A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Exercícios ECA parte 08

Pré-visualização | Página 1 de 2

ECA Parte 08 (René) ----------------------------------------------------------------------- 
Assinale a alternativa Correta: Em que atividades criança/adolescente depende de autorização 
do Juiz da Infância e da Juventude para participar? 
 
 
Promoção dançante da Quermesse (feira beneficente) da Igreja do Bairro. 
 
Baile promovido pela escola onde estuda. 
 
Festa de 15 anos de sua prima no clube onde são sócios. 
 Ensaios de espetáculo público. 
 
Ensaio da cerimônia de casamento da tia do menor. 
 
CESPE - 2011 - DPE-MA - Defensor Público - Adaptada - Tendo em vista o conteúdo estudado em aula, 
marque a alternativa CORRETA. Conforme preceitua o Estatuto da Criança e do Adolescente, compete, 
exclusivamente, à Justiça da Infância e da Juventude: 
 
 
Conhecer de pedidos baseados em discordância paterna ou materna. 
 
Conhecer de ações de alimentos. 
 
Conhecer de pedidos de guarda e tutela. 
 
Conceder a remissão, mas apenas como forma de extinção do processo. 
 Conhecer de pedidos de adoção e respectivos incidentes. 
 
Considerando as disposições do ECA acerca do acesso à justiça, assinale a assertiva correta: 
 
 O Ministério Público possui legitimidade para a propositura de ação civil pública 
 
Os interesses individuais, difusos e coletivos correspondem à primeira geração de direitos 
fundamentais 
 
Não é cabível mandado de segurança em se tratando de direito líquido e certo pertencente à criança 
 
As ações dependem do pagamento de custas e emolumentos 
 
O ECA não prevê disposições acerca da ação civil pública 
 
A Justiça da Infância e da Juventude tem competência absoluta para: 
 
 
Determinar o cancelamento, a ratificação e o suprimento dos Registros de Nascimento. 
 
Conhecer dos pedidos de guarda excetuando as hipóteses do art. 98 do ECA. 
 Conhecer os casos encaminhados pelo Conselho Tutelar, aplicando as medidas 
cabíveis. 
 
Conhecer de ação de alimentos. 
 
Suprir a capacidade ou o consentimento para o casamento. 
 
Considerando a competência territorial da Justiça da Infância e Juventude, assinale a assertiva 
correta: 
 
 
Em caso de ato infracional, a competência será determinada pelo local de domicílio dos pais 
 
Em caso de pais falecidos, a competência será determinada pelo local do último domicílio deles 
 
Em caso de guarda, a competência será determinada pela residência do guardião 
 
Em caso de pais ausentes, a competência será determinada pela prevenção 
 Em caso de prática de ato infracional, a competência será determinada pelo local 
da prática do ato 
 
Claudete tem quinze anos e praticou ato infracional na comarca da capital do Rio de Janeiro. Seus 
pais residem na comarca de Angra e seus avós, com quem ela reside, moram na comarca de Cabo Frio. 
Considerando as disposições do Estatuto da Criança e do Adolescente, no que tange à competência territorial 
da Justiça da Infância e da Juventude, é correto afirmar que Claudete será julgada na comarca: 
 
 
Do Rio de Janeiro ou de Cabo Frio, de acordo com vontade expressa dos avós 
 
De Angra 
 
De Cabo Frio 
 Do Rio de Janeiro 
 
Do Rio de Janeiro ou de Angra, quem conhecer primeiro do feito 
 
Em um pedido de adoção, no qual o autor já possui a guarda do adolescente há mais de 1 ano, 
onde deverá ser proposta a ação? 
 
No domicílio de um dos dois, cujo município seja mais próximo da comarca do autor. 
 
No local ou entidade onde o adotando esteve antes do pedido de guarda efetuado pelo adotante. 
 No local onde se encontrem adotante e adotando. 
 
No domicílio dos pais se residirem no mesmo local. 
 
No local mais próximo ao Conselho Municipal de Direito. 
 
Caio reside na comarca de guararé com seus pais. Em férias na comarca sambana com seus avós, ele 
se ausenta com um amigo e viaja para a comarca de Havala, lá praticando ato infracional análogo ao roubo. 
Neste caso, Caio, adolescente, será julgado pela: 
 
 Justiça da infância e juventude de Havala 
 
Justiça da infância e juventude de sambana 
 
Vara criminal de Havala 
 
Justiça da infância e juventude de Guararé 
 
Vara criminal de guararé 
 
Caio praticou ato infracional análogo ao roubo. Julgado pela Justiça da Infância e Juventude, foi 
sancionado com a medida socioeducativa de internação. Quanto ao recurso cabível desta decisão (apelação) 
pode se afirmar que: 
 
 
São recurso exclusivo da defesa 
 Terá o prazo de dez dias 
 
Não será possível o juízo de retratação 
 
Seguirá as regras do Código de Processo Civil, sem qualquer adaptação 
 
Seguirá as regras do Código de Processo Penal 
 
Em que hipótese um pedido de guarda é da competência da Vara da Infância e da Juventude: 
 
 
Em nenhuma hipótese será o juizado da Infância e da Juventude competente. 
 Quando crianças / adolescentes estão na situação do art. 98 ECA. 
 
Quando o Conselho Tutelar formula o pedido. 
 
Quando há concordância do adolescente a partir dos 12 anos. 
 
Quando os pais concordam com o pedido. 
 
CESPE - 2010 - MPE-SE - Promotor de Justiça - Adaptada - Tendo em vista o conteúdo estudado em 
aula, marque a opção CORRETA. A competência da Justiça da Infância e da Juventude inclui: 
 
 
O conhecimento de representações promovidas pelo Ministério Público, para apuração de ato 
infracional atribuído a adolescente, com a aplicação das medidas apropriadas, bem como a promoção 
do o cadastramento do adolescente infrator no sítio do Ministério da Justiça para posterior controle 
de sua prestação de serviços à comunidade. 
 
O conhecimento de ações decorrentes de irregularidades em entidades de atendimento e a aplicação 
das medidas adequadas, bem como a administração do funcionamento dessas entidades, 
homologando a admissão e dispensa de seus funcionários. 
 
A promoção de ressocialização dos adolescentes infratores por meio da dupla jornada laborativa, que 
deve ser desenvolvida nas entidades de atendimento social da infância e da adolescência mantidas 
sob intensa auditoria judicial. 
 
O impedimento do trâmite processual de ações civis fundadas em interesses individuais, difusos ou 
coletivos afetos à criança e ao adolescente. 
 A aplicação de penalidades administrativas nos casos de infrações contra norma de 
proteção à criança ou adolescente, bem como a tomada de conhecimento de casos 
encaminhados pelo Conselho Tutelar e a aplicação das medidas cabíveis. 
 
Quanto à propositura de ações de responsabilidade, envolvendo direitos das crianças e 
adolescentes, é correto afirmar que: 
 
 
A competência da justiça da infância e juventude é relativa 
 
Ainda que diga respeito a aspectos que atrairiam a competência da Justiça Federal, a competência 
permanece sendo da Justiça da Infância e Juventude 
 
O MP possui legitimidade exclusiva para a propositura de tais ações 
 
A competência é absoluta, sem qualquer exceção 
 A competência é determinada pelo local da ação ou omissão 
 
Qual o juízo da Infância e da Juventude é competente para conhecer e julgar a prática infracional 
de adolescente. 
 
 Juízo do local da prática do ato infracional. 
 
Juízo da comarca mais próxima da entidade de atendimento em que ele está apreendido. 
 
Juízo do domicílio da vítima ou lesado no ato infracional. 
 
Juízo do domicílio dos pais com quem ele reside. 
 
Juízo do local onde o adolescente estuda. 
 
As regras do Estatuto da Criança e do Adolescente, por ser esta uma lei especial, prevalecem 
sobre as leis tidas como gerais. A partir dessa premissa, dispôs o legislador, no art. 152, que as normas 
gerais processuais previstas nas legislações pertinentes se apliquem subsidiariamente às regras do ECA. 
Algumas dessas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.