A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
145 pág.
Apostila Mercado de Capitais 2018

Pré-visualização | Página 1 de 49

�PAGE �512�
�PAGE �10�
 
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
CONTABILIDADE DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E MERCADO DE CAPITAIS
Professor : José Tomáz Pereira
Mestre em Ciências Contábeis – UFRJ
Reg. No. 12400-1
CRC-MG 23.618
Todo trabalho é digno, desde que desempenhado com lealdade, dignidade e afinco”
Atualização 2018
�
SUMÁRIO:
9APRESENTAÇÃO:	�
10CAPÍTULO I	�
101 - SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL	�
101.1 - Conceitos:	�
101.2 - Composição:	�
101.3 - Objetivo do Sistema Financeiro Nacional:	�
102 - CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL - CMN	�
102.1 - Composição:	�
112.2 - Atribuições:	�
112.3 - Objetivos:	�
123 - BANCO CENTRAL DO BRASIL - BACEN	�
123.1 - Conceito:	�
123.2 – Atribuições:	�
134 - BANCO DO BRASIL S.a.	�
134.1 - Atribuições:	�
144.2 – Breve Histórico	�
145 - BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL – BNDES.	�
145.1 - Conceito:	�
145.2 – Atribuições Básicas:	�
156 - INSTITUIÇÕES E INSTRUMENTOS FINANCEIROS	�
157 - POUPANÇA:	�
168 - INVESTIMENTO:	�
169 - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA	�
169.1 – Classificação das Instituições Financeiras	�
1710 - ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DE UM SISTEMA FINANCEIRO	�
1911 - SEGMENTAÇÃO DO MERCADO FINANCEIRO QUANTO AOS TIPOS E ÀS FINALIDADES DAS OPERAÇÕES DE INTERMEDIAÇÃO PRATICADAS	�
2011.1 - Mercado de Crédito	�
2011.2 - Mercado Monetário	�
2011.3 - Mercado de Capitais	�
2111.4 - Mercado Cambial	�
2112 - COMISSÃO DE VALORES IMOBILIÁRIOS - CVM	�
2213 - BANCOS COMERCIAIS	�
2213.1 - Operações Ativas:	�
2213.2 - Operações Passivas:	�
2313.3 - Prestação de serviços:	�
2313.4 – Operações acessórias:	�
2414 - BANCO DE INVESTIMENTO	�
2515 - SOCIEDADES DE CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO – FINANCEIRAS -	�
2516 -SOCIEDADE DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO (S.C.I.) E ASSOCIAÇÕES DE POUPANÇA E EMPRÉSTIMOS (A.P.E.s.)	�
2617 - BANCOS MÚLTIPLOS	�
2618 - ADMINISTRADORAS DE CONSÓRCIO	�
2719 - SOCIEDADES CORRETORAS DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS	�
2720 - SOCIEDADES CORRETORAS DE CÂMBIO	�
2821 - SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS – SUSEP	�
2822 - SOCIEDADES SEGURADORAS	�
2823 - SOCIEDADES DE CAPITALIZAÇÃO	�
2824 - ENTIDADES ABERTAS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR	�
2925 - ENTIDADES FECHADAS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR (FUNDOS DE PENSÃO)	�
2926 - AGÊNCIAS DE FOMENTO	�
2927 - ASSOCIAÇÕES DE POUPANÇA E EMPRÉSTIMO	�
3028 - BANCOS DE DESENVOLVIMENTO	�
3029 - COMPANHIAS HIPOTECÁRIAS	�
3030 - SOCIEDADES DISTRIBUIDORAS DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS	�
3131 - SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR – SPC	�
3132 - IRB – Brasil Resseguros	�
3133 - CAIXAS ECONÔMICAS:	�
3234 - SOCIEDADE DE ARRENDAMENTO MERCANTIL - LEASING	�
3235 - COOPERATIVAS DE CRÉDITO	�
3336 - COOPERATIVAS CENTRAIS DE CRÉDITO	�
3337 – FACTORING	�
3438 - FUNDOS DE INVESTIMENTOS	�
3538.1 - - Fundos Mútuos de ações:	�
3538.2 - - Fundos de renda fixa:	�
3538.3 - - Fundos de Renda Variável;	�
3638.4 - Fundos mútuos de investimento:	�
3638.5 - – Fundos Mútuos de Investimento em Ações – Carteira Livre;	�
3638.6 - – Fundo de Investimento Financeiro – FIF:	�
3638.7 - – Fundo de Investimento Financeiro – Curto Prazo:	�
3638.8 - – Fundo Imobiliário:	�
3739 - CLUBES DE INVESTIMENTO	�
3839.1 - – Clube de investimento – FGTS	�
3840 - AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTO	�
44ANEXO I	�
44AGENTE AUTÔNOMO PESSOA FISICA	�
45ANEXO II	�
45AGENTE AUTÔNOMO PESSOA JURÍDICA	�
5041 – 	REESTRUTURAÇÃO DO SISTEMA DE PAGAMENTO BRASILEIRO – SPB	�
5041.1 - Sistema de Liquidação-Visão geral (fonte Bacen.org.br)	�
5141.2 - Câmara Interbancária de Pagamentos - CIP	�
5141.3 - Câmara TecBan :	�
51CAPITULO II	�
5142 - PRINCIPAIS OPERAÇÕES BANCÁRIAS	�
5142.1 - DEPÓSITOS	�
5142.1.1 - DEPÓSITOS À VISTA	�
5142.1.2 - DEPÓSITOS A PRAZO	�
5242.1.3 - DEPÓSITOS SOB AVISO	�
5242.1.4 - DEPÓSITOS DE POUPANÇA	�
5242.1.5 - DEPÓSITOS INTERFINANCEIROS	�
5242.1.6 – Depósitos Judiciais	�
5242.1.7 – Depósitos Vinculados	�
5343 - ORDENS DE PAGAMENTO	�
5344 - COBRANÇAS	�
5345 - OPERAÇÕES DE CRÉDITO - (Empréstimos)	�
5345.1 - EMPRÉSTIMOS EM CONTA SIMPLES	�
5445.2 - EMPRÉSTIMOS TÍTULOS CAUCIONADOS	�
5445.3 - EMPRÉSTIMOS TÍTULOS DESCONTADOS	�
5445.3.1 - Desconto de Títulos Financeiros e Efeitos Comerciais	�
5545.4 – FINANCIAMENTOS RURAIS	�
5546 - ELENCO DE CONTAS UTILIZADAS NAS OPERAÇÕES MAIS COMUNS NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS:	�
5946.1 - JUROS SIMPLES E COMPOSTOS	�
6046.1.1 - Juros Simples	�
6146.1.2 - Juros Compostos	�
6246.1.3 - Exemplos de contabilização	�
6347 - CÂMBIO	�
6347.1 - - Principais operações no mercado cambiário são as seguintes:	�
6347.1.1 - - Câmbio Manual	�
6347.1.2 - Câmbio Sacado	�
6448 - PRINCIPAIS RECOMENDAÇÕES ESTABELECIDAS PELO COMITÊ DE SUPERVISÃO BANCÁRIA DO BIS - “ Acordo da Basiléia “	�
6449 - - TRIBUTAÇÃO DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS	�
6549.1 - Alteração da alíquota do imposto de renda	�
6549,2, - Tributação dos fundos e clubes de investimento	�
6549.3 - Imposto de renda retido na fonte	�
6649.3.1 - A incidência desse imposto não se aplica:	�
6649.3.2 - Isenção do imposto de renda	�
6650 - CDI – CERTIFICADO DE DEPÓSITOS INTERFINANCEIROS	�
6651 - SELIC – SISTEMA ESPECIAL DE LIQUIDAÇÃO E CUSTÓDIA	�
6752 - CETIP – CENTRAL DE CUSTÓDIA E DE LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA DE TÍTULOS PRIVADOS	�
6753 - LTN – LETRAS DO TESOURO NACIONAL	�
6754 - LFT – LETRAS FINANCEIRA DO TESOURO	�
6755 - BBC – BÔNUS DO BANCO CENTRAL	�
6856 - LBC – LETRAS DO BANCO CENTRAL	�
6857 - NBC – NOTAS DO BANCO CENTRAL	�
6858 - NTN – Notas do Tesouro Nacional	�
68CAPITULO III	�
6859 - BOLSAS DE VALORES	�
6859.1 -A Bolsa, como em outros mercados de capitais tem que cumprir os seguintes requisitos:	�
6859.2 - Os principais objetivos de uma Bolsa de Valores são:	�
6959.3 - Na bolsa, participam vários tipos de pessoas físicas ou jurídicas:	�
6959.4 - As pessoas que negociam ações nas Bolsas de Valores podem se enquadrar em:	�
6959.4.1 – Os investidores institucionais:	�
6959.4.2 – Os investidores pessoas físicas ou jurídicas:	�
6959.4.3 - Investidores:	�
6959.4.4 Gestores Financeiros:	�
6959.4.5 - Especuladores:	�
6959.5 - Unificação das bolsas e negociação eletrônica	�
7059.6 - Mercado de Bolsa	�
7059.7 - Origens	�
7159.8 - - Evolução no Brasil	�
7359.9 - Objetivos Sociais das Bolsas	�
7359.10 - Dos Pregões A Viva Voz E Eletrônico	�
7359.11 – Do After- Market	�
7359.12 - Do Mercado À Vista	�
7359.12.1 - -Regras Aplicáveis Aos Proventos No Mercado À Vista	�
7359.12.2 – Principais Tipos de Ordem de Compra e Venda	�
7459.12.3 – Direitos e Proventos de uma Ação	�
7559.13 - Do Mercado A Termo	�
7559.13.1 - Tipos e Formas De Operações A Termo	�
7659.14 - DAS ORDENS E OFERTAS DE COMPRA OU VENDA	�
7659.14.1 - Dos Tipos de Ordens	�
7659.15 - Das Operações Day-Trade	�
7659.15.1 - Da Liquidação	�
7759.15.2 - Das Restrições	�
7759.16 - Mercado de Opções	�
7959.16.1 - Como as Opções de Compra São Negociadas	�
7959.16.2 - Como a Opção é Exercida	�
8059.17 - Na Bovespa o que é o Ombudsman	�
8059.18 - Mercado Primário de Títulos	�
8159.19 - Mercado Secundário de Títulos	�
8259.20 - Investidores	�
8259.21 – Aluguel (empréstimo) de ações:	�
8360 - PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA A ABERTURA DO CAPITAL DAS EMPRESAS	�
8460.1 – Oferta Pública Primária e secundária de Ações	�
8460.1.1- Oferta Pública Primária -	�
8460.1.2 – Oferta Pública Secundária –	�
8460.1.3 – Registro na C.V.M.	�
8560.1.4 – Finalidades do registro na CVM	�
8560.1.5 – Etapas do Registro na CVM	�
8560.2 – Aprovação do registro pela CVM –	�
8560.3 - Manutenção do Registro na CVM –	�
8560.4 – Registro em Bolsas de Valores	�
8660.5 – Lançamento de Valores Mobiliários -	�
8660.6 – Escolha do Intermediário financeiro – (Coordenador)	�
8660.7 – Definição do perfil da operação	�
8660.8 – Contrato de coordenação ou distribuição	�
8760.9 – Formação do pool de distribuição