A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Aula 3   Replica  o do DNA (1) Genetica

Pré-visualização | Página 1 de 1

08/10/2017
1
Replicação do DNA
Profª. Gabriela Muniz de A. Melo
Processo de auto-replicação do material
genético, DNA (fase S), mantendo assim o
padrão de herança ao longo das gerações.
Replicação ou Duplicação
Teoria semiconservativa
A dupla hélice de 
cada molécula filha 
de DNA contém um 
filamento da molécula 
original e um 
filamento recém 
sintetizado 
Replicação Bidirecional
08/10/2017
2
“Bolhas de Replicação”
Devido ao tamanho do genoma, a replicação nos
eucariontes, requer “múltiplas origens”. Além de
bidirecional em ambas as fitas, a replicação é
simultânea.
Replicação 
bidirecional
“Bolhas de Replicação”
Duas forquilhas de replicação
Uma molécula de DNA
Bolha de replicação
Replicação do DNA
Série de passos mediados por enzimas, as
principais são:
• HELICASES 
• SSB (“single-strand-binding”)
• PRIMASE – RNA
• DNA Polimerase
• DNA – ligase
Processo de Replicação
Fita líder ou contínua
Fita atrasada ou 
descontínua
08/10/2017
3
TOPOISOMERASES – Responsáveis por aliviar a torção na
parte da fita que não está sendo replicada.
HELICASES – constituem uma classe de enzimas que podem
se mover ao longo da fita dupla de DNA utilizando a energia
da hidrólise de ATP para separar as duas fitas da molécula.
SSB (“single-strand-binding”) – ligam-se a cada uma das fitas
impedindo o reanelamento das mesmas.
Enzimas Envolvidas no Processo 
de Replicação
PRIMASE – RNA polimerase que sintetiza pequenas moléculas
de RNA utilizadas como iniciadores durante o processo de
replicação do DNA.
DNA POLIMERASE: alongam a fita de DNA pré existente.
Importante para reparo do DNA – revisa a medida que avança,
retirando bases pareadas erradas e inserindo as corretas
DNA LIGASE: liga os fragmentos de Okazaki e fecha os outros
cortes no arcabouço açúcar fosfato.
Enzimas Envolvidas no Processo 
de Replicação
FITA LÍDER (LEADING) – sintetizada continuamente a partir
de um iniciador na fita molde
FITA ATRAZADA (LAGGING) – sintetizada
descontinuamente a partir de múltiplos iniciadores
• Sítios descobertos no molde da fita “lagging” são
copiados em pequenos iniciadores de RNA pela primase.
• Cada iniciador é alongado pela DNA polimerase resultando
na formação dos FRAGMENTOS DE OKAZAKI.
•DNA polimerase remove o primer do RNA do fragmento
adjacente e preenche os “gaps” entre os fragmentos que,
então, são unidos pela DNA ligase.
Processo de Replicação
A síntese de DNA é feita na direção 5´ 3´ e é semidescontínua
Processo de Replicação
08/10/2017
4
Processo de replicação
Podem ocorrem erros no processo de replicação, se
esses erros não forem corrigidos pelas polimerases,
eles se perpetuam na forma de mutações.
DNA sofre continuamente danos causados por
agentes externos.
As células tem um mecanismo sofisticado para
reparar esses danos, entretanto, alguns permanecem
e se perpetuam também na forma de mutação.
Mutações
A citosina no DNA 
desamina 
espontaneamente 
originando uracila 
Esta reação é 
potencialmente 
mutagênica porque a 
citosina pareia com a 
guanina, mas a uracila com 
a adenina 
Na hora da replicação ou transcrição, ocorreria um erro!
Para evitar o erro, existe um sistema de reparo, que 
substitui a uracila por uma citosina (uracil DNA-glicosidase)
O grupo metila que distingue a timina da uracila é um sinal de 
reconhecimento; sem este sinal é impossível distinguir 
corretamente a uracila presente da uracila resultante da 
desaminação da citosina.
08/10/2017
5
Revisando
Revisando Revisando
08/10/2017
6
Revisando
OBRIGADO PELA ATENÇÃO!

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.