Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Ilumno a2 sociologia 2017

Pré-visualização | Página 1 de 3

11/06/2018 Ilumno
http://ilumno.sgp.starlinetecnologia.com.br/ilumno/schedule/resultcandidatedetailprint/799570/16e7e830-1892-11e7-9c4c-0242ac110014/ 1/8
Local: A309 - 3º andar - Bloco A / Andar / Polo Tijuca / TIJUCA 
Acadêmico: VIRSOC-012
Aluno: THAYNNA AMORIM DE MOURA 
Avaliação: A2-
Matrícula: 20171110036 
Data: 27 de Maio de 2017 - 10:30 Finalizado
Correto Incorreto Anulada  Discursiva  Objetiva Total: 4,50/10,00
1  Código: 2586 - Enunciado: Leia a reportagem a seguir: Apesar de o Shopping Leblon estar fechado, algumas pessoas
apareceram para o rolezinho (...) O número de participantes, no entanto, é inferior ao de jornalistas. (...) O shopping
não abriu este domingo para evitar o rolezinho. Do lado de fora, cerca de 30 pessoas fizeram performances, ao som
de funk, contra o racismo e a exclusão social no país. Fantasiado de Batman, Heron Morais Melo criticou a falta de
igualdade de oportunidades entre "ricos e brancos" e "negros e pobres". "Essa porta fechada [do shopping] é o
melhor símbolo da desigualdade no nosso país. Quem não é da parte da elite, só encontra isso", disse Heron,
morador de Marechal Hermes, na zona norte. Em uma performance para satirizar "madames que frequentam
o shopping com menor número de pobres da cidade", um participante, que não quis se identificar, disse: "Não vim
para protesto, vim às compras! Pobre já aguento lá em casa, lavando, passando, levando meus filhos na escola",
como crítica ao preconceito. (...) O Shopping Leblon cercou, com tapumes, toda a entrada de vidro localizada na
Avenida Afrânio de Melo Franco. Foram colocados cartazes avisando os clientes de que o centro comercial foi
fechado para "garantir a segurança". O Shopping Rio Design Leblon, que fica do outro lado da rua, também fechou as
portas, para evitar o rolezinho. (...) Do lado de fora, trabalhadores e lojistas criticaram o rolezinho. Para a dona de
uma loja, que preferiu não se identificar, o shopping "é um espaço de lazer privado". "Manifestação tem que ser na
porta da prefeitura, não aqui". (VIEIRA,  Isabela.  Com shopping fechado no Rio, grupo faz ato contra preconceito.
Agência Brasil.19/01/2014. Disponível em: http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2014-01-19/com-
shopping-fechado-no-rio-grupo-faz-ato-contra-preconceito (http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2014-
01-19/com-shopping-fechado-no-rio-grupo-faz-ato-contra-preconceito) ) A situação da reportagem sobre a posição
adotada pelos gestores dos dois shopping centers e dos realizadores do “rolezinho”, pode ser analisada sob uma
perspectiva weberiana se for utilizado o conceito de:
 a) Tipo ideal
 b) Estratificação social
 c) Dominação legítima
 d) Poder
 e) Ação social
 
Alternativa marcada:
b) Estratificação social
Justificativa: Ação social é a resposta correta porque é preciso identificar o que motivou a ação social de cada
agente envolvido no fato para interpretar a situação social existente. Assim, poderá avaliar se é racional valores,
racional fins, tradicional ou emotiva. são incorretos ao direcionarem a investigação para relações meramente de
poder, autoridade e estratificação social. Nao expressa um tipo ideal (um modelo de sociedade), não envolve poder
legítimo, nem autoridade carismática, legal-racional ou tradicional e não trata da questão de estratificação de
classes, poder e prestígio.
0,00/ 1,00
2  Código: 1507 - Enunciado: Aristóteles observou que a sociabilidade é natural e, nesse sentido, construímos a
primeira premissa sociológica segundo a qual somos gregários por natureza. Essa é a base para compreender
qualquer fato que aconteça em uma sociedade e com seus indivíduos e grupos. A partir desta concepção, avalie as
assertivas abaixo e a seguir assinale a resposta que apresenta o(s) item(ns) que complementa(m) a premissa
sociológica: I. Grupo social, relação social e socialização são conceitos importantes em sociologia. II. A concepção de
"ser social" não se vincula à ideia de interação social. III. A sociabilidade é um elemento inato que independe das
interações. IV. A identidade social é construída a partir das interações sociais que interferem em nossas maneiras de
ser e agir.
 a) I, IV e II
 b) I e III
 c) II e IV
 d) I e IV
 e) I, II e III
 
Alternativa marcada:
d) I e IV
Justificativa: I e IV corretas. Pode-se entender que os conceitos de grupo social, relação social e socialização são
conceitos importantes em sociologia. A identidade social é construída a partir das interações sociais que interferem
1,00/ 1,00
11/06/2018 Ilumno
http://ilumno.sgp.starlinetecnologia.com.br/ilumno/schedule/resultcandidatedetailprint/799570/16e7e830-1892-11e7-9c4c-0242ac110014/ 2/8
em nossas maneiras de ser e agir. Erradas: II. A concepção de 'ser social' está vinculada à ideia de interação social.
Somos gregários e nos humanizamos a partir das interações sociais. III. A sociabilidade não é um elemento inato,
mas construído. Os seres humanos possuem as condições de possibilidade para o seu desenvolvimento em
sociedade
3  Código: 18176 - Enunciado: "O motivo básico da resistência é a indignação. É verdade que, no mundo complexo de
hoje, as razões para se indignar podem parecer menos claras e nítidas do que nos tempos do nazismo. Mas,
“procurem e encontrarão”: a distância crescente entre ricos e pobres, o estado do planeta, o tratamento dispensado
aos imigrantes ilegais e aos ciganos, a corrida para ter cada vez mais, a competição, a ditadura dos mercados
financeiros, a ameaça às conquistas alcançadas pela resistência, de aposentadoria, de seguridade social. Para ser
eficaz, é preciso que essa luta aconteça como no passado, em rede, como ação conjunta." (CROSSMAN, 2011) A ação
conjunta motivada pela indignação descrita no texto seria de fato eficaz se houvesse uma ação caracterizada do tipo:
 a) Multidão.
 b) Conflito.
 c) Reacionária.
 d) Revolucionária.
 e) Reformista.
 
Alternativa marcada:
d) Revolucionária.
Justificativa: Resposta correta: Revolucionária. O movimento social revolucionário seria produto dessa ação
coletiva que, ao se indignar, buscaria mudar profundamente esses fatos, em uma mudança radical da estrutura
social. Distratores: Multidão. Errada. Seria um grupo temporário e desorganizado de indivíduos marcado por
proximidade física e influência recíproca. Mas o fato considera que deve ser feito em rede, fatos que afetam diversas
sociedades, mas que não estão fisicamente no mesmo contexto social. Conflito. Errada. Um tipo de multidão em
uma ação violenta e destrutiva, por exemplo, por conflito racial, algo que essa ação conjunta é contrária, pois usa
exemplo do passado, como a luta contra o nazismo. Reacionária. Errada. Seria um movimento para preservar o que
existe, ao contrário da ideia de indignação. Reformista. Errada. O movimento social reformista apenas modifica um
aspecto da sociedade, e, no caso acima, há uma combinação de fenômenos, tornando-o estrutural.
0,50/ 0,50
4  Código: 2545 - Enunciado: Segundo Pinto (2006), citando Berger e Luckmann (1985), ao estudar a sociedade é
preciso considerar seus aspectos objetivos e subjetivos, pois estar em sociedade significa participar de sua dialética.
“O ponto inicial deste processo é a interiorização, a saber, a apreensão ou interpretação imediata de um
acontecimento objetivo como dotado de sentido, isto é, como manifestação de processos subjetivos de outrem, que
desta maneira torna-se subjetivamente significativo para mim”. (BERGER E LUCKMANN, 1985, p. 174, apud PINTO,
2006, p12). A este processo os autores denominam de:
 a) Objetivação
 b) Interiorização
 c) Socialização
 d) Subjetivação
 e) Interação
 
Alternativa marcada:
b) Interiorização
Justificativa: Socialização é a resposta correta porque a socialização é o meio para o indivíduo internalizar, tornar
subjetivo o objetivo (ou seja, a sociedade e sua cultura), o que viabiliza ao indivíduo compreender
Página123