A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
52 pág.
revista aço p 24

Pré-visualização | Página 1 de 12

Ano I - edição 2 - 2012
Circu le e sta revist a nos d e p
ar t
a m
en
to
s
• Desindustrialização e gestão de negócios
• Importação de aço dificulta mercado
w w w . a c o b r i l . c o m . b r
Chapas Grossas 
e extraGrossas
• 6 a 500mm de espessura
perfis Laminados i h U
perfis soLdados
serviços de Corte
• CnC oxiCorte
• CnC plasma
• serra de fita
açobriL.
transferindo vaLor 
para o neGÓCio de seUs CLientes.
Processos inteligentes e Pessoal qualificado, garantindo qualidade e comPetitividade.
desde 1964
Revista do aço – Ano I – Número 02 – é uma publicação bimestral da Editora Revista do Aço. 
 Editor-chefe Marcelo Lopes (marcelo@revistadoaco.com.br)
 Edição Carlos Alberto Pacheco (Mtb 14.652-SP 2) (redacao@revistadoaco.com.br)
 Projeto Editorial Revista do AÇO
 Projeto Gráfico Elbert Stein (artes@revistadoaco.com.br)
 Capa Elbert Stein 
 Colaboradores desta edição Laura Calado (edição), Isabel Alencar (GO 01141JP)
 Carlos Alberto Pacheco (Mtb 14.652-SP 2)
 Imagem de capa: sxc.hu e ilustração RA
 Cadastro: Marcia Corazzim (cadastro@revistadoaco.com.br)
 Publicidade e Comercial Luiz Cortez – (11) 9125-8489 (cortez@revistadoaco.com.br) 
Marcelo Lopes – (11) 7417-5433
 Impressão e Acabamento Mundial Graff Ltda
 Tiragem 10.000 exemplares
Redação, Publicidade, Administração e Correspondência:
Rua Manuel Buchalla, 180 – São Paulo – Cep: 04230-030 – SP – Brasil
Telefone: +55 (11) 2062-1231
A Revista do AÇO é uma publicação empresarial segmentada à Cadeia produtiva do AÇO, 
objetivando os setores Metal-mecânicos e Siderúrgicos 
 As matérias assinadas são de inteira de responsabilidade dos autores e não expressam 
necessariamente a opinião da revista. As matérias publicadas poderão ser reproduzidas, 
desde que autorizadas e citadas a fonte. Os infratores ficam sujeitos às penalidades da lei.
índice
Notícias do Aço .............................................................................................................................. 04
orientação
 Serra fita 3 serra circular ..........................................................................................10
Equipamentos
 Máquinas agrícolas .....................................................................................................14
Pesquisa
 Impactos da desindustrialização ............................................................................18
Investimento
 Investir para crescer ....................................................................................................22
Capa
 Aço na construção civil ..............................................................................................24
Tendência
 Fusões e aquisições.....................................................................................................34
Produção
 Importação de aço dificulta mercado interno ...................................................38
Perfil
 Tupy .................................................................................................................................43
Panorama
 Fusões na mineração ..................................................................................................46
Caderno de Classificados do Aço..........................................................................47
sx
c.
h
u
w w w . a c o b r i l . c o m . b r
Chapas Grossas 
e extraGrossas
• 6 a 500mm de espessura
perfis Laminados i h U
perfis soLdados
serviços de Corte
• CnC oxiCorte
• CnC plasma
• serra de fita
açobriL.
transferindo vaLor 
para o neGÓCio de seUs CLientes.
Processos inteligentes e Pessoal qualificado, garantindo qualidade e comPetitividade.
desde 1964
Receba gratuitamente 
a Revista do aÇo 
por correio, solicite e nos 
envie suas informações 
com contato e cargo 
para o envio, 
através do e-mail 
cadastro@revistadoaco.com.br
4 • Revista do Aço 
til recuou 7,5%, enquanto que a do vestuário caiu 
15,1%. O emprego também vai mal nos setores 
de calçados e couro (-7,0%), fumo (-5,7%), produ-
tos de metal (-5,5%), borracha e plástico (4,2%) e 
metalurgia básica (-2,9%), sempre na comparação 
entre o primeiro trimestre deste ano frente a igual 
período de 2011. 
 IndústrIa pagará 22% a maIs pelo gás 
A conta de gás natural ficará mais cara para a indús-
tria paulista. Empresários do Estado de São Paulo 
foram surpreendidos com a notícia de que as tari-
fas da distribuidora Comgás serão reajustadas em 
até 22% a partir de 1º de junho. Este será o terceiro 
aumento desde maio do ano passado. Nas últimas 
duas elevações, o preço subiu 19%. Ou seja, em um 
ano, a tarifa subirá 45%. A notícia provocou um le-
vante no setor industrial, que considera inadmissí-
vel um reajuste dessa magnitude num momento 
em que se discute retomada de competitividade. O 
secretário de Energia do Estado de São Paulo, José 
Aníbal, comprometeu-se a conversar com a Agên-
cia Reguladora de Saneamento e Energia do Estado 
de São Paulo (Arsesp) e com a Petrobras. Na média 
nacional, o Brasil tem a quarta maior tarifa indus-
trial do mundo. Perde só para Alemanha, República 
Checa e Estônia. Também detém o maior preço en-
tre os países do Bric (Brasil, Rússia, Índia e China). 
Enquanto no Brasil o gás custa US$ 16,8 (por milhão 
de BTU), na Índia custa US$ 5,2; na China, US$ 13,5; 
e na Rússia, US$ 3.
 Cobre atInge valor mínImo
Os contratos futuros do cobre recuaram para seu 
menor patamar em quatro meses, à medida que os 
investidores reduziram suas apostas em ativos sen-
síveis ao crescimento em reação aos temores de 
que o impasse político na Grécia poderá levar o país 
para uma saída turbulenta da zona do euro. A crise 
financeira na Europa deverá limitar o apetite já fraco 
do continente para o cobre e reduzir a demanda ao 
redor do mundo por meio da interrupção do fluxo 
do comércio internacional. O cobre subiu inicialmen-
te no comércio eletrônico durante a sessão asiática, 
um movimento que os traders atribuíram ao corte 
da taxa de depósito compulsório dos bancos em 0,5 
ponto porcentual, anúncio do Banco do Povo da Chi-
na (PBOC, em inglês) no fim de semana. No entan-
to, o metal apagou os ganhos antes da abertura dos 
mercados europeus. 
D
iv
u
lg
aç
ão
 demIssões na IndústrIa
Entre os 17 setores da indústria contemplados 
pela Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Sa-
lário (Pimes), 10 deles registraram redução do pes-
soal ocupado no primeiro trimestre deste ano, na 
comparação com igual período do ano passado. 
Desses, sete tinham registrado redução da produ-
ção física de acordo com o Instituto Brasileiro de 
Geografia e Estatística (IBGE). As demissões no se-
tor têxtil representaram queda de 5,1% do pessoal 
ocupado no período e de 6,5% no setor de vestuá-
rio. Na mesma comparação, a produção física têx-
Revista do Aço • 5
6 • Revista do Aço 
 merCedes-benz Inaugura nova fábrICa 
em JuIz de fora 
A Mercedes-Benz inaugurou oficialmente a sua nova 
fábrica de caminhões em Juiz de Fora (MG). Esta 
unidade, que antes montava automóveis, recebeu 
investimentos de R$ 450 milhões, num projeto que 
consumiu 18 meses para adaptar a linha à produção 
de veículos pesados. A previsão da montadora é que 
sejam produzidos inicialmente 15 mil veículos por 
ano dos modelos Accelo, caminhão leve, e o extrape-
sado Actros, que atualmente é importado da Alema-
nha. A meta da empresa é ampliar gradativamente o 
índice de nacionalização do Actros e chegar em 2014 
com 72% de conteúdo de peças nacionais.
A unidade de Juiz de Fora é considerada pela mon-
tadora como uma das mais modernas fábricas de 
caminhões do mundo. As inovações vão desde a 
pintura de paredes, vigas e iluminação, para tornar 
o ambiente agradável aos funcionários, até a linha 
de produção mais eficiente e flexível, com estoques 
reduzidos