Metáfora e metonímia
7 pág.

Metáfora e metonímia


DisciplinaComunicação e Expressão8.982 materiais84.133 seguidores
Pré-visualização1 página
Metáfora e metonímia
Representação visual da metáfora:
Exemplos:
A economia anda na corda-bamba.
A política feijão-com-arroz do ministro da Fazenda é essencial, mas é importante adicionar alguns ingredientes para que façamos uma bela feijoada.
Sem controlar o déficit público, vamos continuar enxugando gelo com medidas paliativas.
A Rede Globo engatilhou na sexta-feira passada o que promete ser um de seus tiros mais certeiros na guerra com o SBT pela audiência nas tardes de domingo.
Não é incomum lembrarmos de outros exemplos nos jornais diários que falam em fritar ministros da Fazenda, fazer cirurgia nos juros ou criar trens da alegria e combater cabides de emprego.
Na nossa linguagem cotidiana, também falamos diversas expressões não-literais: quantas vezemos dizemos que estamos nos lixando para a opinião pública ou que estamos afogados em problemas ou que estamos na crista da onda.
Dizer que conversar com fulano é tomar cerveja quente tem mais efeito que simplesmente dizer que é tedioso conversar com este sujeito. O mesmo para expressões como rolamento da dívida, abrir ou fechar um regime político, etc.
O uso das metáforas tem exatamente esta função: procurar pescar no repertório do leitor uma imagem de que ele possa servir para entender o conteúdo de um texto.
Dizer para um cidadão comum que as altas taxas de juro estão colocando em perigo a contenção da inflação e que o Ministro da Fazenda parece não ter condições de resolver este problema urgente causa menos efeito do que traduzir as mesmas idéias em metáforas: \u201cas taxas de juros colocaram a inflação na marca do pênalti\u201d e \u201c ministro da Fazenda não tem a menor chance de pegar essa bola\u201d. Isso porque qualquer brasileiro tem em seu repertório as regras de futebol e sabe muito bem o perigo representado por uma cobrança de penalidade máxima.
Metáfora médica: compara a sociedade ao corpo humano. Exs.: \u201cVamos ver como se comporta a saúde da economia brasileira até o final do ano. O termômetro da inflação do próximo mês indicará se o país poderá deixar a UTI ou, se, ao contrário, precisará de uma terapêutica ainda mais séria para curar-se.\u201d
Metáfora do roubo: adequada para situações em que um povo pode ter sua liberdade roubada. Falamos, também, em libertar nossas emoções.
Metáfora do conserto: adequada a textos em que alguém diz que é necessário consertar as rachaduras de um partido político.
Metáfora da limpeza: didática, pois todas as donas-de-casa sabem que é necessário manter a casa limpa. Jânio Quadros, ex-prefeito de São Paulo, sempre usou a metáfora da limpeza em suas campanhas, materializada pelo símbolo da vassoura.
Metáfora de percurso em terra: \u201cEstamos na mesma encruzilhada\u201d.
Metáfora de percurso no mar: Estamos no mesmo barco. Vamos afundar. Um pé em cada canoa.
Metáfora de parentesco: O Brasil é uma grande família.
Metáfora da construção: O Brasil precisa ser reerguido.
Metáfora da tecelagem: Precisamos encontrar o fio da meada do problema.
Metáfora do compositor: Precisamos tocar a mesma música.
Metáfora do semeador: Chegou o tempo da colehita.
Metáfora da dicotomia luz/escuridão: Há uma luz no final do túnel.
Metáfora de fenômenos naturais: O Brasil está à beira do abismo.
Metáfora biológica: Fulana é uma cobra.
Metáfora militar: Os defensores do mei ambiente cerraram fogo contra as posições dos empresários que pretendem construir na orla marítima.
Também podemos falar em metáforas visuais:
Aproximação da berinjela e do corpo saudável. Formato e cores em comum.
Aproximação de Maria e seu filho Jesus, a partir da posição dos corpos, das expressões e, principalmente, dos panos sobre a cabeça.
Aproximação da idéia de banco ( para sentar e instituição financeira, agregada à expressão \u201cNão dá para confiar em qualquer banco\u201d.
Na obra de Arcimboldo tudo é metáfora. Nada é denotado, pois que os traços (linhas, formas, volutas) que compõem uma cabeça já tem um sentido, e esse sentido é desviado para outro sentido, como que projetado para além de si mesmo (é o que quer dizer etimologicamente a palavra \u201cmetáfora\u201d). Roland Barthes Extraído de: http://artus.agv.googlepages.com/retorica2 Acesso: 12. Set. 09
Metonímia
Representação visual de metonímia:
Existe uma relação de implicação entre o elemento comparado e o que se quer comparar. Exemplo: se o desmatamento de nosso território continuar assim, em breve não restará uma sombra de árvore.
Sombra, no caso, significa árvore, porque entre o significado de ambas as palavras existe uma relação de implicação. Sombra implica árvore, já que a sombra é um efeito produzido pela árvore. Essa mudança de sentido é uma metonímia.
Metonímia é, então, a alteração do sentido de uma palavra ou expressão quando entre o sentido que o termo tem e o que adquire existe uma relação de inclusão ou de implicação.
Ex.: As chaminés devem sair de São Paulo.
Chaminé significa aqui fábrica. Essa alteração de sentido ocorre porque o significado básico da chaminé inclui-se como parte do significado todo, fábrica.
Ex.: Comerás o pão com o suor de seu rosto. Esse pão custará lágrimas.
Suor, que é o efeito do trabalho, implicado, portanto, por este, significa aqui trabalho. A partir desta metonímia, pão deve ser lido como alimento e lágrimas como sofrimento.
Há certas metáforas e certas metonímias, já desgastadas pelo uso, que constituem clichês e que devem ser empregadas com cuidado. Dizer que as nuvens são um alvo tapete só tem sentido para mostrar que um determinado personagem só usa clichês.
Exemplos de lugares-comuns na escrita: \u201cfechar com chave de ouro\u201d
\u201co diabo foge da cruz\u201d etc.
EXERCÍCIOS
1 \u2013 Na frase: \u201cTodos somos os fios do tecido\u201d, há um exemplo de: 
 a) metonímia b) metáfora
2 \u2013 Metáfora ou metonímia?
Vou tomar Coca-Cola.
Li Camões para o vestibular.
Ela é a luz dos meus olhos.
Comprei Gillette nova.
Meus verdes anos já se foram há muito tempo.
O pulmão do planeta está morrendo. Salvem a Amazônia.