A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
5. Sistemas de Preços - parte II

Pré-visualização | Página 1 de 2

Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
5. Sistemas de preços: 
Parte II 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Lei geral da demanda 
A quantidade demandada de um bem ou serviço, 
em qualquer período de tempo, varia 
inversamente ao seu preço, ceteris paribus* (isto 
é, pressupondo-se que tudo o mais que possa 
afetar a demanda permaneça o mesmo). 
 
 
* Ceteris paribus (inclui ai, especialmente, a renda, o 
gosto e preferência do consumidor, o preço dos bens 
relacionados e as expectativas quanto à renda, 
preços e disponibilidades) 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Lei geral da demanda 
Convenções: 
 
Situação I: Se P↓, então Xd↑ 
 
Situação II: Se P ↑, então Xd ↓ 
 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Lei geral da demanda 
Fatores determinantes da relação inversa 
entre preço e quantidade demandada: 
 
n  Efeito substituição: tendência à 
substituição do bem com preço majorado; 
ou de sua compra, em situação inversa; 
n  Efeito renda: tendência à aquisição do 
bem pelo aumento do poder de compra da 
renda, ou de abstinência, em situação 
contrária. 
 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Exceções à lei geral da demanda 
 
Bens de Giffen: bens de baixo valor, de 
grande peso no orçamento de 
segmentos sociais de baixa renda; 
 
Bens de Veblen: bens de consumo 
ostentatório. Supostamente conferem 
distinção social. 
 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
A oferta 
Conceito de oferta individual: 
1.  Oferta é um desejo, uma aspiração 
de vender no mercado, por unidade 
de tempo; 
2.  A oferta, assim como a demanda, é 
um fluxo por unidade de tempo. Ex.: 
um produtor que deseja oferecer 
50kg de açúcar, por mês. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Elementos determinantes da oferta 
n  O preço do bem; 
n  Os preços dos fatores de produção; 
n  A tecnologia; 
n  O preço de outros bens; 
n  As expectativas; 
n  Condições climáticas 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Escala de oferta individual 
Escala de oferta: é “a quantidade máxima de 
um determinado bem ou serviço que esse 
produtor estará disposto a oferecer a 
diferentes preços possíveis, coeteris 
paribus”. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Lei geral da oferta 
n  A oferta de um produto ou serviço qualquer, em 
determinado período de tempo, varia na razão 
direta da variação de preços desse produto ou 
serviço, ceteris paribus. 
n  Considera-se o preço a partir de um nível de 
preços tal que seja suficiente para fazer face ao 
custo de produção do mesmo até o limite 
superior de pleno emprego dos fatores (de 
produção)... 
n  A partir desse ponto, a quantidade ofertada se 
tornará constante, ainda que os preços em 
referência possam continuar subindo. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Lei geral da oferta 
Convenções: 
 
Situação I: Se P ↑, então Xs↑ 
 
Situação II: Se P ↓, então Xs ↓ 
 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
A oferta de mercado 
Preço Quantidade ofertada 
Produtor A Produtor B Mercado (A
+B) 
100,00 400 600 1.000 
80,00 300 500 800 
60,00 200 400 600 
40,00 100 300 400 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
A oferta de mercado 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
O EQUILÍBRIO DE MERCADO 
Cruzando oferta e demanda 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Escalas de oferta e demanda de 
mercado de camisas 
Preço 
(R$/camisa)
Quantidade 
demandada 
(por mês)
Quantidad
e ofertada 
(por mês)
Excesso de oferta (+) 
Excesso de demanda (-)
Preço Demanda Oferta
100,00 1.000 11.000 10.000
90,00 2.000 10.000 8.000
80,00 3.000 9.000 6.000
70,00 4.000 8.000 4.000
60,00 5.000 7.000 2.000
50,00 6.000 6.000 0
40,00 7.000 5.000 -2.000
30,00 8.000 4.000 -4.000
20,00 9.000 3.000 -6.000
10,00 10.000 2.000 -8.000
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Escalas de oferta e demanda de 
mercado de camisas 
y = -0,01x + 110 y = 0,01x - 10
0,00
10,00
20,00
30,00
40,00
50,00
60,00
70,00
80,00
90,00
100,00
110,00
120,00
0 2.000 4.000 6.000 8.000 10.000 12.000
Quantidade (x)
Preço (y)
Demanda
Oferta
Linear (Demanda)
Linear (Oferta)
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Oferta e demanda 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Mudanças nas curvas de 
demanda e oferta 
... e alterações de equilíbrio 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Demanda 
É importante a distinção entre o que 
é mudanças na quantidade 
demandada e mudanças na 
demanda de um bem. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre demanda e renda do 
consumidor 
n  Bens normais: relação direta entre renda e 
demanda; 
n  Bens inferiores: relação inversa entre renda 
e demanda; 
n  Bens de consumo saciado: “aumentos da 
renda para além do ponto de saciedade não 
altera demanda”. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre demanda e preços de 
outros bens 
n  Bens substitutos: aumento do preço de outro 
bem leva ao deslocamento da demanda para 
a direita; 
n  Bens complementares: aumento do preço de 
outro bem leva ao deslocamento da 
demanda para a esquerda. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre demanda e 
mudanças no gosto do 
consumidor 
n  Propaganda publicitária favorável provoca 
aumento na demanda; 
n  Propaganda publicitária desfavorável 
provoca diminuição na demanda. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre demanda e mudanças 
em outras variáveis 
n  Expectativa de aumento de renda provoca 
aumento na demanda; 
n  ...e de diminuição provoca diminuição na 
demanda. 
Além disso... 
n  Expectativa de aumento de preço provoca 
aumento na demanda; 
n  ...assim como a de diminuição de preço 
provoca diminuição na demanda. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre demanda e mudanças 
em outras variáveis 
n  Expectativa de aumento de oferta pode 
provocar diminuição na demanda; 
n  Expectativa de diminuição de oferta pode 
provocar aumento na demanda. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Oferta 
Também é importante a distinção 
entre o que é mudanças na 
quantidade ofertada e mudanças na 
oferta de um bem 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre oferta e variáveis de 
produção 
n  Preços de fatores de produção: aumento do 
preço de fatores de produção leva ao 
deslocamento da oferta para a esquerda; 
n  Tecnologia: inovação tecnológica pode levar 
ao deslocamento da oferta para a direita. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre oferta e preços de 
outros bens 
n  Bens substitutos na produção: aumento do 
preço de outro bem leva ao deslocamento da 
oferta para a esquerda; 
n  Bens complementares de produção: 
aumento do preço de outro bem leva ao 
deslocamento da oferta para a direita. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Relação entre oferta e outras 
variáveis 
n  Expectativas: de preços, por exemplo; 
n  Condições climáticas. 
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia A I 
Um exemplo numérico 
Considere o mercado de camisas de uma 
cidade descrito pela Tabela abaixo: 
Tabela 1 - Escalas de oferta e demanda de camisas 
 
Preço 
(R$/camisa)
Quantidade 
demandada 
(por mês)
Quantidade 
ofertada 
(por mês)
Preço Demanda Oferta
100,00 3.000 11.000
90,00 4.000 10.000
80,00 5.000 9.000
70,00 6.000 8.000
60,00 7.000 7.000
50,00 8.000 6.000
40,00 9.000 5.000
30,00 10.000 4.000
20,00 11.000 3.000
10,00 12.000 2.000
Mario Rodarte (Cedeplar/UFMG) Economia