Avaliando 2
4 pág.

Avaliando 2


DisciplinaLegislação Trabalhista e Previdenciária6.208 materiais33.828 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.
		Quais os requisitos necessários para configurar contrato de trabalho com vínculo de emprego?
		
	
	
	
	Subordinação, habitualidade, onerosidade, pagamento e pessoa física ou jurídica.
	
	
	Salário, habitualidade, onerosidade e pessoalidade.
	
	 
	Salário, continuidade, onerosidade e pessoalidade
	
	 
	Subordinação, habitualidade, onerosidade, pessoalidade e pessoa física.
	
	
	Nenhuma das opções acima.
	
		2.
		Quanto à relação de emprego e às relações de trabalho, é INCORRETO afirmar:
		
	
	
	 
	O trabalho avulso é aquele em que o trabalhador presta serviços de curta duração para distintos beneficiários, com intermediação de terceira entidade com quem mantém vínculo de emprego nos termos da CLT, mas não se igualando em direitos com os trabalhadores com vínculo empregatício permanente.
	
	
	O trabalho temporário é aquele prestado por pessoa física a uma empresa, por prazo curto para atender à necessidade transitória de substituição de seu pessoal regular e permanente ou o acréscimo extraordinário de serviços, com intermediação de empresa de trabalho temporário.
	
	
	O trabalho autônomo é aquele em que o trabalhador exerce as suas atividades por conta e risco próprios, sem subordinação com o seu contratante.
	
	
	A relação de emprego é aquela em que pessoa física presta serviços de natureza não eventual e de forma pessoal a empregador, sob a dependência e subordinação deste, mediante salário.
	
	 
	O trabalho eventual é aquele prestado ocasionalmente, para realização de determinado evento, em que o trabalhador, em regra, desenvolve atividades não coincidentes com os fins normais da empresa contratante, não se fixando a uma fonte de trabalho.
	
		3.
		Para que seja caracterizada a existência de vínculo de emprego, é necessária a presença concomitante de alguns requisitos. Entre tais requisitos, encontram-se:
		
	
	
	 
	existência de pessoalidade, de não eventualidade, de subordinação do empregado ao poder de direção e comando e de onerosidade; retribuição pecuniária pelo serviço prestado pelo empregado.
	
	
	remuneração pelo serviço prestado pelo empregado; impossibilidade de o trabalhador transferir ao empregador o poder de direção sobre sua atividade laboral.
	
	
	gratuidade dos serviços prestados; contrato do trabalho de trato sucessivo com intermediação obrigatória do sindicato da categoria ou do órgão gestor de mão de obra.
	
	
	respeito à alteridade, que favorece que o empregado participe dos lucros da empresa; onerosidade na prestação de serviços por conta própria, comprometendo-se assim, com os riscos de sua atividade.
	
	
	prestação eventual de serviço feita com pessoalidade; subordinação ao poder de direção e comando.
	
	
		4.
		Maria foi admitida para prestar serviços como diarista na residência da Sra. Amélia uma única vez por semana. Nos dias em que comparecia recebia o valor de R$ 100,00 e realização a limpeza do local. Analisando a natureza do serviço prestado é possível afirmar que Maria era trabalhadora:
		
	
	
	
	 
	eventual
	
	
	estagiária
	
	
	exclusiva
	
	
	avulsa
	
	 
	empregada
	
		5.
		A existência da relação de emprego pressupõe
		
	
	
	 
	A pessoalidade na prestação de serviços.
	
	
	Solenidade prevista em lei para admissão do empregado
	
	
	Prazo determinado para a duração do contrato.
	
	
	Prestação de serviços com exclusividade
	
	
	Eventualidade na prestação de serviços
	
		6.
		Maria foi contratada pela Empresa Americana Ltda. laborando de segunda feira até sexta feira, no horário de 8.00 h as até 18.00 h, com um intervalo de uma hora da refeição de descanso, recebendo a remuneração o valor de R$ 2.000,00 (dois mil) reais mensalmente, exercendo a atividade de caixa nível um. Após, leitura do caso hipotético em tela, identifique os elementos essenciais para a caracterização do empregado:
		
	
	
	
	Pessoa física, pessoalidade, autonomia, eventualidade, remuneração.
	
	
	Pessoa física, pessoalidade, gratuidade, eventualidade, remuneração.
	
	
	Pessoa jurídica, pessoalidade, independência econômica, continuidade, subordinação.
	
	
	Pessoa física ou jurídica, impessoalidade, subordinação, continuidade, remuneração.
	
	 
	Subordinação, não eventualidade, onerosidade, pessoalidade e pessoa física.
	
	
		7.
		Sobre relação de emprego e relação de trabalho:
		
	
	
	
	O empregado trabalha com autonomia.
	
	
	O empregado é aquele que trabalha com eventualidade.
	
	 
	Relação de emprego é gênero e a relação de trabalho é espécie.
	
	 
	A relação de emprego tem como sujeitos o empregado e o empregador.
	
	
	Relação de emprego e relação de trabalho são palavras sinônimas;
	
	
		8.
		José de Almeida inicia a prestação de serviços tacitamente para a Pizzaria Bom Gosto. Seu trabalho se resume a fazer entregas das pizzas com sua bicicleta, diariamente, no horário de funcionamento da loja, sendo gerenciado e subordinado pelo supervisor da pizzaria, recebendo o valor de R$ 200,00 (duzentos reais) por semana e forma pessoal e habitual. Neste caso, José de Almeida é considerado :
		
	
	
	
	 
	empregado
	
	
	trabalhador voluntário
	
	
	trabalhador avulso
	
	
	trabalhador autônomo
	
	
	trabalhador eventual
	
	
		1.
		Dona Joana da Silva foi contratada, por seu Emanuel Guerreiro, para fazer limpeza em seu apartamento esporadicamente e recebendo por dia, FALTA PARA A CARACTERIZAÇÃO do contrato de trabalho:
		
	
	
	 
	Onerosidade.
	
	 
	Habitualidade
	
	
	Pessoalidade
	
	
	Subordinação
	
	
	Caráter personalíssimo.
		2.
		A CLT estabelece o conceito de empregado, sendo considerado "toda ________________ que prestar serviços de natureza ___________ a empregador, sob dependência deste e mediante _______________."
		
	
	
	
	pessoa física ou jurídica; esporádica; benefícios pecuniários.
	
	
	pessoa física ou jurídica; eventual; contraprestação específica.
	
	
	pessoa física; eventual; salário.
	
	 
	pessoa física; não eventual; salário
	
	
	pessoa física ou jurídica; não eventual; salário.
		3.
		Sueli foi contratada pela Sociedade Tudo Bem pecas e acessórias LTDA., para exercer a atividade funcional de auxiliar de almoxarifado, com uma jornada de Trabalho de 9.00 h as 16.00h, de segunda feira a sexta feira, tendo uma hora para refeição e descanso, subordinado pela supervisora Mara de Jesus. Analisando a situação de Sueli, marque a opção que esclarece quais os requisitos do empregado:
		
	
	
	 
	pessoalidade, pessoa física, não eventualidade, onerosidade e subordinação
	
	
	impessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica.
	
	
	pessoalidade, continuidade, exclusividade e subordinação.
	
	
	pessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica.
	
	
	pessoalidade, continuidade, confidencialidade e subordinação.
		4.
		A dependência (subordinação) exigida pela CLT para a existência de uma relação de emprego é:
		
	
	
	
	 
	Jurídica.
	
	
	Técnica.
	
	
	Social.
	
	
	Econômica.
	
	
	Filosófica.
		5.
		É considerado empregado toda pessoa física que prestar serviços a empregador tendo presentes as seguintes características:
		
	
	
	
	
	pessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica.
	
	
	impessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica.
	
	
	pessoalidade, continuidade, confidencialidade e subordinação.