REVISÃO SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDAR III  (SVA e SVD)
6 pág.

REVISÃO SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDAR III (SVA e SVD)


DisciplinaSistematização do Cuidar III864 materiais3.917 seguidores
Pré-visualização2 páginas
REVISÃO SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDAR III (AV2) 
CATETERISMO VESICAL DE ALÍVIO E DEMORA 
 
É a introdução de um cateter estéril através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar 
a urina. Deve-se utilizar técnica asséptica no procedimento a fim de evitar uma infecção 
urinária no cliente. 
 
Tem por finalidade aliviar a distensão da bexiga, obstrução do trato urinário, retenção 
urinária ou infecção por paralisia neurogênica de bexiga, monitorização rigorosa do débito 
urinário, preparar para as cirurgias principalmente abdominais, promover drenagem continua 
ou intermitente e auxiliar no diagnóstico das lesões traumáticas do trato urinário. 
 
ANATOMIA - PONTOS IMPORTANTES: 
 
Uretra feminina: 5 a 7,5 cm 
Uretra masculina: 15 a 20 cm 
 
Tipos de Cateteres Urinários: 
 
Alívio: Polietileno e vários tamanhos; 
Cateter de demora ou Foley: Látex ou silicone, cuff, vários tamanhos e vias; 
 
ATENÇÃO! 
 
Cateter de três vias (irrigação continua): previne a obstrução do trato urinário por 
coágulos, após cirurgias ou hematúria importante; as soluções devem ser prescritas pelo 
médico (tipo e volume); caso precise resfriar a solução, utilizar geladeira exclusiva para 
medicamentos e realizar o balanço hídrico. 
 
Complicações: 
 
\uf0d8 Obstrução do cateter (pinçamento ou coágulo); 
\uf0d8 Infecções urinárias; 
\uf0d8 Sangramentos uretrais; 
\uf0d8 Formação de falso trajeto; 
\uf0d8 Edema e hematoma peniano e escrotal; 
\uf0d8 Úlcera peniana. 
 
Tempo de Permanência: 
 
\uf0d8 Conduta médica 
\uf0d8 Maior risco de infecção: 3 - 5% risco/dia 
 
Agente: enfermeiro 
 
Material: 
 
\uf0d8 Pacote de cateterismo vesical esterilizado (cuba rim, cuba redonda, gazes, pinça 
Pean ou similar). 
\uf0d8 Sonda Foley (Feminina: nº 12 a 14 e Masculina: nº 16 a 18 ou conforme protocolo). 
\uf0d8 Luvas estéreis. 
\uf0d8 Solução de clorexidina aquosa 0,2%. 
\uf0d8 Ampolas de água destilada \u2013 10 ml. 
\uf0d8 Geleia anestésica estéril. 
\uf0d8 Bolsa coletora de sistema fechado. 
\uf0d8 Seringa de 20 ml. 
\uf0d8 Agulha para aspiração. 
\uf0d8 Fita adesiva. 
\uf0d8 Biombo s/n. 
\uf0d8 Saco plástico para lixo. 
REVISÃO SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDAR III (AV2) 
 
 
 
Descrição da Técnica (Feminina): 
 
\uf0d8 Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool à 70%; 
\uf0d8 Reunir o material e levar ao leito do cliente; 
\uf0d8 Apresente-se ao cliente e oriente sobre o que será feito; 
\uf0d8 Solicite que o cliente informe o nome completo e a data de nascimento, conferindo 
junto com a pulseira de identificação e a prescrição médica; 
\uf0d8 Preparar o ambiente favorecendo a privacidade do cliente. 
\uf0d8 Colocar o cliente em posição de litotomia, expondo apenas os genitais. 
\uf0d8 Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool à 70%; 
\uf0d8 Realizar higiene íntima no cliente, conforme técnica padronizada, exceto se o clienta 
já tiver tomado banho; 
\uf0d8 Colocar a máscara comum; 
\uf0d8 Abrir o pacote de cateterismo vesical entre as pernas do cliente, em posição 
diagonal, com a ponta próxima a região glútea; 
\uf0d8 Dispor o saco de lixo próximo a cama do cliente; 
\uf0d8 Abrir e colocar sobre o campo: agulha de aspiração, seringa, sonda vesical, gazes e o 
coletor de urina; 
\uf0d8 Colocar a solução anti-séptica "clorexidina aquosa 0,2%" na cuba redonda; 
\uf0d8 Abrir a ampola de água destilada e deixá-la sobre a mesa de cabeceira caso não 
tenha auxílio de outro profissional; 
\uf0d8 Abrir a geleia anestésica com o auxílio da agulha de aspiração, nunca com a tampa 
(risco de contaminação do medicamento) e desprezar a primeira porção de geleia; 
\uf0d8 Colocar a geleia anestésica sobre a gaze; 
\uf0d8 Calçar as luvas estéreis; 
\uf0d8 Aspirar água destilada; 
\uf0d8 Testar o balão, introduzindo quantidade de água recomendada pelo fabricante; 
\uf0d8 Conectar a sonda na extensão do coletor; 
\uf0d8 Lubrificar a sonda com geleia anestésica; 
\uf0d8 Fazer anti-sepsia da vulva e meato uretral, com a solução de clorexidina aquosa, 
utilizando as "bonequinhas de gaze", uma para cada região, desprezando-as na 
seqüência: começar pelo meato uretral, fazendo a anti-sepsia com movimentos em 
sentido único, a seguir, grandes e pequenos lábios direito e esquerdo, de cima para 
baixo; 
\uf0d8 Expor o vestíbulo vaginal separando os pequenos lábios com o dedo indicador e o 
polegar; 
\uf0d8 Inserir a sonda aproximadamente 8 cm até visualizar o refluxo da urina; 
\uf0d8 Insuflar o balão com a quantidade de água indicada; 
\uf0d8 Tracionar a sonda com movimentos delicados até encontrar resistência; 
\uf0d8 Fixar a sonda na face lateral da coxa com fita adesiva, sem tracionar; 
\uf0d8 Deixar o cliente em posição confortável; 
\uf0d8 Recolher material e desprezar no saco plástico para lixo; 
\uf0d8 Retirar as luvas e desprezá-las; 
\uf0d8 Higienizar as mãos com água e sabão; 
\uf0d8 Anotar o procedimento em impresso próprio, no prontuário do cliente, indicando tipo 
e calibre da sonda, materiais utilizados, orientações fornecidas ao cliente e/ou 
familiar e situações de queixas ou intercorrências; 
\uf0d8 Checar o procedimento na prescrição médica. 
REVISÃO SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDAR III (AV2) 
 
 
Descrição da Técnica (Masculina): 
 
\uf0d8 Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool à 70%; 
\uf0d8 Reunir o material e levar ao leito do cliente; 
\uf0d8 Apresente-se ao cliente e oriente sobre o que será feito; 
\uf0d8 Solicite que o cliente informe o nome completo e a data de nascimento, conferindo 
junto com a pulseira de identificação e a prescrição médica; 
\uf0d8 Preparar o ambiente favorecendo a privacidade do cliente. 
\uf0d8 Colocar o cliente em posição de litotomia, expondo apenas os genitais. 
\uf0d8 Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool à 70%; 
\uf0d8 Realizar higiene íntima no cliente, conforme técnica padronizada, exceto se o clienta 
já tiver tomado banho; 
\uf0d8 Colocar a máscara comum; 
\uf0d8 Abrir o pacote de cateterismo vesical entre as pernas do cliente, em posição 
diagonal, com a ponta próxima a região glútea; 
\uf0d8 Dispor o saco de lixo próximo a cama do cliente; 
\uf0d8 Abrir e colocar sobre o campo: agulha de aspiração, seringa, sonda vesical, gazes e o 
coletor de urina; 
\uf0d8 Colocar a solução anti-séptica "clorexidina aquosa 0,2%" na cuba redonda; 
\uf0d8 Abrir a ampola de água destilada e deixá-la sobre a mesa de cabeceira caso não 
tenha auxílio de outro profissional; 
\uf0d8 Abrir a geleia anestésica com o auxílio da agulha de aspiração, nunca com a tampa 
(risco de contaminação do medicamento) e desprezar a primeira porção de geleia; 
\uf0d8 Colocar a geleia anestésica sobre a gaze; 
\uf0d8 Calçar as luvas estéreis; 
\uf0d8 Aspirar água destilada; 
\uf0d8 Testar o balão, introduzindo quantidade de água recomendada pelo fabricante; 
\uf0d8 Conectar a sonda na extensão do coletor; 
\uf0d8 Lubrificar a sonda com geleia anestésica; 
\uf0d8 Fazer anti-sepsia da vulva e meato uretral, com a solução de clorexidina aquosa, 
utilizando as "bonequinhas de gaze", uma para cada região, desprezando-as na 
seqüência: começar pelo meato uretral, fazendo a anti-sepsia com movimentos em 
sentido único, a seguir, grandes e pequenos lábios direito e esquerdo, de cima para 
baixo; 
\uf0d8 Segurar o pênis perpendicular ao corpo, retraindo o prepúcio; 
\uf0d8 Fazer anti-sepsia do meato uretral, glande e prepúcio, utilizando as "bonequinhas de 
gazes", uma para cada região; 
\uf0d8 Introduzir a geleia anestésica no meato uretral, pressionando sua extremidade 
contra o bico da seringa para evitar refluxo da mesma; 
\uf0d8 Inserir a sonda até a bifurcação, cerca de 15 a 20 cm, com movimentos para baixo, 
enquanto segura o pênis elevado, perpendicularmente; 
\uf0d8 Abaixar o pênis lentamente para facilitar a passagem na região da uretra bulbar; 
\uf0d8 Insuflar o balão com a quantidade de água indicada; 
\uf0d8 Tracionar a sonda com movimentos delicados até encontrar resistência; 
\uf0d8 Fixar a sonda na face lateral da coxa com fita adesiva, sem tracionar; 
\uf0d8 Deixar o cliente em posição confortável; 
\uf0d8 Recolher material e desprezar no saco plástico para lixo; 
\uf0d8 Retirar as luvas e desprezá-las; 
\uf0d8 Higienizar