A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
36 pág.
Aquivologia apostila

Pré-visualização | Página 9 de 11

Termo genérico para designar todos os tipos de 
suporte contendo microimagens. 
 
Principais Bitolas 
 
16mm (até A4) 
35mm (Grandes Formatos, Plantas) 
105 mm (Micropublicações, Microfichas) 
 
 
PRINCIPAIS MICROFORMAS 
 
Rolo de Microfilme 
 
 
O rolo de microfilme é a microforma básica, a 
primeira a ser utilizada e que serviu de origem à 
maioria das microformas conhecidas. Apresenta 
o menor custo por imagem filmada. Proporciona 
perfeita integridade de arquivo. 
 
O rolo de microfilme não se presta à 
microfilmagem de informações sujeitas a 
atualizações constantes em seus diversos itens, 
servindo apenas nos casos de arquivos que 
possuam somente crescimento seqüencial 
numérico ou cronológico. 
 
As larguras mais usadas são 16mm para 
documentação administrativa e os de 35mm para 
arquivos técnicos de plantas, mapas, livros, etc. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 27 
 
Jaqueta 
 
 
A jaqueta é formada por duas folhas de poliéster 
especial, transparentes e muito finas, unidas a 
intervalos regulares de 16mm ou 35mm, 
formando canais, que permanecem abertos nas 
extremidades, por onde serão inseridas as tiras de 
microfilme. 
 
As jaquetas podem ter canaletas de 16mm, 
35mm, ou mistas. O tamanho padrão de uma 
jaqueta é 105mm x 148mm. 
 
Suas principais vantagens são a possibilidade de 
atualização por itens independentes de arquivo, a 
facilidade de disseminação da informação e o 
baixo custo dos aparelhos de leitura. 
 
Cada Jaqueta possui uma tarja que serve para 
indexação, possível por meio de vários recursos 
como a datilografia, cores, ranhuras etc. 
 
 
 
 
Microficha 
 
A microficha nada mais é que uma folha de 
filme, normalmente da largura superior a 70mm. 
A microficha considerada padrão e a mais usada 
é a de 105mm x 148mm. Sua capacidade pode 
variar de 60 a 420 fotogramas. As microfichas 
podem ser geradas de muitas maneiras 
diferentes, entre elas as mais comuns são: 
 
- Duplicando uma jaqueta 
- Montando tiras de filmes 
- Utilizando uma câmara planetária tipo 
“Step & Repeat” 
- Utilizando uma câmara C.O.M. 
 
 
 
EQUIPAMENTOS DE MICROFILMAGEM 
 
Microfilmadoras Planetárias 
 
Composta de uma base fixa onde está o campo 
fotográfico, a unidade filmadora deste 
equipamento está posicionada sobre o campo 
fotográfico. Tanto o documento quanto o filme 
estão parados no momento da microfilmagem. 
 
 
Microfilmadoras Rotativas 
 
Utilizada para microfilmar documentos 
padronizados, possui um sistema de transporte 
por meio de esteiras ou correias que conduzem o 
 
 
 
 28 
documento para o interior da máquina. Na 
microfilmadora rotativa tanto o documento 
quanto o filme estão em movimento no momento 
da microfilmagem. 
 
 
Processadoras 
 
Após a microfilmagem as processadoras 
transformam a imagem latente em imagens 
visíveis. 
 
 
Duplicadores 
 
Utilizado para fazer cópias das microformas. 
 
Leitores Simples 
 
Utilizados para a consulta das microformas, os 
leitores simples se restringem apenas a consulta. 
 
 
Leitores Copiadores 
 
Diferente dos leitores simples, os leitores 
copiadores possibilitam imprimir e/ou digitalizar 
a imagem. 
 
 
Scanner de Microfilme 
 
Utilizado para digitalizar diretamente da película 
com alta capacidade de produção 
 
 
 
GED – GERENCIAMENTO ELETRÔNICO 
DE DOCUMENTOS 
 
É um conjunto de tecnologias que permite o 
gerenciamento de documentos de forma digital. 
Tais documentos podem ser das mais variadas 
origens e mídias, como papel, microfilme, som, 
imagem e mesmo arquivos já criados na forma 
digital. 
 
 
Document Imaging 
É o processo que permite armazenar e 
gerenciar imagens de documentos 
digitalizados. Os documentos originalmente em 
 
 
 
 29 
mídias analógicas (papel, mirofilme,...) deverão 
ser convertidos através de processos de 
digitalização. 
 
A principal vantagem é o armazenamento e a 
diminuição do volume físico dos documentos. 
 
13.000 páginas A4 digitalizadas 
cabem em 1 CD-ROM. (700 MB). 
 
Outro aspecto importante é com relação à 
disponibilidade e acessibilidade. O mesmo 
documento pode ser disponibilizado para 
consulta de mais de uma pessoa ao mesmo 
tempo, e acessibilidade pode ser restringida 
através de senhas. 
 
Workflow 
Ferramenta para armazenamento, recuperação e 
tramitação de Documentos, o termo Workflow 
refere-se ao modo como os documentos são 
processados. 
 
Com os documentos convertidos para imagens, 
era preciso uma tecnologia que substituísse o 
processo humano de trâmite de documentos em 
papel. Surgiu então a tecnologia de Workflow 
para imagens de documentos 
 
O Work Flow é uma poderosa ferramenta no 
processo de tomadas de decisões onde é 
necessário um intenso trâmite de documentos 
muitas vezes até em cidades e países diferentes. 
 
Vantagens: 
- Incremento ao Tramite 
- Informação “just in time”. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
QUESTÕES DE PROVA 
 
 
31 (DPF – PAPILOSCOPISTA) O uso 
simultâneo de microfilmagem e digitalização 
consiste em solução viável para o arquivamento 
de grandes massas documentais com longos 
prazos de guarda. A microfilmagem contempla o 
aspecto de comprovação legal, e a digitalização 
possibilita acesso rápido e múltiplo aos 
documentos. 
 
32 (AGU – 2010) O microfilme de substituição é 
aquele que serve à preservação das 
informações contidas em documentos que são 
eliminados, tendo em vista a racionalização e o 
aproveitamento de espaço. 
 
33 (AGU – 2010) O documento digitalizado tem 
o mesmo valor legal do documento em suporte 
papel, podendo, até, ser apresentado em juízo. 
 
 
34 (TRE/MT – 2009) Assinale a opção correta 
com relação à microfilmagem e ao uso das 
novas tecnologias. 
 
A) A microfilmagem permite a redução do 
espaço físico na guarda de documentos, mas o 
seu uso ainda é restrito devido à não aceitação 
do microfilme como prova legal. 
 
B) A migração de suportes é uma técnica 
importante para combater a rápida 
obsolescência dos software e hardware, que 
compromete a preservação de documentos 
digitais. 
 
C) A digitalização de documentos é vantajosa, pois 
permite o acesso múltiplo e simultâneo aos 
documentos e, além disso, possui ampla aceitação 
legal. 
 
D) A opção pelo uso da microfilmagem deve 
embasar-se apenas no exame dos custos ou da 
economia decorrentes de seu emprego. 
 
E) A microfilmagem, por limitações técnicas, é 
restrita aos documentos em suporte papel. 
 
 
 
 
 
 30 
35 (PF/ESCRIVÃO – 2009) A microfilmagem é 
grande aliada da redução de espaço ocupado 
pelos documentos arquivísticos em papel, bem 
como da preservação dos documentos originais. 
Entretanto, no caso dos documentos 
considerados de valor permanente, a 
microfilmagem não permite a eliminação dos 
documentos originais. 
 
36 (MPU – 2010) Os documentos originais 
considerados de guarda permanente somente 
poderão ser eliminados depois de microfilmados 
e digitalizados. 
 
37 (MPU – 2010) O problema relacionado à 
obsolescência dos equipamentos e dos 
programas de informática, que compromete a 
preservação de documentos digitais, pode ser 
resolvido com o uso de laminação. 
 
 
38 (TRE-GO – 2008) Com relação à alteração 
do suporte da informação em arquivos, assinale 
a opção correta. 
 
A) A atual legislação somente autoriza a 
eliminação de documentos permanentes após 
sua reprodução

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.