A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV FUNDAMENTOS DE COM EXTERIOR 2014/

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação:  FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR
	Tipo de Avaliação: AV
	
	Professor:
	SILVIO MONTES PEREIRA DIAS
	Turma: 
	Nota da Prova: 5,0        Nota de Partic.: 1        Data: 04/06/2014 
	�
	 ��1a Questão (Ref.: 201201730530)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Os exportadores preferem fechar os seus negócios com a forma de pagamento mundialmente conhecida como crédito documentário ou carta de crédito. O motivo financeiro desta preferência é:
	
	
	A rede bancária, nesta forma de pagamento, não oferece ao exportador garantias financeiras, a não ser que o importador se comprometa a pagar o valor da fatura junto ao vendedor.
	 
	A rede bancária oferece garantias financeiras e vai honrar o valor da carta de crédito desde que o exportador apresente documentos de embarque em boa ordem, sem discrepâncias.
	
	A rede bancária vai honrar o valor da carta de crédito em favor do exportador, desde que seja verificada se a mercadoria chegou ao destino em perfeitas condições e previamente aprovada pelo importador.
	
	A rede bancária internacional não se responsabiliza pelo pagamento do valor da carta de crédito, pois essa questão se refere ao relacionamento entre o vendedor e comprador.
	
	A rede bancária emite a carta de crédito com garantias financeiras e vai honrar o valor da carta de crédito para o exportador, mesmo que sejam apresentados documentos discrepantes.
	
	�
	 ��2a Questão (Ref.: 201201712538)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Os incentivos fiscais aplicáveis às empresas produtoras na exportação indireta são:
	
	
	Imunidade do pagamento do IPI, não-incidência do ICMS, além de isenção do Imposto de Renda
	 
	Imunidade do pagamento do IPI, não-incidência do ICMS, além de isenção do PIS e do COFINS
	
	Não-incidência do ICMS, além de isenção do Imposto de Renda
	
	Suspensão do pagamento do IPI, não-incidência do ICMS, além de isenção do PIS e do COFINS
	
	Imunidade do pagamento do IPI, isenção do PIS e isenção do COFINS
	
	�
	 ��3a Questão (Ref.: 201201888724)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	No transporte marítimo, quando o exportador se apresenta com a carga no porto de embarque, ocorrem uma serie de despesas, como armazenagem, capatazias, estiva e outras taxas logísticas próprias da manipulação da carga que será embarcada. Essas despesas internas devem ser repassadas ao importador?
	
	
	Normalmente essas despesas portuárias ocorrem por conta do despachante aduaneiro, pois o objetivo do trabalho dele é embarcar as mercadorias.
	 
	Embora estejam ocorrendo antes do embarque, essas despesas fazem parte do esforço de venda, assim, podem ser repassadas ao importador, na planilha de formação do preço internacional.
	
	Essas despesas portuárias quem deve paga-las é a companhia marítima, pois estão incluídas no frete internacional.
	
	todas as despesas antes do embarque são por conta do exportador, assim, não podem ser repassadas ao cliente.
	
	Todas as despesas de embarque que ocorrem no porto, são por conta da empresa inspetora da carga, pois ao final da operação, vai emitir um certificado dizendo que a carga está a bordo em boas condições.
	
	�
	 ��4a Questão (Ref.: 201201911633)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Quais os Regimes Aduaneiros apresentados no Comércio Exterior Brasileiro?
	
	 
	Comum, Especial e Aplicado em Áreas Especiais
	
	Barreiras Tarifárias e Não Tarifárias.
	 
	Incentivos Fiscais e Tributários.
	
	Nenhuma das respostas anteriores.
	
	Normal e Antecipado.
	
	�
	 ��5a Questão (Ref.: 201201737533)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Assinale a afirmativa incorreta:
	
	
	O Banco Central administra o Sisbacen.
	 
	O Banco do Brasil estabelece as normas sobre as operações de câmbio.
	 
	A Camex tem como objetivo implementar e coordenar as políticas e atividades relativas ao comércio exterior brasileiro.
	
	A Secretaria da Receita Federal fiscaliza a entrada e saída de produtos no país.
	
	A Secex tem a função, dentre outras, de autorizar as operações de importação e exportação.
	
	�
	 ��6a Questão (Ref.: 201201700453)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	No regime comum de importação e exportação de mercadorias ocorre, via de regra, o pagamento de tributos. Entretanto, devido à dinâmica do comércio exterior e para atender a algumas peculiaridades, o governo criou mecanismos que permitem a entrada ou a saída de mercadorias do território aduaneiro com suspensão ou isenção de tributos. Estes mecanismos são denominados (marque a única alternativa correta):
	
	
	Regimes Comuns, Aduaneiros e Especiais.
	 
	Regimes Aduaneiros Especiais.
	
	Regimes Especiais, Aduaneiros e Atípicos.
	
	Regimes Aduaneiros Especiais e Atípicos.
	
	Regimes Aduneiros Comuns.
	
	�
	 ��7a Questão (Ref.: 201201817937)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Os fatores estratégicos abaixo mencionados alavancaram a economia brasileira nos últimos anos. Marque a única opção fora do contexto.
	
	
	O Fim do déficit comercial
	
	O vigoroso aumento do preço das commodities
	 
	A importação de produtos chineses
	
	A Valorização do Real
	
	A queda dos juros
	
	�
	 ��8a Questão (Ref.: 201201817881)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	O Comércio Internacional é regulado por vários organismos internacionais que têm por objetivo fomentar o fluxo de mercadorias e trocas internacionais promovendo o equilíbrio do comércio global. Marque a única opção correta:
	
	
	Os organismos internacionais estabelecem acordos e tratados internacionais de comércio favorecendo os países industrializados
	 
	Os organismos internacionais promovem a resolução de práticas de comércio internacional entre os países signatários promovendo o equilíbrio do comércio global.
	
	Os organismos de natureza privada estabelecem acordos e tratados internacionais de comércio favorecendo os países em desenvolvimento
	
	Os organismos de natureza privada promovem o desequilíbrio do comércio global
	
	Os organismos internacionais promovem a resolução de práticas de comércio internacional promovendo o desequilíbrio do comércio global.
	
	�
	 ��9a Questão (Ref.: 201201745774)
	Pontos: 1,0  / 1,5
	Descreva as funções dos órgãos gestores do comércio exterior brasileiro e dos dois principais sistemas operacionais
	
	
	
Gabarito: Camex: coordenação e estabelecimento das diretrizes do comércio exterior brasileiro; RFB: aspectos fiscais; Bacen: aspectos cambiais; Secex: aspectos administrativos e de defesa comercial. Siscomex: opera os registro das operações para efeitos fiscais, administrativos e comerciais; Sisbacen: opera os registros cambiais.
	
	�
	10a Questão (Ref.: 201201737868)
	Pontos: 0,0  / 1,5
	Qual a importância do conhecimento de embarque no despacho aduaneiro de importação?
	
	
	
Gabarito: O conhecimento de embarque é o documento mais importante do comércio exterior e a sua importância se dá pelo fato de ser o conhecimento de embarque que transfere a propriedade da mercadoria.