EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO
22 pág.

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO


DisciplinaIntrodução à Administração31.861 materiais768.595 seguidores
Pré-visualização5 páginas
1 
 
 
 
EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO 
 
 
Planejamento Tributário 
Setembro de 2011 
 
QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: 
I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação do IR e da CSLL 
pela modalidade de Lucro Real. 
 
\u2022 Quando tem receita superior a R$ 48 milhões por ano; 
\u2022 Cujas atividades sejam financeiras ou de factoring; 
\u2022 Quando tem lucros e rendimentos de filiais no exterior; 
\u2022 Quando recebem benefícios fiscais específicos. 
 
II - Determinada empresa comercial iniciou suas atividades em janeiro de 2010, sendo tributada 
pelo lucro real trimestral. No primeiro trimestre, apresentou prejuízo contábil de R$ 60.000,00, 
com despesas não dedutíveis no valor de R$ 4.000,00 incluídas no resultado. No 2o trimestre, 
obteve lucro contábil de R$ 360.000,00, incluindo receitas não tributáveis de R$ 20.000,00. Con-
siderando as alíquotas vigentes no país. Demonstre a memória de cálculo e o valor do o imposto 
de renda devido pela empresa referente ao 2o trimestre, em reais. 
 
Prejuízo contábil (60000) 
Adição (despesas não dedutíveis) 4000 
Prejuízo fiscal \u2013 1º trimestre (56000) 
Receitas 360000 
Exclusão - receita não tributável 
(Por exemplo, uma equivalência patrimonial) 
(20000) 
Lucro antes da compensação \u2013 2º trimes-
tre 
340000 
 
Base de compensação = 30% de 340000 = 102000 (máximo a ser compensado) 
Compensação (56000) 
Lucro real 284000 
IR de 15% (42600) 
IR adicional acima de 60000 (284000 \u2013 60000) * 10% 
= (22400) 
IR total da empresa 42600 + 22400 
= (65000) 
Se fosse calcular a contribuição social: tam-
bém pode compensar 30% 
Base = 284000 
CS = 284000 * 9% = (25560) 
 
 
III - Observe os seguintes fatos apurados na empresa MSG Ltda, em 31/12/2010, em reais: 
2 
 
Itens Valores 
Provisões Indedutíveis 14.000 
Resultado positivo em Equivalência Patrimonial já tributado em outras empresas 10.000 
Despesas com brindes 4.000 
Lucro líquido em 31/12/2010, antes da Contribuição Social 100.000 
Base de cálculo negativa em 31/12/2009 48.000 
Provisões dedutíveis 12.000 
 
Com as informações acima calcule, o Lucro Líquido Ajustado e a Base de Cálculo da Contribuição Social 
sobre o Lucro Líquido (CSLL), em reais. 
 
Lucro líquido em 31/12/2010 
Antes da CS 
 100000 
Provisões indedutíveis 
(adição) 
O fisco não deixa deduzir +14000 
Resultado de equivalência 
patrimonial 
Não é tributável (10000) 
Despesas com brindes O fisco não deixa deduzir +4000 
Provisões dedutíveis Já estão no lucro líquido 
antes da CS 
Não é pra fazer nada 
Lucro líquido ajustado 108000 
 
 
Abatimento máximo 30% de 108000 32400 
Abatimento efetivo (32400) 
Lucro tributável 75600 
Contribuição social 9% de 75600 6804 
 
 
IV - A Companhia Comercial Sulca S/A, enquadrada na tributação pelo lucro real, ao final de um determi-
nado exercício social, apresentou as seguintes informações: 
 
Custo das Vendas 600.000,00 
Despesa de Depreciação 50.000,00 
Despesa de Devedores Diversos (PDD) 20.000,00 
Despesas Comerciais 200.000,00 
Despesas Financeiras Líquidas 160.000,00 
Dividendo recebido, Investimento Avaliado pelo Custo 16.000,00 
Ganho na Venda de Imobilizado 30.000,00 
Perda pelo Método da Equivalência Patrimonial 40.000,00 
Vendas Líquidas 1.600.000,00 
 
3 
Considerando as determinações fiscais no livro de apuração do lucro real \u2013 LALUR, demonstre os valores 
apurados, em reais, referentes ao lucro contábil (LAIR) e ao lucro real. 
 
Vendas líquidas 1600000 
Ganho na venda de imobilizado 30000 
Dividendo recebido, investimento avaliado pelo custo 16000 
Custo das vendas (600000) 
Despesa de depreciação (50000) 
Despesa de devedores diversos (PDD) (20000) 
Despesas comerciais (200000) 
Despesas financeiras líquidas (160000) 
Perda pelo método da equivalência patrimonial (40000) 
Lucro contábil 576000 
 
Adições e exclusões 
Despesa de devedores diversos (PDD) 
Adição (indedutível) 
+20000 
Dividendo recebido, investimento avaliado pelo custo 
Exclusão (fisco não tributa) 
(16000) 
Perda pelo método da equivalência patrimonial 
Adição (indedutível) 
+40000 
Lucro real ou tributável 620000 
 
 
V - A Cia. Bola iniciou suas atividades em 2009, sendo tributada pelo lucro real. Apresentou nesse ano um 
lucro contábil de R$ 3.000,00, porém um prejuízo fiscal de R$ 5.000,00. 
Em 2010, a empresa passou a ser tributada pelo lucro presumido, retornando ao lucro real em 2011, 
quando obteve um lucro, antes do cálculo do IR, de R$ 18.000,00. Neste resultado estão incluídas despe-
sas não dedutíveis no valor de R$ 2.000,00. 
Com base na legislação tributária vigente, demonstre o valor do imposto de renda devido em 2011 pela 
Cia. Bola. 
 
Lucro antes do IR em 2011 18000 
Despesas não dedutíveis +2000 
Lucro antes da compensação 20000 
Compensação máxima 30% Máximo 6000 
Prejuízo fiscal em 2009 5000 
Compensação efetiva (5000) 
Lucro real ou tributável em 2011 15000 
IR 15% 2250 
 
 
VI - A Cia. Pilares apurou prejuízo fiscal de R$ 360.000,00 no ano de 2009. Em 2010, obteve um resultado 
positivo antes de IR e CSL no valor de R$ 800.000,00, incluídas as seguintes contas de receitas e despe-
sas, em reais: 
 
Resultado negativo de equivalência patrimonial 50.000,00 
Provisões não dedutíveis 90.000,00 
4 
Multa proveniente de uma autuação fiscal 40.000,00 
Brindes 20.000,00 
 
Demonstre o valor do imposto de renda a pagar no ano de 2010, em reais. 
 
Lucro antes do IR em 2010 800000 
Resultado negativo de equivalência patri-
monial 
Adição / indedutível 
+50000 
Provisões não dedutíveis 
Adição / indedutível 
+90000 
Multa de autuação fiscal 
Adição / indedutível 
+40000 
Brindes 
Adição / indedutível 
+20000 
Lucro antes da compensação 1000000 
Limite máximo de compensação 30% 300000 
Compensação efetiva (300000) 
Lucro real ou tributável 700000 
IR de 15% 105000 
IR adicional = (700000 \u2013 (12 * 20000)) * 10% 
= (700000 \u2013 240000) * 10% 
= 460000 * 10% 
= 46000 
IR total 105000 + 46000 
= 151000 
CS de 9% 700000 * 9% 
= 63000 
 
 
VII - Uma empresa apresentou, no final do exercício de 2010, um lucro antes do cálculo de Imposto de 
Renda (IR) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) no valor de R$ 20.000.00. O contador ana-
lisou detalhadamente este resultado, destacando os seguintes ajustes necessários para calcular, pagar e 
registrar os dois tributos: 
 
Em reais 
 Provisão para créditos de liquidação duvidosa 6.000,00 
 Despesas de Brindes Não Dedutíveis 2.000,00 
 Resultado Positivo de Participação em Empresas Controladas 
 Avaliadas pelo Método de Equivalência Patrimonial 4.000,00 
 
 Com base nas informações apresentadas, demonstre os cálculos dos devidos impostos. 
 
Lucro antes do IR e CS 20000 
Provisão para créditos de liquidação duvido-
sa 
Adição / indedutível 
+6000 
Despesas de brindes +2000 
5 
Adição / indedutível 
Resultado positivo por equivalência patri-
monial 
Exclusão / não tributado 
(4000) 
Lucro tributável 24000 
IR de 15% 3600 
CS de 9% 2160 
 
 
VIII - Uma empresa possui saldo de prejuízos fiscais de R$ 2.000,00, registrados na parte B do LALUR e 
apresenta, no ano, um lucro antes do Imposto de Renda de R$ 6.000,00, incluindo resultado positivo de 
participação em controladas e coligadas (equivalência patrimonial), no valor de R$ 400,00. Sendo assim, 
demonstre o cálculo do Imposto de Renda, em reais, atendendo às regras da legislação fiscal. 
 
Lucro antes do IR 6000 
Ganho de equivalência patrimonial 
Exclusão / não tributado 
(400) 
Lucro ajustado 5600 
Compensação de prejuízos máxima 5600