Artigo Caracterização da Saída Norte de brasilia DF (Engenharia de Trasnporte e Logistica)
15 pág.

Artigo Caracterização da Saída Norte de brasilia DF (Engenharia de Trasnporte e Logistica)


DisciplinaArtigo Científico426 materiais946 seguidores
Pré-visualização2 páginas
CENTRO UNIVERSITÁRIO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA ENGENHARIA CIVIL
EDERSON ALVES DA SILVA & CRISTIANO DE FREITAS
Caracterização do sistema viário da saída norte Brasília \u2013 DF
Brasília -DF
2017
EDERSON ALVES DA SILVA & CRISTIANO DE FREITAS
Caracterização do sistema viário da saída norte Brasília \u2013 DF
Trabalho apresentado ao curso de Engenharia Civil do Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília como requisito parcial para a aprovação na disciplina Engenharia de Transporte e Logística. 
Orientadora:Profª Patrícia Bassalo Menezes
Brasília \u2013 DF
 2017
TEMA
Caracterização do sistema viário da saída norte Brasília \u2013 DF
PROBLEMA
Quais as características de duplicação da saída norte e como esse projeto ira beneficiar a população de Brasília. 
INTRODUÇÃO
O propósito do artigo é caracterizar o projeto de duplicação da saída norte de Brasília \u2013 DF e deixando evidente as alternativas construtivas que servirão para fluidez do transito na BR - 020 e saída norte de Brasília. 
No projeto está descrito duplicações de vias, construções de viadutos, reformas, implantação de transportes coletivos BRT, faixas de ciclovias, passarelas, construção de rodovia ligando UNB a Sobradinho como também novos conceitos atualizados para mobilidade urbana.
A situação dos congestionamentos diários vividos pelos usuários da BR-020 no trecho sobradinho a plano piloto e vice versa, que usam a via para deslocamentos rotineiros de compromissos diversos de necessidades cotidianas como: ensino, trabalho, saúde e ate lazer somando a necessidade de abastecimento do DF e Entorno de produtos diversos esta gerando alta demanda e crescente da via BR 020 por cada vez mais mobilidade, conforto, segurança e rapidez aos usuários, por esses diversos motivos ha necessidades urgentes de reformular essa parte de entroncamento de saídas para que melhore os serviços oferecidos da via ao usuário. 
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Será utilizado nesse artigo uma pesquisa bibliográfica focando enfatizar as características da via e consulta aos principais órgão públicos envolvidos nos projetos de equipamentos públicos complementares via e ao plano de ordenamento territorial do DF, e os futuros benefícios aos usuário da via proposto pelo projeto, com objetivo de descrever os pontos principais dos projetos que ira compor a duplicação da via, quanto a técnica de pesquisa será de documentação indireta. 
Conforme a avanço da tecnologia, muitas pessoas saem de seus estados em busca de desafios e melhor qualidade de vida nas grandes cidades, onde estão as fábricas e os desenvolvimentos administrativos federais. Brasília, também passou por esse processo de crescimento, apesar de não possuir desenvolvimento industrial, ela é marco em instituições organizacionais e governamentais. Foi projetada para comportar cerca de quinhentos mil habitantes, Brasília se tornou atrativo as pessoas de outros estados do Brasil, com estimativa de um bom emprego e melhor qualidade de vida, contudo, hoje estamos com mais de quatro milhões de habitantes na cidade e com infra-estrutura defasada a qual traz congestionamentos urbanos e prejuízos econômicos aos populares e ao distrito.
Com base em estudos pelo DER/DF verificou-se o acumulo de veículos particulares advindos das regiões de sobradinho e Planaltina ao centro de Brasília, verificou-se também que no estudo a maior parte da população dessas regiões administrativas utiliza esse tipo de transporte, pelo simples fato da comodidade e privacidade. Assim sendo, com base em legislação vigente medidas foram tomadas como o plano diretor de mobilidade urbana onde se faz presente nessa situação. A Lei Distrital nº 4.566, aprovada em 04 de maio de 2011, dispõe sobre o Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade do Distrito Federal \u2013 PDTU/DF. O Referido Plano é uma exigência do Estatuto das Cidades que determina que todas as cidades com mais de quinhentos mil habitantes tenham o seu Plano Diretor de Transportes vinculando crescimento e desenvolvimento as cidades.
Foram definidas as estratégias e métodos construtivos para efeito de desafogar do transito na saída norte de Brasília com destino as cidade de Sobradinho e Planaltina como também o fluxo na BR-020.
Nota-se também o quanto foi dispendioso os processos de duplicação da via, atrelando maior tempo de retrabalho durante sua construção, por motivo de falta de verbas e investimentos do governo, contudo em 2015 um financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES veio conceder a retomada das obras e assim conduzir a sua conclusão.
Além das duplicações das vias há a incorporação de ciclovias, passarelas e a revitalização da ponte de Braghetto, pois a ponte além de está em péssimas condições traz riscos a comunidade e motoristas, pois o fluxo de veículos e intenso e diário. No projeto consta a reconstrução da ponte do Bragueto construções de viadutos e vias marginais e receptoras.
Essas políticas públicas de mobilidade urbana trazem consigo referências e relatórios do IBGE que apontam as preferências da população da cidade de Brasília e entorno e qual seu perfil de modal mais utilizado no decorrer dos anos, assim com esses dados são definidos o que deve ser acrescentados alem da duplicação da via, a incorporação do VLT ou BRT. 
As políticas públicas devem priorizar o transporte público como ônibus e metro, bem como definir e acrescentar linhas aos destinos. Com isso diminuir as desigualdades sociais com relação a deslocamento, congestionamento, poluição e possíveis acidentes.
Deve ser feito uma maior divulgação dos objetivos do projeto de que só apenas com a duplicação das vias da saída norte a situação de engarrafamento vai ser resolvida e que pode continuar pois a demanda da via cresce exponencialmente e difícil projeta vias com essa demanda crescente, então deve buscar outros modais como o VLT ou BRT entre outros meios de transporte coletivos e de qualidade, os quais serão englobados nos planos futuros.
1º foto de Mapa do saída norte de Brasília efetuado o estudo pela CODEPLAN e DER em 1975.
2º foto de Mapa do saída norte de Brasília efetuado o estudo pela CODEPLAN e DER em 1994.
3º foto de Mapa da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
4º foto de Mapa da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
5º foto de Mapa da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
6º foto de Mapa da saída norte de Brasília DF-007 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
7º Projeção por Software de animação de previsão quando finalizado o projeto de ampliação da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
8º Projeção por Software de animação de previsão quando finalizado o projeto de ampliação da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
9º Projeção por Software de animação de previsão quando finalizado o projeto de ampliação da saída norte de Brasília DF-003 efetuado o estudo pelo DER em 2011.
10º Projeção por Software de animação de previsão quando finalizado o projeto de ampliação da saída norte de Brasília Faixas de rolamento com sinalização saídas efetuado o estudo pelo DER em 2011.
11º Projeção por Software de animação de previsão quando finalizado o projeto de ampliação da saída norte de Brasília Faixas de rolamento com sinalização saídas efetuado o estudo pelo DER em 2011.
BIBLIOGRAFIA
http://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2016/06/03/obras-na-saida-norte-sao-retomadas/
http://www.der.df.gov.br/servicos/obras/projetos/item/2830-df-002-df-007-trevo-de-triagem-norte-ttn.html#!prettyPhoto[gallery1950c8273b]/1/
http://www.der.df.gov.br/servicos/obras/projetos/item/2829-df-003-epia-%03amplia%C3%A7%C3%A3o-do-sistema-vi%C3%A1rio-liga%C3%A7%C3%A3o-torto-colorado.html
http://sectordialogues.org/sites/default/files/mobilidade_urbana_web.pdf
http://www.semob.df.gov.br/programas-projetos/pdtu/pdtu.html
ABNT- Associação Brasileira