Tipos de conhecimento - Método científico
4 pág.

Tipos de conhecimento - Método científico


DisciplinaPsicologia Como Ciência10 materiais121 seguidores
Pré-visualização1 página
CIÊNCIA E CONHECIMENTO
Através da leitura do texto pode-se perceber que existem inúmeros conhecimentos e maneiras de adquiri-los. Primeiramente, é interessante compreender de que forma essas competências podem ser absorvidas pelo indivíduo. É através da relação entre o cognoscente e o cognoscível que conseguimos obter conhecimento. Essa obtenção pode ser direta e imediata, quando o sujeito opera com e sobre a realidade, ou indireta e mediata, quando a apropriação é mediada por outro sujeito. 
O conhecimento pode ser divido em muitas frações, mas em uma segregação primordial, separamos o conhecimento sensível (percepção sensorial do sujeito) do conhecimento intelectual (capacidade de operar racionalmente com objetos abstratos). Também é válido salientar que a arte, a religião, a filosofia e a ciência são fragmentações que deram origem à outros ramos do conhecimento, como os citados abaixo. 
Conhecimento Popular: É o senso comum. Ele é limitado, impreciso, superficial, assistemático, mas ainda sim, útil e necessário. É transmitido através de experiências, intuição, e tradições. Um exemplo disso é quando estimamos a velocidade e a distância de um carro ao atravessar a rua. 
Conhecimento Artístico: Representa a relação entre a intuição e a emoção. Esse saber é expresso através do processo criativo e prático. Ele é valorativo, a estética é que o valida, e sua metodologia é subjetiva. Exemplos: poemas, músicas com críticas sociais, design de produtos. 
Conhecimento Religioso: Surgiu da necessidade de respostas para perguntas sobre a origem, significado,e a finalidade do universo. Dentro do conhecimento religioso, temos também o conhecimento mágico (ex: defumação com incensos para afastar maus espíritos) e o conhecimento mítico (ex: mito da Caixa de Pandora). Ele possui raciocínio dedutivo e é inverificável, pois as evidências são sustentadas pela crença. 
Conhecimento Filosófico: Tem por objetivo superar a ilusão, emoção, a crença e o êxtase místico do homem. Analisa um problema de maneira racional e metódica. É sistemático, exato, porém, inverificável, pois suas premissas não podem ser comprovadas/refutadas empiricamente. Exemplo: Questionamentos como \u201cO homem será dominado pelas máquinas?\u201d \u201cA liberdade é real?\u201d.
Conhecimento Científico: Este conhecimento é fundamento na observação, experimentação e mensuração de fatos. É objetivo, sistemático, e racional. Existem algumas subdivisões na ciência:
5.1) Ciências Formais: Estuda objetos ideais que se restringem à mente humana em nível conceitual. Utiliza da lógica para desenvolver proposições e argumentos, e estão certos. Exemplo: Estatística e ciência computacional. 
5.2) Ciências Materiais: Estuda seres, coisas, fatos, fenômenos. Faz descrições através da observação/experimentação de objetos, que podem ser naturais ou sociais. É uma ciência analítica, empírica, objetiva e provavelmente certa. 
Exemplo: Antropologia, geografia, astronomia. 
Conhecimento Tecnológico: É a adaptação do meio ao sujeito. Se relaciona estreitamente com o conhecimento de senso comum (durante a fase arcaica), e com o conhecimento científico (durante a fase científica). Exemplo: Mineração.
Portanto, levando em consideração tantas possibilidades do saber, afirmo que o conhecimento em suas diversas formas é essencialmente válido. E por mais nos sejam escassas as veracidades de algumas vertentes, é importante salientar que ainda sim, elas possuem seu valor. 
MÉTODO CIENTÍFICO E SUAS ETAPAS
Método científico é um conjunto de normas básicas para produzir uma experiência a fim de gerar novos conceitos, bem como corrigir e integrar conhecimentos pré existentes. 
Ele acontece da seguinte maneira: o cientista identifica um fenômeno, problematiza-o levantando questionamentos e desenvolve uma hipótese racional. Caso essa hipótese seja aprovada pela comissão julgadora (outros cientistas), ela se transforma em lei. 
O método científico atual é baseado na obra \u201cDiscurso do Método\u201d de René Descartes, onde ele expõe sua concepção de que \u201cPara compreender o todo, basta compreender as partes\u201d. Ele acreditava que tudo e todos podem ser divididos em partes cada vez menores que podem ser analisadas e estudadas separadamente.