A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Compartimentos envoltos por membranas e funções

Pré-visualização | Página 1 de 1

Compartimentos envoltos por membranas e funções.
Conjuntos de enzimas podem operar sem a interferência de reações que estão ocorrendo em outros compartimentos.
Mantidas em seus locais relativos na célula por ligações ao citoesqueleto(microtúbulos).
Separar organelas: centrifugação diferencial.
Hipótesese de sintetização: Invaginação da membrana plasmática.
Mitocôndrias e cloroplastos teriam surgido de forma diferente, pois tem seus próprios genomas e sintetizam suas próprias proteínas. Teriam surgidos de bactérias englobadas (simbiose)
Núcleo: dupla camada, envelope nuclear, poros nucleares, membrana externa contínua a membrana do RE.
Reticulo endoplasmático: síntese de novas membranas. Rugoso com ribossomos aderidos, síntese de proteínas. Liso escasso na maioria das células, síntese de lipídeos e centro de detoxificação celular, sequestra cálcio do citosol.
Aparelho de golgi: recebe e modifica proteínas e lipídeos do RE para exocitose.
Endossomos: vesículas da endocitose antes de ir para os lisossomos são recicladas e mandadas de volta a membrana.
Lisossomos: vesículas com enzimas digestivas, degradam organelas esgotadas e macromoléculas e substâncias da endocitose.
Mitocôndrias: dupla membrana, fosforilação oxidativa, 
Peroxissomos: membrana simples, contém enzimas oxidativas que degradam os lipídeos e destroem moléculas tóxicas.
Distribuição proteica: Seleção das proteínas produzidas em cada compartimento conforme necessário 
Proteínas devem ser entregues às organelas de forma precisa, seja para secreção, seja para reposição.
Síntese da maioria das proteínas ocorre nos ribossomos.
Na sequência-sinal(15 a 60 aminoácidos) há um sinal de distribuição que direciona à organela de destino. A remoção da sequência transforma em uma proteínas citosólica. Hidrofobicidade ou a colocação de aminoácidos carregados é mais importante que a sequência literal dos aminoácidos.
No núcleo o importação ocorre pelos poros pelas duas vias, rnar e rnam sai e proteínas sintetizadas no citosol saem. Membrana interna possui proteínas com sítios de ligação para cromossomos e fornece sustentação para lamina nuclear. Sinal de localização nuclear consiste tipicamente em uma ou duas sequências curtas contendo várias lisinas ou argininas carregadas positivamente. Proteínas citosólicas (receptores de transporte nuclear) ligam-se ao sinal de localização nuclear e ajudam a direcionar as proteínas para os poros pois estão ligadas às fibrilas presentes neles. Consome GTP
Do citosol para RE, mitocôndrias ou cloroplastos -> translocadores proteicos.
Do RE para outros compartimentos -> vesículas de transporte, com uma carga de proteínas no interior, e após a fusão de membranas vesícula/organela a carga é depositada. 
Na mitocôndria as proteínas se enovelam. Sequência sinal na região Nterminal.
Proteínas transportadas no citosol: 1. Hidrossolúveis: secreção ou lúmem e 2. Transmembrana: membrana de organelas.