A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS 3

Pré-visualização | Página 1 de 2

Simulado: CCJ0100_SM_201202425232 V.3 
	 VOLTAR
	Aluno(a): NIVALDA DE SOUZA SANTOS
	Matrícula: 201202425232
	Desempenho: 8,0 de 8,0
	Data: 21/04/2014 00:59:46 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201202476086)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	"A história de todas as sociedades existentes até hoje tem sido a história das lutas de classes. Homem livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo, (...) numa palavra, opressores e oprimidos têm permanecido em constante oposição uns aos outros, envolvidos numa guerra ininterrupta, ora disfarçada, ora aberta, que terminou sempre, ou por uma transformação revolucionária de toda a sociedade, ou pela destruição das duas classes em luta." Karl Marx Segundo Marx, a atual luta de classes, típica da sociedade capitalista se configura entre:
		
	
	Burguesia e Nobreza
	 
	Burguesia e Proletariado
	
	Nobreza e Clero
	
	Nobreza e Plebe
	
	Proletariado e Nobreza
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201202480426)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Sobre a sociologia, como ciência que investiga as relações humanas em sociedade, é CORRETO afirmar que:
		
	 
	A sociologia é o estudo da vida social humana, dos grupos humanos e das sociedades. O objeto de estudo são os grupos sociais, a divisão da sociedade em classes, a mobilidade social , bem como os processos de cooperação, competição e conflito na sociedade.
	
	A sociologia é o estudo da vida social humana, dos grupos humanos e das sociedades. O objeto de estudo é restrito à análise de algumas situações sociais específicas.
	
	A sociologia é o estudo da vida social humana, dos grupos humanos e das sociedades. O objetivo é estudar as relações sociais e as formas de associação, não considerando as interações que ocorrem na vida em sociedade.
	
	A sociologia é o estudo da vida social humana, dos grupos humanos e das sociedades. O objetivo da sociologia é apresentar visões particulares de mundo dos sociólogos.
	
	A sociologia é o estudo da vida social humana, dos grupos humanos e das sociedades. O objeto de estudo é o comportamento dos indivíduos como seres sociais e não sociais.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201202481171)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Max Weber define três tipos ideais de dominação legítima: dominação Tradicional, dominação carismática e dominação racional-legal. A reflexão do sociólogo influenciou as análises na administração sobre o papel e sentido da liderança no interior das organizações burocráticas. Neste sentido, marque a alternativa que corresponde ao tipo de dominação característica da sociedade moderna capitalista. 
		
	 
	Nas organizações burocráticas modernas, a dominação é exercida segundo uma racionalidade técnica expressa nas normas estatuídas, nas quais os indivíduos orientam suas ações adequando meios a fins.
	
	Nas organizações burocráticas modernas, a dominação é exercida segundo os costumes e regras cristalizadas no tempo, má hereditariedade e nos rituais transmitidos de geração em geração.
	
	Nas organizações burocráticas modernas, a dominação é exercida sempre de acordo com a vontade do dominante, levando em consideração as relações pessoais, formalizando um quadro de funcionários de acordo com o grau de lealdade e fidelidade.
	
	Nas organizações burocráticas modernas, segundo Weber, a dominação é exercida por um  líder, encarregado por uma tarefa ou atividade de uma organização. O mesmo comanda um grupo de pessoas, tendo autoridade para mandar e exigir obediência sem nenhum tipo de questionamento
	
	O líder exerce a autoridade sobre seus liderados que cumprem suas funções não pela força, mas pelo poder do convencimento, da persuasão.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201202479417)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Leia atentamente o texto abaixo: Comem muito e com grande avidez e, apesar de embebidos em sua tarefa, ainda acham tempo para fazer grande bulha. A altura da mesa faz com que o prato chegue ao nível do queixo; cada qual espalha seus cotovelos ao redor e, colocando o pulso junto à beirada do prato, faz com que, por meio de um movimento hábil, o conteúdo todo se lhe despeje na boca. Por outros motivos além deste, não há grande limpeza nem boas maneiras, durante a refeição; os pratos não são trocados, sendo entregues ao copeiro segurando-se o garfo e a faca numa mesma mão; por outro lado, os dedos são usados com tanta frequência como o próprio garfo. Extraído de LUCCOCK, J. As refeições no Rio de Janeiro, princípio do século XIX. In CÂMARA CASCUDO, L. Antologia da Alimentação no Brasil. Rio de Janeiro: Livros Técnico e Científicos, 1977. p. 163. Ao comparar os hábitos culinários dos habitantes do Rio de Janeiro com os de sua terra natal, tomando esses como referência, o autor expressa uma postura chamada de:
		
	
	Diversidade Cultural
	
	Relativismo Cultural
	 
	Etnocentrismo
	
	Positivismo
	
	Identidade Cultural
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201202476678)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Quero propor duas ideias. A primeira delas é que a cultura é mais bem vista não como um complexo de padrões concretos de comportamento ¿ costumes, usos, tradições, feixes de hábitos ¿, como tem sido o caso até agora, mas como um conjunto de mecanismos de controle ¿ planos, receitas, regras, instruções (o que os engenheiros de computação chamam de programas) ¿ para governar o comportamento. A segunda ideia é que o homem é precisamente o animal mais desesperadamente dependente desses mecanismos de controle, extragenéticos, fora da pele, dos programas culturais para ordenar seu comportamento.¿ Geertz, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 1978. No que concerne ao conceito de cultura e tendo o texto acima apresentado como referência inicial, escolha a única opção correta.
		
	
	A cultura e seus produtos são recursos que impedem ao homem fazer, explicar e entender corretamente as coisas e a vida em sociedade.
	
	Os sociólogos estudam a cultura examinando os sistemas simbólicos que exercem pouca ou nenhuma influência na organização da sociedade.
	
	Os sistemas de linguagem classificam somente as palavras faladas e escritas no idioma corrente.
	
	As funções básicas dos sistemas de valores são organizar os conceitos e avaliar o valor moral e a adequação do comportamento de um indivíduo à sua sociedade
	 
	Os símbolos culturais são instrumentos de intermediação da adaptação humana ao meio ambiente, de interpretação das experiências e de organização da vida em grupo.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201202476970)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Karl Marx, em sua teoria, reflete sobre o papel do Estado na sociedade capitalista. Sobre a relação entre Estado e sociedade, para este autor, é correto afirmar que:
		
	
	A finalidade do Estado é o exercício da justiça entre os homens e, portanto, é um bem indispensável à sociedade.
	
	O Estado defende, na sociedade capitalista, os interesses do proletariado e da classe média.
	 
	O Estado é um instrumento de dominação e representa, prioritariamente, os interesses dos setores hegemônicos das classes dominantes.
	
	O Estado visa atender, por meio da legislação, a vontade geral dos cidadãos, garantindo, assim, a harmonia social.
	
	O Estado tem por finalidade assegurar a felicidade dos cidadãos e garantir, também, a liberdade individual dos homens.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201202476931)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O positivismo também foi chamado de organicismo, isto por que:
		
	
	Os positivistas não reconheciam o êxito do método de investigação das ciências naturais aplicado às ciências sociais.
	 
	A sociedade era identificada como constituída de partes integradas que funcionavam harmonicamente.
	
	A sociedade era vista como possuidora de características diferentes das ciências sociais.
	
	Os positivistas não se inspiravam no método de investigação das ciências naturais.
	
	Os

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.