Modelo de Laudo técnico de Acessibilidade
9 pág.

Modelo de Laudo técnico de Acessibilidade

Disciplina:Acessibilidade224 materiais538 seguidores
Pré-visualização2 páginas
ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 1

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

LAUDO DE ACESSIBILIDADE

Novembro 2015

Vistoriado por Eduardo Ronchetti de Castro

www.eduardoronchetti.com.br

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 2

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

Apresentação

O presente laudo tem por objetivo avaliar as condições físicas das instalações sob as
questões de Acessibilidade.
O presente laudo deverá acompanhar todas as próximas intervenções e reformas no edifício,
para promover as adequações nele apontadas.
Para o levantamento foi realizada visita e medições das condições reais do local, observando
os seguintes aspectos:

1. Acessos ao interior da edificação e ao interior dos ambientes;

2. Barreiras arquitetônicas ao longo dos percursos;

3. Banheiros adaptados;

5. Comunicação e sinalização para pessoas com deficiência auditiva e visual;

6. Acessibilidade para as áreas externas;

8. Mobiliário e balcões de atendimento;

9. Equipamentos públicos no interior da edificação (telefones, bebedouros...);

10. Corrimãos e guarda-corpos;

11. Elevadores, escadas e demais locais de circulação vertical.

O Laudo foi elaborado com base na legislação específica sobre acessibilidade, em vigor nas
esferas federais, estaduais e municipais, especialmente no que se refere ao atendimento à:
 Decreto Federal 5.296/04
 ABNT/NBR 9050/15
NOTAS:
 Para edificações tombadas ou em áreas envoltórias de edifícios tombados as

modificações sugeridas devem antes serem aprovadas nos respectivos órgaos
responsáveis pelo tombamento.

 Para reforma e adaptação das calçadas além dos dispostos neste laudo observar também
a legislação municipal vigente referente a este item.

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 3

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

1.1 Porta

Foto do local

A porta está inadequada nos seguintes itens:
 Inclinação da rampa de entrada incorreta;
 Ausência de abas laterais na rampa de entrada;
 Altura muito elevada do comando do interfone;
Itens a serem atendidos:
 Considerando o desnível de 12 cm, rampa deverá ter comprimento de 2,40 m e

inclinação de 5%. Com esta inclinação (plano inclinado) não haverá a necessidade da
colocação de corrimãos. Caso a rampa tenha inclinação máxima de 8,33% será obrigatória
a instalação de corrimãos duplos, em ambos os lados da rampa;

 Nas laterais da rampa, principalmente na lateral esquerda, deverá ser executada uma
“aba lateral” ou pequena rampa, para eliminar o degrau existente entre a rampa e sua
parte lateral.

 O interfone deverá ser instalado a uma altura entre 0,80 m e 1,20 m a partir do piso;

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 4

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

1. ESTACIONAMENTO

2.1 Demarcação de vaga para veículos que conduzam ou sejam conduzidos por pessoa com

deficiência.

Foto do local

O estacionamento está inadequado nos seguintes itens:
 Não há vaga reservada para veículos que conduzam ou sejam conduzidos por pessoas com

deficiência;
 Não há sinalização vertical para a vaga de pessoa com deficiência;
Itens a serem atendidos:
 Deve ser demarcada 1 vaga para veículo, na lateral esquerda da edificação, conforme

desenho abaixo. Esta vaga deverá ter largura mínima de 2,5 m e comprimento mínimo de
5,50 m, acrescidos de uma faixa de embarque desembarque, com largura mínima de 1,20
m.

 A vaga deverá ser sinalizada conforme Resolução CONTRAN 304/2008, com indicação
abaixo:

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 5

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

2. CIRCULAÇÃO VERTICAL

3.1 Escada

Foto do local

A escada está inadequada nos seguintes itens:
 Não possui piso tátil de alerta;
 Os degraus não possuem sinalização visual na borda do piso e do espelho;
 Os corrimãos estão incorretos;
 Os degraus não apresentam piso antiderrapante;
 Não há acesso ao pavimento superior para pessoas em cadeira de rodas, por meio

elevador ou plataforma;
Itens a serem atendidos:
Inadequações do corrimão:
 não possui prolongamento antes do início e após o término da escada
 não possui sinalização em Braille
 não possui acabamento curvado nas extremidades
 Instalar fita antiderrapante em todos os degraus da escada
Itens a serem atendidos:
 Deve haver sinalização tátil de alerta no início e término de escadas e rampas, em cor

contrastante com a do piso, com largura entre 0,25m a 0,60m, afastada de 0,32m no
máximo do ponto onde ocorre a mudança do plano.

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 6

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

 Todo degrau ou escada deve ter sinalização visual na borda do piso e do espelho, em cor
contrastante com a do acabamento, medindo entre 0,02m e 0,03m de largura. Essa
sinalização pode estar restrita à projeção dos corrimãos laterais, com no mínimo 0,20m
de extensão.

 Os corrimãos devem prolongar-se pelo menos 30cm antes do início e após o término da

rampa ou escada, sem interferir com áreas de circulação ou prejudicar a vazão. Devem
possuir 2 alturas (70 e 92 cm do piso) e estar instalados em ambos os lados da escada;

 As extremidades dos corrimãos devem ter acabamento recurvado, ser fixadas ou

justapostas à parede ou piso, ou ainda ter desenho contínuo, sem protuberâncias.
 Deve haver sinalização em Braille no início e término da escada e ter sinalização na

parede lateral indicando o pavimento em que a pessoa se encontra.

OBSERVAÇÃO: Deve ser previsto elevador ou plataforma para garantir o acesso de pessoas
com deficiência ao pavimento superior, conforme NM 313/13.

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br

atendimento@eduardoronchetti.com.br
Tel.: 11 4332 3144
 7

A
C

ES
SI

B
IL

ID
A

D
E

3. PORTAS

Foto do local

Nas rotas acessíveis há portas inadequadas nos seguintes itens:
 A porta de acesso aos fundos do imóvel apresenta vão livre de passagem insuficiente.
 Há um desnível de 5 cm para acesso ao fundos do imóvel.
Itens a serem atendidos:
 As portas devem ter um vão livre mínimo de 0,80m e altura mínima de 2,10m.
 O desnível de 5 cm deverá ser eliminado com a construção de um plano inclinado com

comprimento de 1,00 m e ter abas laterais.

ESPECIALISTA EM ACESSIBILIDADE

"ajudando pessoas a viver melhor"

www.eduardoronchetti.com.br
Gabriel Ribeiro fez um comentário
  • não consigo visualizar
    1 aprovações
    Carregar mais