A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
apostila aulaorj OABdeBolso

Pré-visualização | Página 3 de 9

empresa 
reconsiderou o aviso e Laura aceitou. 
Neste caso, de acordo com a 
Consolidação das Leis do Trabalho, o 
contrato de trabalho de Laura: 
 
A) será rescindido, uma vez que não há 
previsão legal de reconsideração de aviso 
prévio, devendo ser elaborado novo contrato 
de trabalho, com intervalo mínimo de 90 
dias. 
B) continuará a vigorar, mas o aviso prévio 
deverá ser anotado na ctps do empregado 
para efeito de fiscalização administrativa, 
considerando-se válido para todos os efeitos. 
C) será rescindido, uma vez que não há 
previsão legal de reconsideração de aviso 
prévio, devendo ser elaborado novo contrato 
de trabalho, com intervalo mínimo de 30 
dias. 
D) continuará a vigorar, como se o aviso 
prévio não tivesse sido dado. 
 
06. Para trabalhadores que fazem a 
jornada legal prevista no artigo 7°, 
inciso XIII da Constituição Federal, a 
compensação de jornada denominada 
“banco de horas” sem a remuneração de 
horas suplementares e observada a 
soma das jornadas semanais de 
trabalho previstas, será legalmente 
possível, desde que mediante 
 
A) acordo individual, observado o período 
máximo de um mês e não seja ultrapassado 
o limite máximo de 12 horas diárias. 
B) acordo judicial, observado o período 
máximo de um ano e não seja ultrapassado 
o limite máximo de 12 horas diárias. 
C) acordo individual, observado o período 
máximo de seis meses e não seja 
ultrapassado o limite máximo de 8 horas 
diárias. 
D) convenção coletiva de trabalho ou acordo 
coletivo de trabalho, observado o período 
máximo de um ano e não ultrapasse o limite 
máximo de 10 horas diárias. 
 
07. Entendendo que a reclamada não 
recolheu as custas fixadas na sentença 
proferida pela Vara do Trabalho, a 
Turma do Tribunal Regional concluiu 
pela deserção do recurso ordinário, 
deixando de conhecê-lo. Considerando, 
porém, que as custas efetivamente 
 
8 
www.espacojuridico.com 
foram recolhidas e estão devidamente 
comprovadas nos autos, restando 
evidente que a decisão da Turma está 
fundada em manifesto equívoco, a 
reclamada poderá apresentar a medida 
processual: 
 
A) pedido de reconsideração. 
B) recurso de revista. 
C) embargos de declaração. 
D) agravo de instrumento. 
 
08. Considerando a jurisprudência 
dominante do Tribunal Superior do 
Trabalho em relação aos prazos no 
processo do trabalho, é correto afirmar 
que: 
 
A) à parte, quando da interposição do 
recurso, incumbe o ônus de provar, 
mediante prova documental, a existência de 
feriados forenses que autorizem a 
prorrogação do prazo recursal. 
B) tendo sido a parte intimada na sexta-
feira, a contagem do prazo inicia-se na 
segunda-feira imediata, inclusive, salvo se 
não houver expediente, caso em que o início 
do prazo se dará no dia útil que se seguir. 
C) tendo sido a parte intimada no sábado, a 
contagem do prazo inicia-se na segunda-
feira imediata, inclusive, salvo se não houver 
expediente, caso em que o início do prazo se 
dará no dia útil que se seguir. 
D) os mesmos são interrompidos durante o 
recesso forense e as férias coletivas dos 
ministros do tribunal superior do trabalho. 
 
09. Camilo, metalúrgico, ajuizou 
reclamação trabalhista em face da 
empresa Q. Na audiência de instrução e 
julgamento, Camilo, hospitalizado, 
enviou, para o representar, Carlos, 
metalúrgico, que também trabalha na 
empresa Q, sem comunicar com 
antecedência à Justiça do Trabalho. 
Neste caso, de acordo com a 
Consolidação das Leis do Trabalho, 
 
A) Camilo fez correto e não terá nenhum 
prejuízo. 
B) o processo será arquivado pela ausência 
de Camilo, podendo ele ajuizar outra 
reclamação trabalhista após 6 meses do 
arquivamento. 
C) o processo será arquivado uma vez que 
não foi comunicada a referida representação 
com a antecedência mínima de 48 horas. 
D) o processo será arquivado pela ausência 
de Camilo, podendo ele ajuizar 
imediatamente outra reclamação trabalhista. 
 
10. Ivan ajuizou ação trabalhista em 
face da empresa Beta & Gama 
Empreendimentos, utilizando o jus 
postulandi. Ocorre que foi vencido em 
primeira instância visto que a ação foi 
julgada improcedente. Inconformado 
com o resultado da sentença resolveu 
recorrer. Nessa situação Ivan: 
 
A) deve constituir advogado e ingressar com 
recurso de apelação em 15 dias. 
B) pode utilizar o jus postulandi e interpor 
recurso ordinário em 8 dias. 
C) deve constituir advogado e interpor 
agravo de instrumento em 5 dias. 
D) pode utilizar o jus postulandi e ingressar 
com recurso de revista em 8 dias. 
 
11. Os dissídios individuais na Justiça 
do Trabalho podem seguir o rito 
procedimental sumaríssimo conforme 
normas previstas em lei. Sobre esse 
procedimento é INCORRETO afirmar: 
 
9 
www.espacojuridico.com 
A) Estão excluídas do procedimento 
sumaríssimo as demandas em que é parte a 
Administração pública direta, autárquica e 
fundacional. 
B) Cada parte poderá indicar até, no 
máximo, três testemunhas mediante rol 
apresentado 5 dias antes da audiência. 
C) Serão decididos, de plano, todos os 
incidentes e exceções que possam interferir 
no prosseguimento da audiência e do 
processo; as demais questões serão 
decididas na sentença. 
D) O pedido deve ser certo ou determinado e 
indicará o valor correspondente, sob pena de 
arquivamento da reclamação e condenação 
ao pagamento de custas sobre o valor da 
causa. 
 
Processo Civil: Haroldo Lourenço 
 
Procedimento Comum – Reconvenção 
 
01. O procedimento sumário deve ser 
adotado em causas cujo valor não 
supere sessenta salários mínimos ou em 
situações, qualquer que seja o valor da 
causa, em que se debata um dos 
assuntos previstos na lei. 
Indique, dentre as alternativas abaixo, 
a que contém espécie de resposta que 
não pode ser apresentada pelo réu no 
rito comum sumário. 
 
A) Reconvenção. 
B) Exceção. 
C) Contestação. 
D) Impugnação ao valor da causa. 
 
Fundamento: art. 343, CPC/15 Comentário: 
O CPC/15 extinguiu o rito sumário, de modo 
que os processos que corriam neste rito, 
respeitando a regra de direito intertemporal 
do art. 1046, §1º serão regidos pelas regras 
do procedimento comum. A reconvenção é 
permitida no procedimento comum, como 
dispõe o art. 343, e é uma espécie de 
resposta do réu que deve ser alegada na 
contestação e que consiste na faculdade de 
ajuizar ação em desfavor do autor, desde 
que conexa com a ação principal ou com o 
fundamento da defesa. 
 
Liquidação e Cumprimento de Sentença 
 
02. Nos autos de ação indenizatória 
movida por Henrique em face de Paulo, 
ambos prósperos empresários, transitou 
em julgado sentença de procedência do 
pleito autoral, condenando o réu ao 
pagamento de indenização, no 
montante equivalente a 500 salários 
mínimos, na data da prolação da 
sentença, acrescidos de juros legais e 
correção monetária. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a 
providência a ser imediatamente adotada 
pelo advogado de Henrique. 
 
A) Instauração da fase de liquidação de 
sentença por arbitramento, a fim de apurar o 
valor da condenação em moeda corrente. 
B) Instauração da fase de cumprimento de 
sentença, com a apresentação da memória 
de cálculo contemplando o valor da 
condenação em moeda corrente. 
C) Instauração da fase de liquidação de 
sentença por cálculos do contador, a fim de 
que o magistrado remeta os autos ao 
contador judicial, para que seja apurado o 
valor da condenação