capitulo5
14 pág.

capitulo5

Disciplina:Desenho Básico98 materiais1.509 seguidores
Pré-visualização14 páginas
Capí tul o 5
VIST AS EM CORTE
Definição
Quando a peça a ser
desenhada possuir muitos
detal hes internos, detalhes
in visíveis , as p roj ões
ort og on ais t er ão mu it as l in h as
t r acej ad as e p od er ão d if icu l t ar
a interpretação do desenho.
A F ig u r a 5. 1 mos t r a o
exemp l o d e u m a p a com
vários d et al h es in t er n os n as
vist as d e f r en t e e l at eral
esq u er d a, q u e est ão
representados por linhas
t r acej ad as .
Figura 5.1
Para facilitar a interpretação dos detal h es in ternos, rep resentados por l inhas
t r acej ad as , f oi n or mal iz ad a a u t il izaç ão d e vist as em c ort e.
Uma vist a em cor t e é u m a p roj ão or t og on al f eit a a p ar t ir d e u m d et er m in ad o
p on t o d a p r óp r ia p eça. A Fi g u r a 5. 2 m os t r a a ap l icaç ão d e cor t e, on d e p od e ser
ob s er vad o q u e a p r oj eção d a vist a d e f r en t e c orr es p on d e àq u il o q u e é vist o, n a
direção indicada, a partir do plano secanteAB”.
Corte - AB
AB
Figura 5.2
Antoni o Clél i o Ribei r o, Maur o Pedr o Pere z, Naci r Izi doro
64
64
Ou seja, a vista de frente corresponde ao desenho da peça cortada pelo plano
secante no ponto indicado pela linha de corte que vai deA” at é “B”, considerando o
sentido de observação, indicado pelas flechas colocadas na linha de corte.
A linha utilizada para indicar o local onde a peça será cortada, linha de corte,
é uma linha grossa constituída de traços e pontos. A linha de corte é identificada por
l et ras c ol ocad as em s u as ext rem id ad es e o s en t id o d e ob s er vação é id en t if ic ad o p or
setas perpendiculares à linha de corte. As mesmas letras que identificam a linha de
cor t e s ão u t il iz ad as p ar a id en t if ic ar a vist a r esu l t an t e d o c or t e.
On d e h ou ver int ersecção d o p l an o secant e com a p eça seráo colocadas
hachuras.
Hachuras
A finalidade das hachuras é indicar as partes maciças, evidenciando as áreas
d e corte.
As h ach u r as são c on st it u íd as d e l in h as f in as , eq ü id is t an t es e t raç ad as a 45°
em r el ação aos c on t or n os ou aos eixos d e s imet ria d a p a, con f or m e m os t r a a
F ig u ra 5. 3.
Figura 5.3
O es p açam en t o en t r e as h ac h u ras d everá variar com o t am an h o d a área a s er
h ac h u r ad a [ F ig u ra 5. 4(a) e ( b )] . Q u an d o a área a s er h ach u rad a f or m u it o g ran d e
pode-se colocar as hachuras acompanhando o contorno da peça [Figura 5.4(c)].
(a)
(b)
(c)
Figura 5.4
50
Figura 5.5
Havendo necessidade de fazer qualquer
in s c r ição n a ár ea h ac h u rad a, d eve-se
interromper as hachuras para deixar bem
n ít id a a in sc r ão f eit a, com o mos t r a a F ig u r a
5. 5.
LEITURA E INTER PRE TAÇÃO DE DES ENHO T ÉC NICO 65
As hachuras de peças com espessura muito pequena, peças delgadas, são
representadas em preto, com filetes brancos separando as partes contíguas,
con f or m e mos t ra a F ig u r a 5. 6
Figura 5.6
Em uma mesma peça as hachuras devem ter uma só direção (vide Figura
5. 2) .
Nos desenhos de conjuntos as peças adjacentes devem ser hachuradas em
direções diferentes. A figura seguinte mostra um conjunto de peças, desenhadas
mon t ad as , s em cor t e n a F ig u r a 5. 7( a) e em c or t e n a F ig u r a 5. 7( b ).
O b ser ve q u e a vist a em cor t e c om variaç ão d as d ir ões e d os es p açam en t os
das hachuras permite a identificação dos limites de cada peça e facilita bastante a
interpretação do desenho.
1 – Pin o
2 – Su p or t e
3 – Eixo
4 - B u ch a
5 – Pol ia
6 – Bas e
Ne r v ur a
Figura 5.7(a)
Corte - AB B
A
Figura 5.7(b)