Hist Pens Contemporaneo SIMULADO
25 pág.

Hist Pens Contemporaneo SIMULADO


DisciplinaHistória do Pensamento Contemporâneo310 materiais967 seguidores
Pré-visualização9 páginas
1a Questão (Ref.: 201308357902)
	
	A modernidade é caracterizada pelo que podemos chamar de uma ¿nova experiência do tempo¿, que pressupõe:
		
	 
	Uma ruptura entre passado e presente e a confiança crescente no progresso da história humana.
	
	Os sentimentos de saudosismo e de nostalgia, que levam o homem a perceber o passado como uma época superior ao presente.
	
	A consciência da superioridade dos antigos sobre os modernos.
	
	Uma ruptura entre passado e presente e a total descrença no futuro da humanidade.
	
	A extrema valorização do presente, entendido como o cume da história humana.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201308503043)
	
	O Estado Grego, especificamente o ateniense, cujas características fundamentais podem ser elencadas como sendo, a saber: a - Cidade-Estado, ou seja, a pólis como sociedade política de maior expressão, visando ao ideal da autossuficiência; b - os cidadãos (grupo político restrito), com participação intensa nas decisões do Estado nos assuntos públicos. Nesse sentido, qual a forma de governo que mais se identifica com as características acima descritas:
		
	
	Democracia;
	
	Oligarquia;
	
	Ditadura;
	
	Aristocracia;
	
	Demagogia.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201308465439)
	
	O Estado é uma instituição presente na história humana há muito tempo. Porém, não podemos acreditar que existe apenas uma forma de Estado e que essa forma se manteve a mesma ao longo do tempo. Nesse sentido, assinale a opção que melhor define as diferenças entre os Estados Antigo e Moderno.
		
	
	O Estado antigo tinha dimensão nacional e era fundamentado nos vínculos culturais entre os seus habitantes, enquanto o Estado moderno tem tão somente a dimensão militar.
	
	Estado antigo tinha tão somente a dimensão militar, enquanto o Estado moderno dispensa completamente o aparelhamento militar.
	
	Não havia qualquer diferença entre os Estados antigo e moderno.
	 
	O Estado antigo foi uma forma estatal definida entre as antigas civilizações do Oriente ou do Mediterrâneo, onde a família, a religião, o estado e a organização econômica formavam um conjunto confuso, sem diferenciação aparente, enquanto o Estado moderno teve no nacionalismo uma das suas principais características.
	
	O Estado antigo era formado única e exclusivamente pela identidade religiosa, enquanto o Estado moderno se fundamenta tão somente no princípio da identidade nacional.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201308485298)
	
	O Estado-nação é caracterizado por ser uma determinada região com delimitações próprias, fronteiras que as separam de outras regiões; uma população que tenha identificações comuns dentro daquela localidade; um governante com poder supremo reconhecido dentro do território; uma moeda própria e um exército preparado para agir em qualquer circunstância pelo seu Estado. Dentro dessa comunidade, o indivíduo passa a ter uma referência própria e surge, com isso, o sentimento de pertencer àquela localidade, o que será de fundamental importância para o desenvolvimento do nacionalismo, que veremos mais detalhadamente adiante. Para alguns teóricos, ele surge a partir do século XVII depois da assinatura de acordo entre as nações envolvidas numa longa guerra. Nesse caso, assinale abaixo o nome desse documento muito importante do ponto de vista histórico:
		
	
	Tratado de Nanquim
	 
	Tratado de Vestfália;
	
	Tratado de Latrão;
	
	Tratado de Tordesilhas;
	
	Tratado de Versalhes;
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201308485297)
	
	O Estado Antigo, marcado por uma forma estatal definida entre as antigas civilizações em que a família, a religião e a organização econômica formavam um conjunto confuso sem diferenciação aparente, tinha as seguintes características:
1 - não eram Estados nacionais, ou seja, o povo não estava ligado por tradições, lembranças, costumes, língua e cultura, mas produtos de guerras e conquistas;
2 - modelo social baseado na separação rígida das classes e no sistema de castas;
3 - governos marcados pela autocracia em que um único homem detém o poder ou por monarquias despóticas e o caráter autoritário e teocrático do poder político;
4 - sistema econômico (produção rural e mercantil) baseada na escravidão;
5 - Profunda influência religiosa. Nesse sentido,
assinale a alternativa abaixo que equivale à civilização que se enquadra no conceito de poder estatal acima disposto:
		
	 
	Civilização Grega;
	
	Civilização Etíope.
	
	Civilização Chinesa;
	 
	Civilização Oriente Antigo;
	
	Civilização Romana;
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201308467472)
	
	O Estado-nação é reconhecido conceitualmente por três elementos que o define. Nesse sentido, assinale a alternativa que CORRETAMENTE apresente as três características do Estado-nação:
		
	
	Igreja, população e governo.
	
	Executivo, legislativo e judiciário.
	 
	Território, povo e governo.
	 
	Governo, povo e legislação.
	
	Instituições, união e população.
		
	
	 1a Questão (Ref.: 201308465444)
	
	De acordo com as considerações do filósofo inglês Stuart Mill no livro ¿Considerações sobre o governo representativo¿, publicado em 1861, o tipo ideal de governo é o:
		
	
	totalitário, já que a manutenção da ordem demanda a existência de uma autoridade forte.
	
	monárquico, já que a simbologia do poder real se aproxima da simbologia do poder religioso, o que torna os súditos mais obedientes.
	 
	representativo, pois o povo ou uma parte dele exerce participação através dos seus representantes políticos.
	
	autoritário, já que quando concentrada em um só, a autoridade se mostra mais eficaz.
	
	teocrático, já que a presença de Deus é fundamental para o bom andamento dos assuntos públicos.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201308485301)
	
	Uma das mais antigas formas de governo, onde é exercido por uma liderança que o detém em suas mãos e que permanece no poder de forma hereditária ou não. Ela, segundo o Dicionário de Política organizado por Norberto Bobbio, é definida comumente como "aquele sistema de dirigir a res publica que se centraliza estavelmente em uma só pessoa investida de poderes especialíssimos, exatamente monárquicos que a colocam claramente, acima de todo o conjunto dos governados". No entanto, como ela apresenta diferentes vertentes, é entendida como "um regime substancial, mas não exclusivamente monopessoal, baseado no consenso, geralmente fundado em bases hereditárias e dotado daquelas atribuições que a tradição define com o termo de soberania". Nesse sentido, assinale a alternativa que identifica o nome da forma de governo tratada neste enunciado:
		
	
	Ditadura;
	
	Democracia.
	 
	Monarquia;
	
	Oligarquia;
	
	Aristocracia;
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201308488943)
	
	Para Aristóteles, a Monarquia é o:
		
	
	governo de todos.
	
	governo dos operários.
	
	governo dos estrangeiros.
	
	governo dos anciãos.
	 
	governo de um só.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201308488939)
	
	No tratado "Política", Aristóteles afirmou que a melhor forma de governo é:
		
	
	o governo anárquico caracterizado pela ausência do Estado.
	
	a República jacobina fundada na soberania popular.
	 
	o governo misto com elementos da aristocracia, da monarquia e da democracia.
	
	a Monarquia parlamentar fundada na soberania do poder legislativo.
	
	a República liberal fundada na soberania dos proprietários.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201308489707)
	
	Quando falamos em governo, pode nos vir à mente que tipo de governo seria o mais eficiente para manter a sociedade organizada e garantir os direitos