A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
83 pág.
AULA 5 LEI ORGANICA DA SAUDE 8080 90

Pré-visualização | Página 10 de 23

pois a palavra ano foi trocada por mês. Logo, o gabarito da 
questão é a letra D. 
 
24. (Prefeitura de Manaus-AM/2012/CETRO) De acordo com a Lei nº 8.080/90, à direção 
nacional do Sistema Único da Saúde (SUS) compete, entre outros, 
I. formular, avaliar e apoiar políticas de alimentação e nutrição. 
II. participar na formulação e na implementação apenas das políticas de controle das agressões ao 
meio ambiente e de saneamento básico. 
III. participar da definição de normas e mecanismos de controle, com órgão afins, de agravo sobre 
o meio ambiente ou dele decorrentes, que tenham repercussão na saúde humana. 
É correto o que está contido em 
a) I e II, apenas. 
b) II e III, apenas. 
c) I e III, apenas. 
d) I, II e III. 
e) I, apenas. 
COMENTÁRIOS: 
À direção nacional do Sistema Único da Saúde (SUS) compete (Lei nº 8.080/90, art. 16): 
I - formular, avaliar e apoiar políticas de alimentação e nutrição; 
II - participar na formulação e na implementação das políticas de: a) de controle das 
agressões ao meio ambiente; b) de saneamento básico; e c) relativas às condições e aos 
ambientes de trabalho (a palavra apenas tornou o item errado); 
IV - participar da definição de normas e mecanismos de controle, com órgãos afins, de 
agravo sobre o meio ambiente ou dele decorrentes, que tenham repercussão na saúde humana. 
O gabarito da questão é a letra C, já que o item II é o único incorreto. 
 
JERCIANE MACEDO DOS REIS - 640.276.783-20
 
 
 
36 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br 
 L e g i s l a ç ã o d o S U S C o m p l e t o e G r a t u i t o 
 
Página 36 
25. (Prefeitura de Botucatu-SP/2012/CETRO) À direção nacional do Sistema Único de Saúde, 
compete: 
I. estabelecer critérios, parâmetros e métodos para o controle da qualidade sanitária de produtos, 
substâncias e serviços de consumo e uso humano. 
II. promover a descentralização para os Municípios dos serviços e das ações de saúde. 
III. acompanhamento, a avaliação e divulgação dos indicadores de morbidade e mortalidade no 
âmbito da unidade federada. 
É correto o que está contido em 
a) I, apenas. 
b) II, apenas. 
c) III, apenas. 
d) II e III, apenas. 
e) I, II e III. 
COMENTÁRIOS: 
O acompanhamento, a avaliação e divulgação dos indicadores de morbidade e 
mortalidade, no âmbito da UNIDADE FEDERADA, é atribuição da DIREÇÃO ESTADUAL 
do SUS (Lei nº 8.080/90, art. 17, inciso XIV). 
As competências dos entes federativos, no âmbito do SUS, em relação às áreas de Vigilância 
Sanitária, Epidemiológica e Saúde do Trabalhador podem ser sintetizadas nas tabelas abaixo: 
 
Principais Competências dos Entes Federativos no SUS - Lei nº 8.080/90 
VIGILÂNCIA SANITÁRIA, EPIDEMIOLÓGICA E SAÚDE DO TRABALHADOR 
União (art. 16) Estados (art.17) Municípios (art. 18) 
 definir e coordenar os 
sistemas: 
a) de redes integradas de 
assistência de alta 
complexidade; 
b) de rede de laboratórios de 
saúde pública; 
c) de vigilância 
epidemiológica; 
d) vigilância sanitária; 
 coordenar e participar 
na execução das ações de 
vigilância epidemiológica; 
 coordenar e, em caráter 
complementar, executar ações e 
serviços: 
a) de vigilância epidemiológica; 
b) de vigilância sanitária; 
c) de alimentação e nutrição; 
d) de saúde do trabalhador; 
 acompanhamento, a 
avaliação e divulgação dos 
indicadores de morbidade e 
mortalidade no âmbito da unidade 
federada; 
 executar serviços: 
a) de vigilância 
epidemiológica; 
b) vigilância sanitária; 
c) de alimentação e 
nutrição; 
d) de saúde do 
trabalhador; 
JERCIANE MACEDO DOS REIS - 640.276.783-20
 
 
 
37 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br 
 L e g i s l a ç ã o d o S U S C o m p l e t o e G r a t u i t o 
 
Página 37 
As competências dos entes federativos, no âmbito do SUS, em relação à Saúde do 
Trabalhador, podem ser detalhadas na tabela abaixo: 
 
Principais Competências dos Entes Federativos no SUS - Lei nº 8.080/90 
SAÚDE DO TRABALHADOR 
União (art. 16) Estados (art.17) Municípios (art. 18) 
 participar da definição 
de normas, critérios e padrões 
para o controle das condições e 
dos ambientes de trabalho e 
coordenar a política de saúde 
do trabalhador; 
 participar das ações de 
controle e avaliação das 
condições e dos ambientes de 
trabalho; 
 participar da execução, 
controle e avaliação das 
ações referentes às 
condições e aos ambientes 
de trabalho; 
 
As competências dos entes federativos, no âmbito do SUS, em relação à Vigilância 
Sanitária, podem ser detalhadas na tabela abaixo: 
 
Principais Competências dos Entes Federativos no SUS - Lei nº 8.080/90 
VIGILÂNCIA SANITÁRIA 
 
União (art. 16) Estados (art.17) Municípios (art. 18) 
 estabelecer critérios, 
parâmetros e métodos para o controle 
da qualidade sanitária de produtos, 
substâncias e serviços de consumo e 
uso humano; 
 controlar e fiscalizar 
procedimentos, produtos e substâncias 
de interesse para a saúde; 
 A União poderá executar ações 
de vigilância epidemiológica e 
sanitária em circunstâncias especiais, 
como na ocorrência de agravos 
inusitados à saúde, que possam escapar 
do controle da direção estadual do SUS 
ou que representem risco de 
disseminação nacional; 
 formular normas e 
estabelecer padrões, em 
caráter suplementar, de 
procedimentos de controle 
de qualidade para produtos e 
substâncias de consumo 
humano; 
 
 
 estabelecer normas e executar 
a vigilância sanitária de portos, 
aeroportos e fronteiras, podendo a 
 colaborar com a União na 
execução da vigilância 
sanitária de portos, 
 colaborar com a União e 
os estados na execução da 
vigilância sanitária de 
JERCIANE MACEDO DOS REIS - 640.276.783-20
 
 
 
38 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br 
 L e g i s l a ç ã o d o S U S C o m p l e t o e G r a t u i t o 
 
Página 38 
Principais Competências dos Entes Federativos no SUS - Lei nº 8.080/90 
VIGILÂNCIA SANITÁRIA 
 
União (art. 16) Estados (art.17) Municípios (art. 18) 
execução ser complementada pelos 
estados, Distrito Federal e municípios. 
aeroportos e fronteiras; 
 
portos, aeroportos e 
fronteiras. 
 
 
Isso posto, vamos analisar os itens da questão. 
Item I. Correto. Compete à União: estabelecer critérios, parâmetros e métodos para o 
controle da qualidade sanitária de produtos, substâncias e serviços de consumo e uso humano. 
Item II. Incorreto. Compete à União: promover a descentralização para as unidades 
federadas e para os municípios, dos serviços e ações de saúde, respectivamente, de abrangência 
estadual e municipal. O item desconsiderou os estados e o Distrito Federal do processo de 
descentralização do SUS. 
Item III. Incorreto. Compete aos estados: acompanhamento, a avaliação e divulgação dos 
indicadores de morbidade e mortalidade no âmbito da unidade federada. 
O gabarito da questão, portanto, é a letra A. Essa questão poderia ter sido anulada, já que o 
item II está incompleto e induziu o candidato ao erro. 
Vejam que as bancas seguem à risca a literalidade das normas. 
Não preciso avisar que você deve estudar bastante as competências dos entes federativos no 
SUS. Deu para perceber que esse assunto é muito espinhoso, não é mesmo? 
 
26. (Anvisa-2010/CETRO) As estratégias, as políticas e definição de metas do Sistema de 
Vigilância Sanitária são competências da(s) 
a) Secretarias Municipais de Saúde. 
b) Secretarias Estaduais de Saúde. 
c) Direção Nacional do Sistema Único da Saúde. 
d) Direção Estadual do Sistema Único da Saúde. 
e) Direção