A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Curso de Formação em Gestão Democrática Grêmio Estudantil   1ª Edição 2017

Pré-visualização | Página 1 de 1

CURSO DE FORMAÇÃO EM GESTÃO DEMOCRÁTICA: GRÊMIO ESTUDANTIL - 1ª EDIÇÃO 2017
MÓDULO 1 – GRÊMIO ESTUDANTIL
POVO
Censura dos meios de comunicação.
Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
Estimular a criticidade partidária e incentivar a tomada de decisão unilateral.
ERREI
I, II, III, IV.
Lançar as bases de um novo modelo de escola.
Possibilidade de exercício democrático vivo e rico à formação política, em especial dentro do ambiente escolar.
A participação autêntica se traduz para o jovem num ganho de autonomia, autoconfiança e autodeterminação numa fase da vida em que ele se procura e se experimenta, empenhado que está na construção da sua identidade pessoal e social e no seu projeto de vida.
Compromisso ético e educação com viés democrático, solidário e participativo.
MÓDULO 2 – GRÊMIO ESTUDANTIL
Pólis
Fazer política é interferir no espaço de convívio público, desta forma, explica-se o fato de todos serem capazes de ser classificados como políticos.
Antropologia cultural.
Fortificar cada vez mais o Poder Executivo, para que não haja mais necessidade de ações corretivas junto às políticas públicas.
Poder Político.
Monarquia.
Oligarquia.
Democracia. 
Realeza, aristocracia e regime constitucional.
Anarquia – a ausência de um poder central organizado, pois a Democracia obriga que todos sejam livres e iguais, não hierarquizados nem subjugados a um poder soberano.
MÓDULO 3 – GRÊMIO ESTUDANTIL
Participação cidadã.
ERREI
A conclusão, portanto, quer refutar visões que classificam culturas como “tipo ideal” (clara crítica à democracia liberal) e trazer à discussão o conceito de racionalidade cultural aliado à heterogeneidade cultural – sempre apoiando a teoria da escolha racional.
Formação política em Organização Sindical.
Alienar-se totalmente do processo político, tanto na esfera micro quanto na macro.
Maior a satisfação com a Democracia.
Um ambiente de descrédito e de distância entre cidadãos e instituições democráticas.
Ao conjunto de direitos e obrigações pertinentes ao habitante da cidade. 
O cidadão é aquele indivíduo que é membro pleno de uma comunidade e possui igualdade de direitos e deveres.
Itamaraty.
MÓDULO 4 – GRÊMIO ESTUDANTIL
Como ator central na tomada de decisões.
Grêmio Estudantil.
Transmissão do conhecimento, unicamente via professor.
A micropolítica dentro da unidade escolar, ou Grêmio estudantil, é também lócus de aprendizado e há destaque como instituição já regulamentada que possibilita o transbordo de representação.
Movimento Tenentista.
Atitudes unilaterais.
A ditadura militar de 1964 foi um duro golpe para as organizações estudantis do Brasil e que após a abertura política muitas destas organizações tiverem que começar do zero, tiveram de reaprender a se organizar.
I, II, III e IV
Termo grego Protagonistés, que significa o principal lutador.
I, II, III e IV
MÓDULO 5 – GRÊMIO ESTUDANTIL
Conselho de Escola, Grêmio Estudantil e Associação de Pais e Mestres (APM).
Grêmio Estudantil.
I, II, III e IV
I, II, III e IV
I, II, III e IV
V, V, V, V
Organização de festas e festivais. GREMIO
Realização de concursos culturais de dança. GREMIO
Mobilizar os recursos humanos, materiais e financeiros com vistas ao suporte da escola. APM
Acompanhamento e à fiscalização da gestão pedagógica. CONSELHO
Organização de debates e palestras políticas. GREMIO
Estímulo à prática esportiva por meio de campeonatos e gincanas. GREMIO
Melhorar o desempenho educacional e garantir o cumprimento das normas da escola. CONSELHO
Embelezamento da escola com grafites e painéis do ponto de vista do estudante. GREMIO
Estimular a cultura de paz na comunidade dialogando por entre os próprios estudantes. GREMIO
Representar as aspirações da comunidade e dos pais de alunos junto à escola. APM
Criação de rádio, blog e jornal da escola. GREMIO
Organização de campanhas sociais como a do agasalho, a de alimentos, a de prevenção à gravidez e às drogas. GREMIO
ERREI
Conquista ratificada no artigo 53 da Lei 8.069, de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente) que prevê o direito da criança e do adolescente à livre organização e participação em entidades estudantis.
MÓDULO 6 – GRÊMIO ESTUDANTIL
c. I, II, III e IV
A importância da Coordenação Pedagógica como tutora e regulamentadora do Grêmio
uma vez que os integrantes do Grêmio precisam estar bem em sala de aula, com boas notas, o perfil de responsabilidade e representatividade da escola acaba se reproduzindo para os demais estudantes não gremistas.
ERREI
uma possível prática do Grêmio Estudantil, centrada na conscientização da importância em se realizar as provas do SARESP.
I, II, III e IV
nenhuma das informações apresentadas nas alternativas está na reportagem.
V, V, V, F, V, V
se leva em consideração que este pode ser o único contato com formação política sistemática durante toda a vida do cidadão.
VVVV