A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Siqueira   Bioética Clínica

Pré-visualização | Página 1 de 50

Conselho Federal de Medicina
Sociedade Brasileira de Bioética
BIOÉTICA CLÍNICA
(MEMÓRIAS DO XI CONGRESSO BRASILEIRO DE BIOÉTICA, 
III CONGRESSO BRASILEIRO DE BIOÉTICA CLÍNICA E 
III CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE O ENSINO DA ÉTICA)
Brasília 
2016
Bioética clínica: memórias do XI Congresso Brasileiro de Bioética, III Congresso Brasileiro 
de Bioética Clínica e III Conferência Internacional sobre o Ensino da Ética
Conselho Federal de Medicina, Sociedade Brasileira de Bioética (SBB)
Conselho Federal de Medicina – CFM
SGAS 915 - Lote 72
CEP 70390-150 – Brasília/DF – Brasil
Fone: 55 61 3445 5900
Fax: 55 61 3346 0231
http://portal.cfm.org.br/
Sociedade Brasileira de Bioética – SBB
SRTVN – Quadra 702 – Lote P – Ed. Brasília Rádio Center – Sala 1.014
CEP 70719-900 – Brasília/DF – Brasil
Fone/Fax: 55 61 3964 8464
http://www.sbbioetica.org.br/
Organizadores
José Eduardo de Siqueira, Elma Zoboli, Mário Sanches e Leo Pessini
Supervisão editorial
Paulo Henrique de Souza
Revisão e copidesque
Stéphanie Roque e Luan Maitan (Tikinet)
Projeto gráfico e diagramação 
Portal Print Gráfica e Editora Ltda-ME / Leandro Rangel
Ilustração de capa
Victória Romano
Tiragem
5.000 exemplares
Bioética clínica: memórias do XI Congresso Brasileiro de Bioética, III Congresso 
Brasileiro de Bioética Clínica e III Conferência Internacional sobre o Ensino da 
Ética / Organização de José Eduardo de Siqueira, Elma Zoboli, Mário Sanches, Leo 
Pessini. - Brasília: CFM/SBB; 2016. 
326 p.; 14x21cm.
ISBN 978-85-87077-43-1
1. Bioética clínica. 2. Congresso I. Siqueira, José Eduardo de, org. II. Zoboli, 
Elma, org. III. Sanches, Mário, org. IV. Pessini, Leo, org.
CDD 174.9574
Catalogação na fonte: Eliane Maria de Medeiros e Silva – CRB 1a Região/1678
Agradecimentos
Agradecemos ao Conselho Federal de Medicina (CFM) 
por todos esses anos de parceria com a Sociedade 
Brasileira de Bioética (SBB) e de contribuição para 
a Bioética nacional e internacional. Somos gratos, 
em particular, à Gestão 2014-2019 no apoio aos 
congressos e na elaboração desta publicação.
Agradecemos, também, aos professores José 
Eduardo de Siqueira, Elma Zoboli, Mário Sanches e 
Leo Pessini pelo importante trabalho na organização 
deste livro.
SUMÁRIO
Apresentação 
Prefácio
PARTe I: QUeSTõeS de FUNdAMeNTAçãO
1. O conflito público-privado na assistência à 
saúde (Regina Parizi)
2. Bioética clínica, biopolítica e exclusão social 
(Márcio Fabri dos Anjos)
3. Justiça sanitária como tema de reflexão para 
a bioética clínica (Elma Lourdes Campos Pavone 
Zoboli e José Roque Junges)
4. Bioética de intervenção – uma breve síntese 
de seus fundamentos e aplicações em tempos 
de globalização e desigualdades sociais (Volnei 
Garrafa e Leandro Brambilla Martorell)
5. Mistanásia: um novo conceito bioético que 
entra na agenda da bioética brasileira (Leo Pessini 
e Luiz Antonio Lopes Ricci) 
6. Bioética e espiritualidade (Waldir Souza) 
PARTe II: QUeSTõeS de ÉTICA APLICAdA
7. Tomada de decisão em Bioética Clínica 
(Elma Lourdes Campos Pavone Zoboli)
8. Reflexão bioética sobre a responsabilidade 
cidadã e o ato de cuidar (José Eduardo de Siqueira)
9. Conflitos éticos presentes no início da vida 
(Mário Antônio Sanches e Evandro Arlindo de Melo)
 ........................................................................................... 11 
....................................................................................................... 15 
.............................................................................. 21 
......................................................................... 37
............................................................... 55
............................................. 73
................................................................... 95
................................ 123
............................................ 149
................ 177
................. 207
10. Reflexões bioéticas sobre a vida e a morte na 
UTI (Leo Pessini e José Eduardo de Siqueira)
11. Bio(po)ética narrativa: literatura, teatro 
e poesia como ferramentas no ensino e na 
aprendizagem da bioética (Jan Helge Solbakk)
12. Comitês de bioética clínica (Elcio Luiz Bonamigo, 
Bruno Rodolfo Schlemper Junior e Maria Teresa 
Campos Velho)
Posfácio
Sobre os autores
Sobre as entidades
................................. 229 
........................ 253 
.......................................................................................... 283
...................................................................................................... 307
..................................................................................... 312
................................................................................ 322
Conselho Federal de Medicina / Sociedade Brasileira de Bioética 11
APReSeNTAçãO
A publicação deste livro tem um significado muito importante 
para a bioética brasileira, pois traduz parte do sucesso que foi 
o XI Congresso Brasileiro de Bioética, realizado na Pontifícia 
Universidade Católica de Curitiba (PUCPR), em setembro de 2015.
No evento, que também reuniu o III Congresso Brasileiro de 
Bioética Clínica e a III Conferência Internacional sobre o Ensino da 
Ética, foram comemorados os 20 anos de fundação da Sociedade 
Brasileira de Bioética (SBB) e homenageados grandes nomes da 
área, como o professor Giovanni Berlinguer, bioeticista italiano 
que muito contribuiu para o Brasil, e o professor Paulo Fortes, 
presidente da SBB (gestão 2009/2011); ambos falecidos em 2015. 
Portanto, a Sociedade Brasileira de Bioética e o Conselho Federal 
de Medicina, realizadores do evento, diante da importância e da 
qualidade técnica de que se revestiram as diversas conferências 
e palestras, aprovaram a publicação deste material do congresso 
relativo à bioética clínica.
O livro foi organizado em duas partes, sendo que na primeira 
prevalecem questões que integram a fundamentação da bioética 
clínica, ou seja, fatores e posicionamentos que repercutem na 
concepção da saúde e da doença, como a prática clínica baseada 
em critérios de justiça sanitária, a mistanásia sob o olhar bioético, 
os conflitos éticos interpostos nas formas de assistência à saúde, as 
desigualdades sociais como fatores determinantes das condições 
de vida e saúde, entre outros.
A segunda parte do livro, por sua vez, trata da aplicação das 
questões éticas e bioéticas – como de início e final de vida, 
doenças de grande impacto epidemiológico e com pouca 
atenção ou investimento –, bem como de determinados recursos, 
metodologias e instrumentos que podem nos auxiliar em escolhas 
e decisões marcadas por sofrimentos morais.
Bioética Clínica12
Assim, nós da SBB agradecemos, mais uma vez, a contribuição 
dos colegas, que além de prepararem suas palestras e/ou 
conferências, ainda se dispuseram a escrever os capítulos deste 
livro. Aos leitores desejamos uma ótima leitura. 
Regina Parizi
Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética
Conselho Federal de Medicina / Sociedade Brasileira de Bioética 15
PReFÁCIO
A ética das virtudes, ao longo da evolução histórica e filosófica 
da humanidade, recebeu diversas e importantes contribuições, 
como a do pastor alemão Fritz Jahr, que, em 1927, construiu um 
pensamento com características imperativas: “respeite todos os 
seres vivos como um fim em si mesmo e trate-os como tal, se 
possível”. 
O neologismo “bioética” foi utilizado, pela primeira vez, em 
1970, pelo bioquímico norte-americano Van Rensselaer Potter. 
Decorridos 46 anos, a bioética se apresenta, na atualidade, 
como a fronteira de um novo pensamento científico. Esse maior 
status epistemológico vem de sua transversalidade por temas 
específicos