A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
SOCIOLOGIA JURIDICA   TESTE DE CONHECIMENTOS AULA 03

Pré-visualização | Página 1 de 4

SOCIOLOGIA JURÍDICA E JUDICIÁRIA
3a aula
	 1a Questão (Ref.: 201607318362)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Em relação à Escola Monista podemos afirmar que: 
		
	
	não há distinção doutrinária entre monismo e pluralismo, haja vista que ambas as escolas defendem a tese de que qualquer grupo político estaria apto a criar normas de direito; 
	
	a Escola Monista defende que, além do grupo político, a sociedade, através dos costumes, também pode criar normas jurídicas; 
	
	a Escola Monista, na realidade, defende o duplo grau de jurisdição, permitindo que diferentes juízes se manifestem em um mesmo processo. 
	
	a Teoria Pura de Kelsen mais se identifica com o monismo jurídico; 
	
	a teoria de Kelsen mais se aproxima da doutrina defendida pela Escola Pluralista; 
	
	 2a Questão (Ref.: 201608081907)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Acerca do fato de que o direito deve ser visto como um fenômeno plural, com várias dimensões, pode-se dizer que ele deve ser abordado por diferentes áreas do conhecimento, as quais se voltam para compreender a sua: I) Justiça: dimensão analisada pelos intérpretes/operadores do direito - busca identificar normas válidas, solucionar possíveis colisões entre normas e adaptá-las aos problemas concretos. II) Validade: dimensão analisada pela filosofia - trata da idealidade do direito, das relações entre direito e moral, entre direito e ¿verdade¿. III) Eficácia: dimensão correspondente à análise sociológica - examina a realidade social do direito; a realidade na qual o direito é gerado e na qual é aplicado. Das afirmativas acima, consideram-se certas em sua denominação e significado: 
		
	
	somente II e III
	
	somente III
	
	somente I 
	
	somente a II
	
	somente I e III
	
	 3a Questão (Ref.: 201608042625)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Ao analisarmos a validade de uma norma jurídica devemos considerar os seguintes aspectos: I - a validade depende de a autoridade possuir poder normativo e exercer esse poder da forma estabelecida na Constituição e/ou nas leis. II - materialmente, a validade depende de a norma criada respeitar os limites do poder concedido ao seu emissor. III ¿ como estabelecemos uma hierarquia (leis constitucionais e infra), as leis não pode contrariar as normas criadas pelas autoridades superiores. 
		
	
	apenas a opção II está correta. 
	
	apenas as opções I e II estão corretas. 
	
	apenas a opção III está correta. 
	
	todas as opções estão corretas 
	
	apenas a opção I está correta. 
	
	 4a Questão (Ref.: 201607996396)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	A Sociologia Jurídica se preocupa com o direito vivo, que se passa segundo a vontade do homem, o ser. Desta forma descabe numa análise do sentimento de justiça, estar preso tão somente à letra fria da lei e sua simples aplicação ao caso. O exame do sentimento de justiça abrange EXCETO:
		
	
	a irrestrita e mecânica aplicação da norma ao caso
	
	a opinião do público acerca do comportamento ilícito;
	
	a aprovação social das sanções que o direito estabelece, garantidoras da validez e eficácia das normas;
	
	a eficácia das normas juridicas e seus reflexos sociais
	
	o exame das normas existentes, sua adequação ou não ao que é tido como justo; 
	
	 5a Questão (Ref.: 201607438230)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	¿Mais de um terço dos imóveis na Rocinha são prédios com dois ou mais andares e quase a metade não tem qualquer documentação. Os números constam de uma pesquisa realizada pela Fundação Bento Rubião, responsável pelo programa de regularização fundiária da comunidade, que entrevistou mil moradores entre dezembro e março... A falta de documentação sobre o espaço de cada um torna-se um agravante. Do total de entrevistados 44% não tem qualquer documentação sobre o imóvel em que vivem e apenas 1% tem escritura definitiva. Entre as pessoas que moram de aluguel (11% dos entrevistados), 81% não tem contrato de locação e 54%, sequer recibos de pagamento... Na ausência do poder público, a maior associação de moradores da favela, a União Pró-Melhoramentos dos Moradores da Rocinha, acabou se transformando numa espécie de cartório, já tendo cadastrado um terço das moradias da comunidade. Hoje quando uma família precisa, por exemplo, fazer um inventário, a Justiça manda ofício direto para a Associação de Moradores (Jornal O Globo, 04/11/07). Com relação ao grupo social que cria as regras de conduta, o texto acima expressa uma visão: 
		
	
	positivista
	
	monista
	
	constitucionalista
	
	pluralista
	
	 6a Questão (Ref.: 201607326942)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Segundo a perspectiva sociológica, o direito é um conjunto de normas de conduta que disciplina as relações sociais. Assim sendo, em relação às características das normas jurídicas, podemos afirmar que são 
		
	
	universais, abstratas, facultativas, providas de sanção e imutáveis 
	
	universais, facultativas, aleatórias e imutáveis 
	
	globais, imutáveis, obrigatórias e revestidas de sanções punitivas 
	
	universais, abstratas, obrigatórias, providas de sanção e mutáveis 
	
	globais, facultativas, mutáveis e revestidas apenas de caráter punitivo 
	
	 7a Questão (Ref.: 201607317405)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Boaventura de Souza Santos, ao analisar uma favela carioca, apresentou a situação onde reconheceu a existência de um direito paralelo e informal, aplicável à solução de problemas legais de seus moradores e operando paralelamente ao direito estatal. Tal situação é um claro exemplo de: 
		
	
	pluralismo jurídico 
	
	pragmatismo jurídico
	
	dogmatismo jurídico 
	
	monismo jurídico 
	
	 8a Questão (Ref.: 201607378554)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Segundo Dworkin, o Direito é a norma escrita, mas também toda construção normativa que se origina na sociedade. Esta é a fonte de sua legitimidade. A legitimidade, em seu enfoque social, admite como válidas as normas aceitas pelo grupo, não importando sua origem, o que explica alguns indivíduos obedecerem, simultaneamente, as leis do Estado e o código de conduta comunitário.
 Com base no enunciado assinale a alternativa INCORRETA: 
		
	
	no pluralismo jurídico a norma é válida não em função da autoridade competente ou dos mecanismos procedimentais do Estado quanto a sua criação, mas é válida porque a comunidade a reconhece com tal; 
	
	o pluralismo jurídico prestigia a legitimidade consensual. 
	
	o pluralismo jurídico prestigia a legitimidade procedimental em detrimento da legitimidade consensual 
	
	o pluralismo jurídico engloba uma visão antidogmática e interdisciplinar que advoga a supremacia de fundamentos ético-sociológicos sobre critérios tecnoformais;
	
	o pluralismo jurídico seria um atributo de um campo social; 
	 1a Questão (Ref.: 201607326930)
	Fórum de Dúvidas (7)       Saiba (0) 
	
	Existem, a esse respeito, duas escolas, uma das quais pode ser chamada monista e a outra pluralista. A primeira, onde se situam quase todos os juristas, acredita que um único tipo de grupo social, o grupo político atualmente conhecido pela denominação genérica de sociedade global -, está habilitado a criar normas de direito. O outro que compreende afora alguns juristas sociólogos e filósofos, professa que qualquer agrupamento, seja qual for a sua consistência, pode instituir e quase sempre institui normas de funcionamento capazes de ultrapassar o caráter de simples regulamentos para elevar-se à categoria de verdadeiras normas jurídicas. (LÉVY-BRUHL, Henri. Sociologia do direito. São Paulo: Martins Fontes, 1997, p. 24). No que concerne à elaboração da norma jurídica, no sentido das duas escolas citadas, podemos entender que :
		
	
	apenas o Estado

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.