A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Avaliação Parcial ECA 2018.1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Avaliação Parcial: CCJ0022_SM_201602815658 V.1 
	Aluno(a): LUCINEA TEIXEIRA RANGEL
	Matrícula: 201602815658
	Acertos: 10,0 de 10,0
	Data: 30/05/2018 23:50:31 (Finalizada)
	
	
	1a Questão (Ref.:201603070770)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Em 1959, internacionalmente, aumenta o âmbito de discussão acerca da proteção dos direitos infantis. Após um longo histórico que evolui desde a total ausência de direitos até a doutrina da proteção integral, este diploma serviu como base para um grande avanço internacional. O trecho acima menciona características da:
	
	
	Convenção de Genebra
	
	Convenção internacional dos direitos da criança
	
	Constituição Federal
	
	Convenção universal dos direitos da criança
	 
	Declaração universal dos direitos da criança
	
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201604022684)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Um conselheiro tutelar, ao passar por um parquinho, observa Ana corrigindo o filho, João, por ele não permitir que os amigos brinquem com o seu patinete. Para tanto, a genitora grita, puxa o cabelo e dá beliscões no infante, na presença das outras crianças e mães, que assistem a tudo assustadas. Assinale a opção que indica o procedimento correto do Conselheiro Tutelar.
	
	 
	Intervir imediatamente, orientando Ana para que não corrija o filho dessa forma, e analisar se não seria recomendável a aplicação de uma das medidas previstas no ECA.
	
	Apenas colher elementos para ingressar em Juízo com uma representação administrativa por descumprimento dos deveres inerentes ao poder familiar.
	
	Não intervir, já que Ana está exercendo o seu poder de correção, decorrência do atributo do poder familiar.
	
	Requisitar a Polícia Militar para conduzir Ana à Delegacia de Polícia e, após a atuação policial, dar o caso por encerrado.
	
	Não intervir, mas tão somente chamar o juiz da Infância e Juventude.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201604022722)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Considerando as disposições do ECA acerca do direito à saúde, assinale a assertiva que contém direito expressamente previsto no Estatuto: I - assistência psicológica à gestante nos períodos pré e pós-natal, como forma de prevenir ou minorar as consequências do estado puerperal II - assistência psicológica às gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção III - direito ao aleitamento materno, inclusive para mães detentas Está correto o que se afirma:
	
	
	apenas nas assertivas I e II
	
	Apenas nas assertivas I e III
	
	em nenhuma das assertivas
	
	Apenas nas assertivas II e III
	 
	em todas as assertivas
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201603523109)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	O dever imposto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, de assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida e à saúde, abrange as seguintes garantias: I - Condições adequadas ao aleitamento materno, exceto para os filhos de mães submetidas a medida privativa de liberdade; II - Promoção de campanhas de educação sanitária para pais, educadores e alunos; III - Atendimento especializado a portadores de deficiência. IV - Fornecimento gratuito de medicamentos àqueles que necessitem. Está CORRETO o que se afirma na(s) assertiva(s):
	
	
	I, III e IV, apenas.
	
	I e IV, apenas.
	
	I e II, apenas.
	 
	II, III e IV.
	
	I, II e III, apenas.
	
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201602981228)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Felipe, órfão de mãe e com 12 anos, está em acolhimento institucional, há mais de 2 anos tendo em vista que seu tem pai, não tem qualquer familiar ou vizinho que pudesse cuidar do filho, solicitou ao Juiz da Infância e da Juventude tal medida protetiva, pois necessitava de uma intervenção cirúrgica de urgência. E, desde então não há qualquer notícia de seu paradeiro. Agora, visando atender os termos do ECA, o qual estabelece prazo máximo de permanência em acolhimento institucional, o Ministério Público propõe destituição do poder familiar do genitor, por descumprimento dos deveres inerentes ao poder familiar. Juarez, já habilitado para a adoção tem interesse de adotar Felipe, pois quando ia à instituição sempre conversavam amigavelmente e até marcavam novos dias de visita. Assim, Juarez ajuizou o pedido de adoção de Felipe para lhe fazer uma surpresa de aniversário. Entretanto, em audiência do processo de adoção, Felipe recusa-se em ser adotado. Tendo em vista a recusa o Juiz poderá:
	
	
	julgar procedente o pedido de adoção haja vista a destituição do poder familiar de seu pai por estar em local incerto e não sabido e mãe já ser falecida;
	
	Julgar improcedente o pedido de Juarez pois já atingira 60 anos.
	
	julgar suspenso o pedido de adoçãoaté que Felipe atinja a idade de 16 anos e então poderá manifestar-se quanto à adoção, por ser relativamente capaz;
	
	julgar procedente em parte o pedido, haja vista que Felipe não pode permanecer por mais de 2 (dois ) anos em acolhimento institucional e concede a guarda provisória;
	 
	julgar improcedente o pedido de adoção de Juarez haja vista a ausência de requisito para a concessão do pedido, face ao não consentimento de Felipe;
	
	
	
	6a Questão (Ref.:201604022689)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Paulo, de 4 anos, é filho de Carla e não teve a sua paternidade reconhecida. Cláudio, avô de Carla e bisavô de Paulo, muito preocupado com o futuro do bisneto, pretende adotá-lo, tendo em vista que Carla ostenta uma situação financeira precária e, na opinião do avô, não é muito responsável. Acerca da possibilidade de adoção de Paulo por Cláudio, assinale a afirmativa correta.
	
	
	Cláudio sendo bisavô de Paulo e membro de sua família extensa, terá prioridade na adoção da criança, exigindo-se, contudo, que Carla, mãe de Paulo, autorize e que o adotando dê o seu consentimento em juízo.
	
	Claudio, por ser bisavô de Paulo, por um lado, tem prioridade na adoção da criança, mas, por outro, só poderá adotá-lo se Carla, além de autorizar a medida, for destituída do poder familiar.
	
	Como Cláudio só poderá adotar Paulo se Carla for destituída do poder familiar exercido em favor da criança, a medida, dada a sua excepcionalidade, só se justificaria na hipótese de adoção bilateral.
	
	Claudio, por ser bisavô de Paulo, tem prioridade na adoção da criança, sendo independente a adoção de qualquer autorização
	 
	Cláudio, por ser bisavô de Paulo, não poderá adotá-lo, mesmo que Carla consinta, já que tal medida excepcional não é permitida quando o adotante é ascendente ou irmão do adotando.
	
	
	
	7a Questão (Ref.:201603516810)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	O Estatuto da criança e do adolescente prevê vários direitos fundamentais voltados à infância e a juventude, dentre eles o Direito à Educação. Analise as assertivas a seguir: I - A igualdade de condições para o acesso e permanência na escola é um direito previsto em lei e se enquadra no âmbito do direito fundamental à educação. II - O ECA estabelece expressamente que crianças e adolescentes possuem o direito de ser respeitado por seus educadores. III - Segundo o ordenamento vigente, crianças e adolescentes devem ter acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência. IV - É direito dos pais ou responsáveis ter ciência do processo pedagógico e é direito exclusivo dos professores e gestores escolares a participação na definição das propostas educacionais. Sobre o disposto pelo ECA em relação ao direito à Educação e considerando as assertivas analisadas, assinale a alternativa CORRETA:
	
	
	Todas as afirmativas estão corretas.
	
	São corretas as afirmativas II, III e IV.
	
	São corretas as afirmativas I, III e IV.
	 
	São corretas as afirmativas I, II e III.
	
	São corretas as afirmativas I, II e IV.
	
	
	
	8a Questão (Ref.:201603139794)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	As