A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
MORALIDADE X LEGALIDADE

Pré-visualização | Página 1 de 1

MORALIDADE X LEGALIDADE 
 Legalidade -um dos pilares do moderno Estado constitucional (Estado de direito); ligado ao ideal grego da isonomia (igualdade perante a lei) é todo ato que está de acordo com as leis de um país. Todo estado possui um conjunto de leis que garante direitos e estabelece deveres para todo cidadão, e que tem a finalidade de proporcionar o bem estar social e facilitar o convívio. Leis são decididas por uma minoria da sociedade e são arbitrarias, em caso de descumprimento existem as penalidades que variam de acordo com a lei quebrada.
Leis nem sempre procuram fazer justiça. De fato, na grande maioria das vezes, elas estão mais interessadas em fazer o que é melhor para a sociedade e para o Estado.
 nem tudo o que é legal é legítimo, e nem tudo o que é legítimo é legal ao mesmo tempo ,a Legalidade se refere ao exercício do poder e legitimidade a qualidade do poder .
Na linguagem do constitucionalismo, só haverá Estado da Legalidade se, e somente se, existir a combinação de poderes limitados (governados) e direitos individuais garantidos (vida, liberdade, bens).
A moralidade se refere à ética, decoro, lealdade, probidade e boa-fé na condução do aparato público. O respeito a estes preceitos é o mínimo que se espera do chefe do executivo ou de qualquer outro agente político, é um requisito da atividade administrativa (art. 37, da CF/88)’’ A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência ..’’

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.