertivas estão erradas; 
C - somente a assertiva I está errada; 
D - somente a assertiva II está errada; 
E - somente a assertiva III está errada. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(E)
Comentários:
E - A resposta correta é a "e", Direito Internacional exprime os dois ramos do Direito, englobando o público e o privado. A afirmativa I está correta, o Direito Internacional Público v^-se também denominado pela expressão Direito das Gentes, decorrente de expressão utilizada pelo direito romano "ius gentium", empregada no sentido de se expressar o ramo do direito que regula o direito dos povos, das nações. A alternativa II está correta nas relações jurídico-normativas de Direito Público Internacional deparamos com o denominado princípio da coordenação de vontades, hábil a permitir que os sujeitos de direito internacional possam manter a convivência e a organização das soberanias. A alternativa III está incorreta.
Exercício 4:
Os elementos essenciais do Estado à luz do Direito Internacional são:
A - Território, Povo e Unicidade Linguística. 
B - Reconhecimento
Estudante
Estudante fez um comentário
não consigo acessar alguém pode me ajudar.
0 aprovações
Gabriela
Gabriela fez um comentário
MUITO OBRIGADA ! AJUDOU MUITO
0 aprovações
Vhon
Vhon fez um comentário
AJUDOU E MUITO
0 aprovações
Rita
Rita fez um comentário
Obrigada
0 aprovações
Wlademir
Wlademir fez um comentário
vc é um amor eu te amo
0 aprovações
Carregar mais