Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
AV CATARINA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Top of Form 1
Bottom of Form 1
- Leis Orgânicas da Saúde - SUS 8080 e 8142/90 (princípios doutrinários e organizativos);
 - Modelos assistenciais (sanitarista ...);
 - Programa de Agentes Comunitários de Saúde:
- política Nacional da Atenção Básica - portaria 2488/2011;
- Saúde da Família (processo de trabalho/territorialização/fortalecimento da SF);
- Sistema de Informação da Atenção Básica - SIAB;
- Núcleo Apoio a saúde da Família - NASF;
lei 8080/90
Presidente da República, Sr. Fernando Collor, e decretada pelo Congresso Nacional, foi publicada no Diário Oficial da União em 2 0 de setembro de 1990.
 Essa lei dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organi zação e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. 
Todos os Seres Humanos tem direito a prestação dos serviços de saúde básica e de especialidades, sendo esse fo rnecido pelo Estado. 
O dever do Estado de garantir a saúde consiste na formulação e execução de políticas econômicas e sociais que visem à redução de riscos de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igu alitário às ações e aos serv iços para a su a promoção, proteção e recuperação. Entretanto, o dever do Estado não exclu i o dever das pessoas, da família, das empresas e da sociedade
A saúde tem como fatores determinantes a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do País. Promovendo condições de bem estar físico, mental e social. 
Constituem o Si stema Único de Saúde (SUS) as ações e os serviços de saúde de instituições públicas federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e Fundações mantidas pelo Poder Público. Seus objetivos são: 
A saúde tem como fatores determinantes a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do País. Promovendo condições de bem estar físico, mental e social. Constituem o Si stema Único de Saúde (SUS) as ações e os serviços de saúde de instituições públicas federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e Fundações mantidas pelo Poder Público. Seus objetivos são: 
São objetivos do SUS: 
R: identificação de fatores condicionantes e determinantes, formulação de política de saúde promovida no campo social e econômico, assistência às pessoas por ações de promoção proteção e recuperação da saúde
 2-A direção do SUS deve ser: 
R: Art 9 da Lei n.8080/90 direção do Sistema Único de Saúde (SUS) é única, de aco rdo com o inciso I do artigo 198 da Constituição Federal, sendo exercida em cada esfera de governo pelos seguintes órgãos: União, Ministério da Saúde; Estado e do Distrito Federal, e Municípios. 
 3-A implantação de um sistema de referência e contra referência entre os serviços que compõem a rede do SUS local busca viabilizar:
 R: a hierarquização da rede de serviços de saúde 
3- A Lei Federal 8080/1990 que regula em todo território nacional, as ações e serviços de saúde, estabelece, em seu art.7 o princípio de ‘integralidade’ dos cuidados de saúde. Esse principio obriga que:
 R: O CONJUNTO DAS AÇÕES E SERVIÇOS PREVENTIVOS E CURATIVOS, INDIVIDUAIS E COLETIVOS, EXIGIDOS PARA CADA CASO EM TODOS OS NIVEIS DE COMPLEXIDADE SO SITEMA, DEVE COMPOR UM CONJUNTO ARTICULADO E INTEGRADO.
 4- O conselho de saúde é constituído: 
R: Conselho de Saúde — órgão colegiado composto por representantes do governo, profissionais prestadores de serviço da saúde e usuários — atua na formação de estratégias e no controle da execução da política de saúde 
 5- São princípios correlacionados ao SUS: 
R: UNIVERSALIDADE, IGUALDADE E EQUIDADE. 
 6) Cabe á DIREÇÃO ESTADUAL DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: 
 R: Promover a descentralização para os municípios dos serviços e das ações de saúde, bem como acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do sistema único de saúde.
 7) A lei n 8080 de 19 de setembro de 1990 dispõe sobre as condições para, promoção, proteção e recuperação da saúde e sobre organização e o funcionamento dos serviços correspondentes, sendo conhecida como lei orgânica do sus. Em relação a essa lei podemos afirma que: 
 R: Saúde é um direito fundamental do ser humano; é dever do Estado garantir a saúde através da fo rmulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros agravos; é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e ao s serviços de saúde para sua promoção, proteção e recuperação; o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade. 
 8) Relação aos princípios ou diretrizes do SUS, definidas pela Lei Orgânica da Saúde:
 R: Descentralização dos serviços para os municípios com direção única em cada esfera do governo; integralidade da assistência à saúde, incorporando ações e serviços individuais e coletivos, preventivos e curativos; liberdade da iniciativa privada para prestar assistência técnica à saúde; saúde como direito de todos e dever do Estado
9) A Constituição Brasileira de 1988, em relação à saúde estabeleceu que:
 R: A saúde é direito de todos e dever do Estado, sendo que a base do Sistema Único de Saúde (SUS) é representada pela integração das ações e serviços públicos de saúde numa rede regionalizada e hierarquizada. 
10) O que é vigilância Epidemiológica ? 
 R: É um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores de terminantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças . 
 11) O Sistema Único de Saúde será exercida em cada esfera de governo pelos seguintes órgãos:
 R: Ministério da Saúde, Secretaria do Estado de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde. 
12) A saúde é um direito de todos e um dever do Estado, desenvolvido através de uma política social e econômica que vise acima de tudo as ações e serviços para a sua: 
R: promoção, proteção e recuperação. 
 13) A responsabilidade do Poder Público em relação à saúde: 
R: Não exclui o papel da família, da comunidade e dos próprios indivíduos. 
 14) São princípios correlacionados ao SUS:
 R: Universalidade, igualdade e equidade. 
 15) O SUS foi desenvolvido em razão do artigo 198 da Constituição Federal, com base nos seguintes princípios:
 R: Universalidade, Igualdade; Participação da comunidade; Regionalização e hierarquização da rede de serviços de saúde; 
 16) As ações e serviços de saúde do SUS:
 R: Têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente. 17) Quais atribuições incluídas no campo de atuação do Sistema Único de Saúde: executar ações de vigilância sanitária, vigilância epidemiológica, saúde do trabalhador e de assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica, executar a vigilância nutricional e a orientação alimentar, estimular o incremento, em sua área de atuação, do desenvolvimento científico e tecnológico. 18) O que é Conselho de Saúde. E o órgão colegiado de caráter permanente e deliberativo, composto por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários, que atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde. 
As modalidades de NASF hoje estão
Página12